Belfort coloca condição para deixar a aposentadoria: salário de US$ 10 milhões

V. Belfort coloca condição para voltar a lutar (Foto: Laerte Viana)

Vitor Belfort anunciou sua aposentadoria do MMA, neste domingo (14), após a luta contra Uriah Hall no UFC St. Louis. Porém, o ‘Fenômeno’ já colocou uma condição para voltar a lutar: ‘muitos milhões’.

Veja Também

Vitor Belfort entra como zebra na última luta de sua carreira

Galeria: Relembre os principais momentos da carreira de Vitor Belfort

Em conversa com jornalistas pela internet, Belfort revelou que aceitaria abandonar a aposentadoria por uma bolsa de pelo menos US$ 10 milhões, cerca de R$ 32 milhões na cotação atual.

“Muito dinheiro (para não se aposentar), bota milhões nisso! Mas enfim, vou estar sempre treinando, ajudando as pessoas, tenho muitos amigos lutando, o pessoal da Tristar, tem o Cezar Mutante, vou estar sempre preparado, esse é meu lifestyle. Mas tem que ser muito interessante (a proposta), estou muito satisfeito de ter tomado essa decisão (de parar). Estou falando de US$ 10 milhões para cima para começar a conversa”, afirmou.

Em sua trajetória como lutador de MMA Vitor contabilizou um cartel de 26 vitórias, 13 derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado). Entre as principais conquistas de Belfort estão o GP de pesados do UFC 12 – vencendo dois adversários na mesma noite – em 1997, aos 19 anos. O cinturão dos meio-pesados do UFC, em 2004, quando derrotou Randy Couture e o título do evento inglês Cage Rage nos meio-pesados.

Relembre a carreira de Vitor Belfort:

;
(function($) {
$(document).ready(function() {
//$(“head”).append(“”);
$(“head”).append(“”)
.append(“”)
.append(“”)
.append(“.vox-gallery {border:1;}a.vox-view-full:before, a.vox-view-full-selected:before, a.vox-view-thumbs:before, a.vox-view-slideshow:before, a.vox-view-share:before {color:#ffffff !important;}a.vox-view-full:hover:before, a.vox-view-full-selected:hover:before, a.vox-view-thumbs:hover:before, a.vox-view-slideshow:hover:before, a.vox-view-share:hover:before {opacity: 0.6 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a {color:#ffffff !important;opacity:0.8 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a:hover, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a:hover {opacity:0.4 !important;}.vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-next:before, .vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-prev:before {color:#ffffff;background:#;}.vox-header .vox-title, .vox-header .vox-view-paging, .vox-caption .vox-caption-text {font-family:Open Sans !important;}”);
});//ready
})(jQuery);
;var $embedCode; var $galleryHeight = 460;
var $Vox;
(function($) {
$(document).ready(function() {;
//init plugin
$Vox = $(“#vox-gallery-76974”);
$Vox.VoxGalleryMain({
mode: “normalview”,
thumbOn: true,
thumbPosition: “bottom”,
shareOn: false,
responsive: true,
imgMaxWidth: 740,
imgMaxHeight: 460,
intervalDelay: 5000,
autoplay: false,
carouselOpt: {
easing: “easeOutExpo”,
imageW: 65,
imageH: 65,
margin: 7,
border: 1,
borderRadius: 5
},
siteUrlEmbed: “http://www.superlutas.com.br?vox_id=76974”,
siteExternal: false,
permalink: “http://www.superlutas.com.br/noticias/77007/belfort-coloca-condicao-para-deixar-a-aposentadoria-salario-de-us-10-milhoes/”
}).init();
});//ready
})(jQuery);

(function($) {
$(window).load(function() {
if ($embedCode) {
setTimeout( function(){
$totalHeight = $galleryHeight – $(“.vox-header”).height() – $(“.vox-thumbs”).height() – 4; //(4 = borders values)
//alert( $totalHeight );
$Vox.find(“.vox-image”).css({ height: $totalHeight });
$Vox.VoxGalleryMain.imgMaxHeightNew( $totalHeight );
}, 500 );
}
});//laod
})(jQuery);

 

Source: Portal da Luta

Siga as emoções do UFC St. Louis com a última luta da carreira de Vitor Belfort. Ao Vivo!

