TATAME Visita: na GFTeam Nilópolis, André Santos busca formar campeões no esporte e na vida

Por Yago Rédua

Em Nilópolis, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, André Santos comanda a equipe Academia Corpo e Alma / GFTeam. O faixa-preta de Jiu-Jitsu abriu as portas do seu centro de treinamento para a TATAME e revelou toda a sua ligação com a arte suave, como começou através de um primeiro contato via projeto social, ainda nos anos 2000, e mais.

Para conhecer mais sobre a GFTeam Nilópolis, clique aqui

O professor também contou como pensa o Jiu-Jitsu. Deu dicas importantes para quem deseja praticar a arte suave e explicou que em sua academia mostra os dois lados da moeda: os prós e contras em treinar a modalidade que é tão popular no Brasil. No mais, também destacou os benefícios que o esporte pode trazer para a vida do indivíduo.

Confira abaixo a entrevista na íntegra com André Santos:

– Início da trajetória nas artes marciais e no Jiu-Jitsu

Primeiro, através de um projeto social em 2000, onde quem ministrava as aulas era o mestre Isaac Araújo. Três meses depois, fui procurar uma academia para treinar e foi onde encontrei o mestre Luis Claudio Corino que, por sua vez, era aluno do mestre Muzzio de Angelis. Hoje eu, junto com o Mestre Corino, fazemos parte da equipe GFTeam.

– Maiores benefícios para quem pratica a arte suave

Um estilo de vida, onde você pode trabalhar o corpo, a mente e o equilíbrio. E para aquele que almeja virar profissional, é primordial ter (equilíbrio). Diminui o estresse, aumenta o bem-estar, melhora a capacidade cardiovascular, a respiração, perda de peso, define o corpo. Nas minhas aulas, eu sempre mostro os prós e contras para praticar Jiu-Jitsu, conto a história do Jiu-Jitsu de como começou, além de mostrar os benefícios. Meu conselho seria o estilo de vida e realização pessoal, dois dos principais pontos da prática da arte suave.

– Jiu-Jitsu competição x Jiu-Jitsu estilo de vida

Jiu-Jitsu competição é se superar a cada dia para estar entre os melhores. Já o Jiu-Jitsu life style é um estilo de vida pra se manter bem fisicamente, psicologicamente e mentalmente.

– Momento atual do Jiu-Jitsu e profissionalização

Sim (a evolução da arte suave), isso é evidente. Muito se deve ao grande sucesso e eficiência do Jiu-Jitsu no MMA, além disso a popularização do esporte no mundo inteiro, redução das rivalidades entre equipes, maior número de competições mundo afora e divisão das regras mais claras e objetivas, tudo isso vem colaborando para o crescimento.

– Diferenças de se trabalhar como professor e atleta

São dois polos, professor é uma figura vista como referência e exemplo, com habilidades de identificar em seus alunos e atletas suas competências, capacidades e deficiências, onde o objetivo é identificar e trabalhar os pontos fortes e fracos para formar um cidadão melhor ou um atleta bem-sucedido. Já trabalhar como atleta é um objetivo pessoal de desenvolvimento, buscando o melhor desempenho físico e mental, alinhando isso aos seus resultados e metas nas competições, superando sempre os seus limites, evoluindo.

– Recado para os amantes e praticantes de Jiu-Jitsu

Conheça, pratique e ame o Jiu-Jitsu, pois é um esporte capaz de mudar sua vida muito pra melhor. Ele te ensina técnicas impensáveis que desafiam os limites do corpo e da mente.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *