Bruno Bastos detalha 5 caminhos para você driblar a derrota e ensina raspagem de meia-guarda

Renomado professor e atleta, Bruno Bastos é daqueles campeões que sempre estudam o Jiu-Jitsu dentro e fora dos tatames, seja na parte mental ou técnica. Com uma carreira recheada de medalhas de ouro da IBJJF, que contém títulos do Mundial e Pan-Americano, Bruno vai destrinchar cinco conceitos para você lidar com a derrota e melhorar constantemente no Jiu-Jitsu.

“É preciso entender que você não compete para provar algo para alguém”, destaca Bruno, ao explicar um dos primeiros passos para o praticante de Jiu-Jitsu lidar com a derrota.

A seguir, ele detalha cincos caminhos para você driblar a derrota e voltar mais forte na próxima competição. No fim, o faixa-preta da LEAD BJJ ainda mostra um posição exclusiva do seu jogo: a raspagem da meia-guarda.

  1. A derrota vai acontecer

“Aceitar que em algum momento você vai perder, pois nenhum competidor escapa disso”.

  1. Não tente provar nada

“Entenda que você não está competindo para provar algo para alguém, mas porque você está desenvolvendo suas qualidades como pessoa. Afinal, a vida é uma competição”.

  1. Sua família vai te apoiar sempre

“Lembre-se que, quem te admira, seus verdadeiros amigos e familiares queridos, estarão ao seu lado, independente de vitória ou derrota”.

  1. Analise sua derrota

“Entenda a derrota: você pode perder por erro técnico, falta de concentração, estratégia errada, dieta errada, falta de periodização do treinamento ou over training. Sim, simplesmente o seu adversário pode ser melhor que você naquele dia”.

  1. Use a derrota para você ser melhor

“Não se esqueça: se você não perdesse nunca, por que a vitória seria tão especial? Na historia, quantas pessoas de extremo sucesso, dentro e fora do esporte, ‘aproveitaram’ a derrota como marco no crescimento delas, para se tornarem o sucesso que são? A derrota pode fazer sua jornada afundar ou ser grandiosa. Você decide o que a derrota faz com você”.

O post Bruno Bastos detalha 5 caminhos para você driblar a derrota e ensina raspagem de meia-guarda apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Leo Leite, Mahamed Aly e Alexandre Vieira ministram aulão beneficente nesta quarta-feira no Rio; veja como participar

Os fã de Jiu-Jitsu e Judô têm uma oportunidade imperdível nesta quarta-feira. Os faixas-pretas Leo Leite, Mahamed Aly e Alexandre Vieira ministram um seminário beneficente no Instituto Reação, projeto social liderado pelo ex-judoca medalhista olímpico Flavio Canto localizado próximo à favela da Rocinha.

O ingresso para assistir ao seminário, que começa às 19h, está R$ 30 e pode ser adquirido na hora. Todo o valor arrecadado será usado para a compra de quimonos, que serão doados para projetos sociais da Rocinha e de Santa Teresa. Não fique fora dessa, aprenda com as feras e ajude ao próximo.

Serviço:

Data: quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Horário: 19h

Local: Instituto Reação, São Conrado, nº 264

Valor: R$ 30.

O post Leo Leite, Mahamed Aly e Alexandre Vieira ministram aulão beneficente nesta quarta-feira no Rio; veja como participar apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Ovacionado, Lyoto pede torcida por brasileiros no Treino Aberto do UFC Belém

Não há nada como lutar em casa, Lyoto Machida sabe disso. Paraense de coração, o peso-médio foi ovacionado pelos fãs presentes no Boulevard Shopping Belém para o Treino Aberto realizado nesta quarta-feira (31). Além dos exercícios tradicionais, o Dragão arriscou alguns passos de Carimbó, dança típica do estado, e puxou um grito de guerra que dizia “Pará! Brasil”, depois de pedir para que o público torcesse por todos os brasileiros do card deste sábado (3). UFC Belém: Ca … Read the Full Article Here
Source: UFC

UFC mostra ‘lado generoso’ e doa R$ 64 mil ao Instituto Reação, de Flávio Canto

Reed Harris e faz doação a Flávio Canto do Instituto Reação. Foto: Alexandre Loureiro

O UFC é responsável pelo maior evento de MMA do mundo, mas a organização comandada por Dana White foi além das superlutas ou grandes negócios comerciais no Brasil. Com evento agendado para em Belém, no próximo final de semana, o Ultimate resolveu mostrar seu lado solidário e ajudar o Instituto Reação, comandado pelo ex-judoca Flávio Canto.