Siga as emoções do UFC St. Louis Ao Vivo. Foto: Reprodução Facebook/UFC

O ano de 2018 começa neste domingo (14) para os fãs de MMA. O UFC Fight Night St. Louis marca o fim da carreira de Vitor Belfort. O ‘Fenômeno’ fará sua última luta como profissional contra o norte-americano Uriah Hall.

Veja Também

Cyborg dispara contra técnico de Amanda Nunes: ‘Creonte’

Galeria: Relembre os principais momentos da carreira de Vitor Belfort

Além de Belfort, o Brasil terá mais três representantes no show: No programa preliminar, Talita Bernardo encara Irene Aldana, enquanto Kalindra Faria mede forças diante de Jessica Eye. Já no card principal, Thiago Pitbull terá pela frente Zak Cummings.

Fique ligado por aqui para acompanhar todas as emoções do UFC St. Louis AO VIVO e em TEMPO REAL

https://arena.im/public/js/arenalib.js?p=super-lutas&e=1515784561262

Source: Portal da Luta

Galeria: Relembre os principais momentos da carreira de Vitor Belfort

;
(function($) {
$(document).ready(function() {
//$(“head”).append(“”);
$(“head”).append(“”)
.append(“”)
.append(“”)
.append(“.vox-gallery {border:1;}a.vox-view-full:before, a.vox-view-full-selected:before, a.vox-view-thumbs:before, a.vox-view-slideshow:before, a.vox-view-share:before {color:#ffffff !important;}a.vox-view-full:hover:before, a.vox-view-full-selected:hover:before, a.vox-view-thumbs:hover:before, a.vox-view-slideshow:hover:before, a.vox-view-share:hover:before {opacity: 0.6 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a {color:#ffffff !important;opacity:0.8 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a:hover, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a:hover {opacity:0.4 !important;}.vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-next:before, .vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-prev:before {color:#ffffff;background:#;}.vox-header .vox-title, .vox-header .vox-view-paging, .vox-caption .vox-caption-text {font-family:Open Sans !important;}”);
});//ready
})(jQuery);
;var $embedCode; var $galleryHeight = 460;
var $Vox;
(function($) {
$(document).ready(function() {;
//init plugin
$Vox = $(“#vox-gallery-76974”);
$Vox.VoxGalleryMain({
mode: “normalview”,
thumbOn: true,
thumbPosition: “bottom”,
shareOn: false,
responsive: true,
imgMaxWidth: 740,
imgMaxHeight: 460,
intervalDelay: 5000,
autoplay: false,
carouselOpt: {
easing: “easeOutExpo”,
imageW: 65,
imageH: 65,
margin: 7,
border: 1,
borderRadius: 5
},
siteUrlEmbed: “http://www.superlutas.com.br?vox_id=76974”,
siteExternal: false,
permalink: “http://www.superlutas.com.br/noticias/76982/galeria-relembre-os-principais-momentos-da-carreira-de-vitor-belfort/”
}).init();
});//ready
})(jQuery);

(function($) {
$(window).load(function() {
if ($embedCode) {
setTimeout( function(){
$totalHeight = $galleryHeight – $(“.vox-header”).height() – $(“.vox-thumbs”).height() – 4; //(4 = borders values)
//alert( $totalHeight );
$Vox.find(“.vox-image”).css({ height: $totalHeight });
$Vox.VoxGalleryMain.imgMaxHeightNew( $totalHeight );
}, 500 );
}
});//laod
})(jQuery);

Um dos maiores nomes do MMA brasileiro dará adeus ao esporte depois de 21 anos. Vitor Belfort irá pendurar as luvas, neste domingo (14), após a luta diante de Uriah Hall no UFC St. Louis. Ex-dono do cinturão meio-pesado e campeão do torneio peso pesado do UFC 12, o eterno Fenômeno fez história no esporte e rodou o mundo representando o Brasil, em países como Japão, Estados Unidos, Canadá e Inglaterra. Relembre os melhores momentos da carreira do Fenômeno!

Source: Portal da Luta

Conan responde declarações de Cyborg, e indaga: ‘Você quer proporcionar uma luta que todos querem ver?’

Conan Silveira é o lídere da ATT- Foto: Divulgação

Depois de Cris Cyborg, em entrevista ao Combate.com na última quinta-feira, acusar Conan Silveira de ter traído sua pátria em troca de dinheiro, citando as polêmicas envolvendo o desafio de Amanda Nunes e as ofensas de Colby Covington ao povo brasileiro, foi a vez do líder da American Top Team rebater a campeã peso-pena do UFC.

“Primeiro te tudo, gostaria de repetir: tenho todo o respeito pela Cris Cyborg, pela campeã que ela é, pela lutadora que ela é. Dito isto, eu não entendi muito por que que ela começou a tomar essa direção de me fazer de alvo nessa discussão toda, envolvendo pessoas e países, assuntos que não têm nada a ver um com o outro”, disse em comunicado enviado ao PVT. “Eu nunca, em qualquer tipo de palavra que proferi – e nem foi diretamente a ela, foi sobre quem vencesse aquela luta – faltei com o respeito, insultei, nem ela e nem o time dela. Eu disse que seria, e com certeza, acontecendo, será, uma luta histórica, que vai marcar não só o MMA feminino, mas o esporte como um todo”.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

“Primeiro te tudo, gostaria de repetir: tenho todo o respeito pela Cris Cyborg, pela campeã que ela é, pela lutadora que ela é. Dito isto, eu não entendi muito por que que ela começou a tomar essa direção de me fazer de alvo nessa discussão toda, envolvendo pessoas e países, assuntos que não têm nada a ver um com o outro.

O assunto é Amanda x Cyborg, duas campeãs que estão no melhor de suas carreiras e têm condições, oportunidade de fazer uma luta histórica, a qual fãs, lutadores e o UFC querem assistir. Com certeza seria um evento histórico, as duas têm qualidade para isso.

É uma coisa normal, como aconteceu recentemente com o St-Pierre lutando contra o Michael Bisping, o McGregor lutando com o Mayweather, o Mayweather lutando com o Pacquiao. Os grandes campeões, os que querem fazer história, quando eles têm a oportunidade, eles têm que aproveitar, têm que se testar.

Eu nunca, em qualquer tipo de palavra que proferi – e nem foi diretamente a ela, foi sobre quem vencesse aquela luta – faltei com o respeito, insultei, nem ela e nem o time dela. Eu disse que seria, e com certeza, acontecendo, será, uma luta histórica, que vai marcar não só o MMA feminino, mas o esporte como um todo.

A verdade é que, no final, não sou eu e ela, é uma luta entre as melhores lutadoras do mundo. Lutar é o que elas fazem, esse é o trabalho delas. Por que não aproveitar ao máximo essa oportunidade e competir para ver quem sobe ao topo? A Amanda queria a vencedora de Holm x Cyborg. A questão é: Cris Cyborg, você quer se testar com a Amanda e proporcionar uma luta que todos querem ver? A Amanda está dentro”

Conan Silveira – Líder da American Top Team.

 

 

O post Conan responde declarações de Cyborg, e indaga: ‘Você quer proporcionar uma luta que todos querem ver?’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Borrachinha promete ‘surra’ a transexual que fez lutas contra mulheres: ‘Me coloco à disposição’

Um dos lutadores brasileiros em ascensão no Ultimate, Paulo Borracinha fez uma declaração polêmica em um vídeo no Facebook, na última segunda-feira (8), a pedido do Deputado Federal Marco Feliciano. O peso-médio mostrou seu “repúdio” a Fallon Fox, ex-militar, que é transexual e realizou lutas de MMA profissional contra mulheres, mas não sobe ao cage desde 2014.

Fallon se destacou como a primeira transexual a lutar MMA. Isso aconteceu em 2011, quando derrotou Ricke Gomes por finalização. Já no MMA profissional, Fox, que nasceu em Ohio, nos Estados Unidos, realizou seis lutas, com cinco vitórias e apenas uma derrota – sofrida para Ashlee Evans-Smith, em 2013, por nocaute técnico.

Fox não luta desde 2014 e chegou a gerar questionamento de diversas lutadoras do UFC, como Ronda Rousey e Miesha Tate, ambas ex-campeã peso-galo do Ultimate.