Veja Também

Antes do UFC Belém, Anders dispara: ‘Lyoto é só mais um’

Dana White aprova ida de Ronda Rousey para o WWE

Roy Jones Jr diz que deixaria aposentadoria para superluta com Anderson Silva

​A organização, que foi representada pelo vice-presidente de desenvolvimento de atletas, Reed Harris, e pelo embaixador Rodrigo Minotauro, doou R$ 64 mil para o projeto social que atende mais de 1300 crianças, jovens e adolescentes no Rio de Janeiro.

“O UFC apoia o Instituto Reação há alguns anos e realmente acho que esse é um dos melhores projetos sociais que estamos envolvidos em todo o mundo. Flavio e sua equipe tem feito muito bem para essas crianças que não tem a oportunidade de aprender lições de vida. Eles possuem verdadeiros mentores como professores e acredito que estão fazendo uma grande diferença para o Brasil”, disse Reed Harris.

Para o embaixador Rodrigo Minotauro, participar de uma ação como a da tarde desta terça-feira mostra a importância que o UFC dá para projetos que ajudam a levar o esporte para os jovens. “O UFC valoriza muito o esporte, não só o MMA, e a maioria dos nossos lutadores veio de classes sociais baixas. O Instituto Reação é um dos mais sólidos do Brasil, com um longo tempo de estrada e um bom trabalho. Desde a parte recreativa até a educacional, o jovem tem a possibilidade de alcançar um alto rendimento. Estamos muito felizes de estar aqui hoje”, afirmou Minotauro.

Descontração com as crianças

A tarde também reservou um momento de descontração com os jovens atletas, que demonstraram seus conhecimentos no esporte para os representantes do UFC.

“Treino arte marcial a vida inteira e sei o quão importante é um projeto como esse aqui. Estudar artes marciais desde cedo faz com que vocês tenham um caminho de vida melhor. O UFC agradece a oportunidade de fazer parte da história do Instituto Reação”, falou Reed para as crianças do projeto.

;
(function($) {
$(document).ready(function() {
//$(“head”).append(“”);
$(“head”).append(“”)
.append(“”)
.append(“”)
.append(“.vox-gallery {border:1;}a.vox-view-full:before, a.vox-view-full-selected:before, a.vox-view-thumbs:before, a.vox-view-slideshow:before, a.vox-view-share:before {color:#ffffff !important;}a.vox-view-full:hover:before, a.vox-view-full-selected:hover:before, a.vox-view-thumbs:hover:before, a.vox-view-slideshow:hover:before, a.vox-view-share:hover:before {opacity: 0.6 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a {color:#ffffff !important;opacity:0.8 !important;}.vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-prev a:hover, .vox-gallery .vox-image-nav .vox-image-nav-next a:hover {opacity:0.4 !important;}.vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-next:before, .vox-gallery .vox-es-nav span.vox-es-nav-prev:before {color:#ffffff;background:#;}.vox-header .vox-title, .vox-header .vox-view-paging, .vox-caption .vox-caption-text {font-family:Open Sans !important;}”);
});//ready
})(jQuery);
;var $embedCode; var $galleryHeight = 460;
var $Vox;
(function($) {
$(document).ready(function() {;
//init plugin
$Vox = $(“#vox-gallery-77607”);
$Vox.VoxGalleryMain({
mode: “normalview”,
thumbOn: true,
thumbPosition: “bottom”,
shareOn: false,
responsive: true,
imgMaxWidth: 450,
imgMaxHeight: 460,
intervalDelay: 5000,
autoplay: false,
carouselOpt: {
easing: “easeOutExpo”,
imageW: 55,
imageH: 55,
margin: 7,
border: 1,
borderRadius: 5
},
siteUrlEmbed: “http://www.superlutas.com.br?vox_id=77607”,
siteExternal: false,
permalink: “http://www.superlutas.com.br/noticias/77602/ufc-mostra-lado-generoso-e-doa-r-64-mil-ao-instituto-reacao-de-flavio-canto/”
}).init();
});//ready
})(jQuery);