A mudança de sexo de Fallon Fox aconteceu em 2006, na Tailândia. Antes da cirurgia, a lutadora esteve na Marinha dos Estados Unidos, se casou e chegou a ter uma filha. Após deixar o serviço militar, “Queen of Swords” chegou a trabalhou como motorista.

Confira o vídeo abaixo e deixe a sua opinião:

Source: Tatame

Vitor Belfort entra como zebra na última luta de sua carreira

V. Belfort entra em St. Louis como zebra (Foto: Inovafoto)

O UFC St. Louis será a última vez que o ex-campeão meio-pesado Vitor Belfort entrará no octógono. E, mesmo motivado com o duelo final antes de pendurar as luvas, o brasileiro é tido como zebra diante do favorito Uriah Hall, seu último adversário. De acordo com o site de apostas “Marsbet”, uma vitória do Fenômeno está cotada em 3.30, ou seja, a cada R$ 100 investidos, o apostador recebe de volta R$ 330. Já seu oponente está cotado em 1.28 (R$ 128 de retorno a cada R$ 100 apostados).

Veja Também

Vitor Belfort anuncia aposentadoria após luta contra Uriah Hall no domingo

Cyborg dispara contra técnico de Amanda Nunes: ‘Creonte’

Além de Belfort, outros três brasileiros estarão em ação no UFC St. Louis. A exemplo de Belfort, Thiago Alves (2.50), Thalita Bernardo (2.70) e Kalindra Faria (1.90) são azarões diante de Zak Cummings (1.47), Irene Aldana (1.40) e Jessica Eye (1.80), respectivamente.

Na luta principal, o sul-coreano Doo Ho Choi tem ligeira vantagem sobre o veterano Jeremy Stephens. O Superboy está cotado em 1.57 (R$ 157 a cada R$ 100 apostados), enquanto o norte-americano vem como zebra, na cotação de 2.25, significando que, a cada R$ 100 investidos em “Lil’ Heathen”, o apostador recebe R$ 225 de volta.

Cotações do UFC St. Louis (segundo a Marsbet):

Card principal

Peso pena: Jeremy Stephens (2.25) x Doo Ho Choi (1.57)

Peso médio: Vitor Belfort (3.30) x Uriah Hall (1.28)

Peso mosca: Paige VanZant (1.88) x Jessica Rose-Clark (1.82)

Peso meio-médio: Kamaru Usman (1.14) x Emil Meek (4.90)

Card preliminar

Peso pena: Darren Elkins (2.30) x Michael Johnson (1.55)

Peso meio-médio: James Krause (1.55) x Alex White (2.30)

Peso meio-médio: Thiago Alves (2.50) x Zak Cummings (1.47)

Peso mosca: Kalindra Faria (1.90) x Jessica Eye (1.80)

Peso galo: Thalita Bernardo (2.70) x Irene Aldana (1.40)

Peso galo: Kyung Ho Kang (1.26) x Guido Canetti (3.47)

Peso leve: Matt Frevola (1.38) x Marco Polo Reyes (2.80)

Peso palha: Danielle Taylor (1.95) x JJ Aldrich (1.75)

Source: Portal da Luta

Finais da faixa-preta são definidas na etapa de Abu Dhabi do Grand Slam; veja

Nesta sexta-feira (12) foi realizado o primeiro dia da etapa de Abu Dhabi (UAE) do Grand Slam da UAEJJF. A quarta etapa do ranking conheceu os vencedores em diversas faixas-coloridas. Além disso, também definiu os finalistas para a categoria faixa-preta adulta, no masculino e feminino.

Confira todos os campeões da etapa de Abu Dhabi do Grand Slam, aqui

Na faixa-preta masculina, os irmão Miyao, João e Paulo, se classificaram para as finais das categorias até 62kg e 69kg, respectivamente. Já Isaque Bahiense, que vem colecionando medalhas de ouro ao longo do circuito de Grand Slam da UAEJJF, vai fazer a final da divisão até 85kg contra Charles Negromonte. Outras feras em ação serão Adam Wardzinski, até 94kg, e Igor Silva até 110kg.

No feminino, faixa-marrom/preta, um dos grandes destaque é para Amanda Monteiro, que brilhou em etapas anteriores. A lutadora encara Ariadne de Oliveira, na decisão da divisão até 55kg. Na categoria até 49kg, Mayssa Bastos superou Flavia Quintareli e conquistou mais uma medalha dourada no circuito já nesta sexta-feira (12).

Confira as finais na faixa-preta:

Masculino – faixa-preta – adulto
Até 56kg: José Carlos x Massaki Todoroko
Até 62kg: Hiago George x João Miyao
Até 69kg: Tiago Bravoj x Paulo Miyao
Até 77kg: Lachlan Giles x Flavio Vianna
Até 85kg: Isaque Bahiense x Charles Negromonte
Até 94kg: Adam Wardziak x Helton Silva
Até 110kg: Igor Silva x Maurício Lima

Feminino – faixa-marrom/preta – adulto
Até 55kg: Ariadne de Oliveira x Amanda Nogueira
Até 62kg: Charlotte Von Baumgarten x Nádia Melo
Até 90kg: Samantha Cook x Thamara Silva

Source: Tatame

Usman acusa Covington de fugir de duelo no UFC St. Louis

Usman vem de seis vitórias seguidas (Foto:Reprodução/Facebook KamaruUsman)

Apesar de estar atacando o Brasil e os lutadores brasileiros, Colby Covington também é alvo de atletas de outros países. Um deles é o nigeriano Kamaru Usman. Vindo de vitória avassaladora por nocaute sobre Serginho Moraes, Usman revelou que “Chaos” rejeitou enfrentá-lo na luta principal do UFC St. Louis do próximo domingo (14). Com isso, Kamaru enfrentará Emil Meek em uma luta de menor impacto e a grande atração ficará por conta do combate peso pena entre Doo Ho Choi e Jeremy Stephens.

Veja Também

Manuwa ataca Glover Teixeira: ‘Está fugindo de mim’

Cyborg dispara contra técnico de Amanda Nunes: ‘Creonte’

Vitor Belfort anuncia aposentadoria após luta contra Uriah Hall no domingo

Em entrevista antes do duelo com o norueguês, Usman garantiu que Covington está fugindo dele, mas disse que o norte-americano “não pode se esconder para sempre”.

“Muita gente não sabe, mas eu deveria estar liderando este evento contra Colby Covington. Foi por isso que demorou para o UFC acertar uma luta principal para St. Louis. Ele rejeitou a luta, então estamos aqui. Ele pode correr, mas não pode se esconder para sempre. Eu acho que essa luta está destinada a acontecer. Este mundo é muito pequeno. Vim da Nigéria, emigrei para os Estados Unidos, conheci Jon Jones (ex-campeão e antigo companheiro de quarto de Covington), mantivemos contato e passei uma semana no quarto dele na Universidade, o mesmo quarto de Covington. Essa luta está escrita”, comentou Usman, em declarações reproduzidas pelo site norte-americano MMA Junkie.

Logo antes de enfrentar Demian Maia, Covington havia provocado Kamaru Usman, dizendo que o próprio nigeriano havia rejeitado enfrentá-lo três vezes e agora estava “preso lutando contra mendigos”.

Source: Portal da Luta

Vitor Belfort reforça decisão de se aposentar e cita Carlson Gracie: ‘Se estivesse vivo, ele ia concordar’

Vitor Belfort e o carinho de Carlson Gracie – Foto: Marcelo Alonso

Vitor Belfort anunciou que a luta deste domingo contra Uriah Hall em St-Louis-EUA será a última de sua carreira. Durante um bate-papo com fãs na página oficial do UFC no Facebook, o brasileiro voltou a reforçar a decisão de parar, e citou até seu mentor, a lenda Carlson Gracie.

“Acho que o Carlson, se estivesse vivo, ele ia concordar. É a hora de dar uma descansada. Já fiz bastante coisa no octagon”, disse respondendo a pergunta de um fã.

Em outro vídeo, também produzido pelo UFC, Belfort também refletiu sobre qualidades e defeitos ao longo da carreira.

“São milhões de qualidades. O defeito é que muitas vezes eu sou meu maior inimigo. O segredo é manter na sua essência, acreditar e ir para frente”.