(function($) {
$(window).load(function() {
if ($embedCode) {
setTimeout( function(){
$totalHeight = $galleryHeight – $(“.vox-header”).height() – $(“.vox-thumbs”).height() – 4; //(4 = borders values)
//alert( $totalHeight );
$Vox.find(“.vox-image”).css({ height: $totalHeight });
$Vox.VoxGalleryMain.imgMaxHeightNew( $totalHeight );
}, 500 );
}
});//laod
})(jQuery);

 

Source: Portal da Luta

Vídeo: com diversos momentos de destaque, veja a trajetória do ‘Dragão’ Lyoto Machida até o UFC Belém

Apesar da fase não ser das melhores, com três derrotas consecutivas, Lyoto Machida já tem seu nome gravado na história do MMA. E no próximo sábado (3), pelo UFC Belém, o “Dragão” escreverá mais um capítulo. Diante do invicto Eryk Anders, Lyoto fará a luta principal do evento, e para voltar ao caminho das vitórias, o brasileiro se inspira em um passado não muito distante, de vitórias e títulos, divulgado pelo Ultimate no YouTube.

Confira os vídeos abaixo:

Source: Tatame

Vitória em São Paulo e liderança em Abu Dhabi: a dobradinha mágica de Igor Silva

Em 48h, Igor Silva venceu superluta no ACBJJ e aumentou liderança no ranking da UAEJJF. Foto Flash Sport

Em 48 horas, Igor Silva enfrentou uma verdadeira maratona nos tatames, e saiu vencedor. O faixa-preta de Jiu-Jitsu lutou na sexta-feira, dia 26 de janeiro, em São Paulo, no ACB Jiu-Jitsu, onde derrotou o campeão mundial Rodrigo Cavaca por finalização. De lá, Igor partiu para Guarapari, no Espírito Santo, onde lutou o National Pro, evento da UAEJJF que conta pontos para o ranking, e mais uma vez saiu vitorioso.

“Foram 10 competições em quatro meses, então dei prioridade a essa super luta no ACBJJ. Deixei, inclusive, de lutar o Europeu, onde sou tricampeão. Achei a minha atuação no ACBJJ muito boa. Treinei bastante diversas situações que poderiam acontecer na luta. Acabou que a luta foi para um lado diferente, e eu acabei improvisando na hora. E deu certo. Mas eu estava muito bem treinado, confiante e vindo de um ritmo forte de competição”, disse Igor.

De São Paulo, Igor partiu para Guarapari. Ele chegou no sábado pela manhã e bateu o peso para entrar em ação pelo National Pro no domingo. Com a vitória, ele abriu uma boa vantagem na liderança do ranking da UAEJJF.

“Mais uma vez venci a minha categoria. Aumentei a minha vantagem em relação ao segundo colocado, mas não vou me acomodar. Vou continuar focado nas competições da UAEJJF até o World Pro para me consolidar na liderança do ranking”, avisou Igor, que já tem traçado os seus objetivos até o meio do ano.

“Meu objetivo agora é lutar todos os eventos da UAEJJF para me manter em primeiro no ranking. Me preparar também caso apareça mais alguma luta no ACBJJ e, claro, o Mundial da IBJJF na Califórnia, em junho. Espero chegar muito bem preparado lá”, encerrou.

O post Vitória em São Paulo e liderança em Abu Dhabi: a dobradinha mágica de Igor Silva apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Roy Jones Jr diz que deixaria aposentadoria para superluta com Anderson Silva

superluta de Anderson (esq.) x Jones Jr (dir.) ainda pode acontecer. Foto: Produção MMA Press

A lenda do boxe Roy Jones Jr está prestes a penduras as luvas. O norte-americano, eleito o melhor lutador da década de 90, fará seu combate de despedida, no próximo dia 8, contra Scott Sigmon. Mas isso não quer dizer que ele não cogite prolongar sua carreira por uma superluta. E o escolhido seria o brasileiro Anderson Silva.

Os rumores da superluta entre Jones e Spider tiveram início em 2009, quando o brasileiro vivia seu auge no UFC, e revelou o sonho de encarar o multicampeão do boxe. Mas, apesar das especulações sobre o combate terem esfriado, Jones Jr. revelou que voltaria a competir para enfrentar Anderson Silva.

Veja Também

Dana White aprova ida de Ronda Rousey para o WWE

Werdum diz que Cyborg ‘matará’ Amanda em superluta

Nova estrela da WWE, Ronda não descarta volta ao UFC: ‘Eu não duvidaria’

“Claro (que deixaria a aposentadoria), por que não? E vou estar na minha melhor forma e pronto para vencer, porque eu não planejo perder. A única coisa que eu vou perder é peso. Essa não é uma luta – é um superevento. E um evento desse porte sempre me interessa”, declarou Roy Jones Jr, em entrevista ao site do canal Combate

Jones Jr, que na época fez campanha para que a superluta acontecesse, lembrou do combate entre McGregor e Mayweather e garantiu que duelo diante do Spider seria ‘um dos maiores de todos os tempos’

“Para ser honesto, sempre estive interessado porque assim como a luta entre McGregor e Mayweather foi um dos maiores eventos de todos os tempos, eu sei que Roy Jones Jr. contra Anderson Silva também seria um dos maiores eventos de todos os tempos”, completou.

A carreira de Roy Jones Jr.

Roy Jones Jr, de 49 anos, tem um histórico no boxe de 65 vitórias e apenas nove derrotas. Ele foi medalhista de prata nas Olimpíadas de Seoul (1988) e chegou a conquistar oito cinturões na nobre arte nas divisões de médios, supermédios, meio-pesados e até dos pesados.

Source: Portal da Luta

Braguinha e Nathiely brilham no LA Open da IBJJF, enquanto UAEJJF realiza cinco eventos pelo mundo

No último domingo (28), uma semana após o término do Europeu, em Portugal, a IBJJF realizou o Los Angeles Open, na Califórnia (EUA). O evento contou com nomes importantes da arte suave, e entre eles, dois se destacaram: Gustavo Braguinha e Nathiely Jesus.

Ambos conquistaram o ouro duplo, com Braguinha triunfando no masculino peso-pesado e absoluto, e Nathiely fazendo o mesmo, porém, sem ter adversárias na sua categoria. Além da dupla, Gabriel Arges, Lucas Pinheiro e Tanner Rice foram outros que se destacaram.

Veja a lista completa de campeões no LA Open da IBJJF aqui

UAEJJF realiza cinco eventos pelo mundo

Além do Brazil National Pro, realizado em Guarapari, no Espírito Santo, no último fim de semana (saiba mais), a UAEJJF também sediou edições em outros países. Na Flórida (EUA) aconteceu o US National Pro, que teve entre os destaques Jon Satava, da Alliance / Marcelinho Garcia, e Tarsis Paula Neto, faixa-preta de Ricardo Libório, também da Alliance.

Tarsis Paula Neto, atleta de Ricardo Libório, foi campeão da sua categoria no US National da UAEJJF (Foto reprodução)

Já no Austrália National Pro, quem atraiu a atenção do público foi Lachlan Giles, campeão ouro duplo ao faturar a divisão até 85kg e o absoluto até 110kg. No mais, a UAEJJF também realizou o Ásia Continental Pro, na Mongólia, e o International Pro, nos EAU.

Veja a lista completa de campeões nos eventos da UAEJJF aqui

Fight To Win tem luta de Parajiu-Jitsu

O ParaJiu-Jitsu vem ganhando destaques nos principais eventos pelo mundo. No F2W Pro 60, realizado em Nevada (EUA), aconteceu o encontro entre Shannon Kitchen e David Tallent, que terminou em empate. Outro destaque foi para Seth Daniels, que é matchmaker e apresentador do Fight To Win, mas resolveu subir ao tatame. O lutador recebeu a faixa-preta no fim de 2017 e derrotou Josh Turner, após dez minutos de luta.

Shannon Kitchen e David Tallent fizeram luta de Parajiu-Jitsu no F2T Pro 60, nos Estados Unidos (Foto FloGrappling)

Source: Tatame

Vitória em São Paulo e liderança em Abu Dhabi: a ‘dobradinha mágica’ de Igor Silva no fim de semana

Em 48 horas, Igor Silva enfrentou uma verdadeira maratona nos tatames, e saiu vencedor. O faixa-preta de Jiu-Jitsu lutou na sexta-feira, dia 26 de janeiro, em São Paulo, no ACB Jiu-Jitsu 10, onde derrotou o campeão mundial Rodrigo Cavaca por finalização. De lá, Igor partiu para Guarapari, no Espírito Santo, onde lutou o