UFC Fight Night

St-Louis, EUA

Domingo, 14 de janeiro de 2018

CARD PRINCIPAL (1h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Jeremy Stephens x Doo Ho Choi
Peso-médio: Uriah Hall x Vitor Belfort
Peso-mosca: Paige VanZant x Jessica-Rose Clark
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Emil Meek

CARD PRELIMINAR (21h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Darren Elkins x Michael Johnson
Peso-leve: James Krause x Alex White
Peso-leve: Matt Frevola x Marco Polo Reyes
Peso-meio-médio: Thiago Alves x Zak Cummings
Peso-mosca: Kalindra Faria x Jessica Eye
Peso-galo: Talita Bernardo x Irene Aldana
Peso-palha: Danielle Taylor x JJ Aldrich
Peso-pena: Mads Burnell x Michael Santiago
Peso-galo: Kyung Ho Kang x Guido Cannetti

O post Vitor Belfort reforça decisão de se aposentar e cita Carlson Gracie: ‘Se estivesse vivo, ele ia concordar’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Confiante, Thiago Pitbull projeta série de vitórias em 2018, e crava: ‘Ainda vou ser campeão dessa p***’

Brasileiro mira o título – Foto: Josh Hedges/Getty Images

Thiago Pitbull é um veterano dentro do UFC. Aos 34 anos de idade, ele integra o plantel da maior organização de MMA do mundo desde 2005. De lá para cá, foram 22 lutas e 14 vitórias e uma disputa de cinturão.

Neste domingo, o cearense sobe ao octógono em St-Louis-EUA, e diante de Zak Cummings, tenta a segunda vitória consecutiva, que, para ele, simbolizará o início de uma nova caminhada até o título.

“Estou 100%, nunca estive tão bem, superpreparado e vou correr para dentro dessa galera, não vou parar até conseguir meu objetivo, que é ser campeão. Uma luta de cada vez. Tenho uma batalha domingo agora, mas depois vamos correr para dentro da próxima vítima. Neste ano serão três lutas e três vitórias, no mínimo”, afirmou o meio-médio. “Vou ser campeão dessa p*** ainda. Pode ter certeza! Este vai ser o meu ano, vou fazer três, quatro lutas, e vou chegar nas cabeças. Nunca tive tão bem e vou correr para dentro”.

Em 2009, Pitbull bateu na trave. Em julho daquele ano, ele disputou o cinturão da categoria contra o canadense Georges St-Pierre, que o venceu com extrema autoridade após cinco rounds de luta. De acordo com o brasileiro, sua nova versão é mais potente.

“Naquela luta contra o St-Pierre eu estava muito desidratado, a estratégia foi uma merda, ali foi só coração. Agora eu sou outro monstro. Além de estar preparado fisicamente, mentalmente e tecnicamente, eu sou outro animal agora”.

Seu adversário de domingo vem de duas vitórias consecutivas, ambas por finalização. No que depender de Pitbull, desta vez, Cummings não terá qualquer chance.

“A expectativa é de uma guerra, estou preparado e vou correr para dentro desse bicho”, garante. “A estratégia é espancar ele em cima, no chão, aonde a luta for, meter a porrada nesse branquelo”.

UFC Fight Night

St-Louis, EUA

Domingo, 14 de janeiro de 2018

CARD PRINCIPAL (1h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Jeremy Stephens x Doo Ho Choi
Peso-médio: Uriah Hall x Vitor Belfort
Peso-mosca: Paige VanZant x Jessica-Rose Clark
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Emil Meek

CARD PRELIMINAR (21h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Darren Elkins x Michael Johnson
Peso-leve: James Krause x Alex White
Peso-leve: Matt Frevola x Marco Polo Reyes
Peso-meio-médio: Thiago Alves x Zak Cummings
Peso-mosca: Kalindra Faria x Jessica Eye
Peso-galo: Talita Bernardo x Irene Aldana
Peso-palha: Danielle Taylor x JJ Aldrich
Peso-pena: Mads Burnell x Michael Santiago
Peso-galo: Kyung Ho Kang x Guido Cannetti

O post Confiante, Thiago Pitbull projeta série de vitórias em 2018, e crava: ‘Ainda vou ser campeão dessa p***’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal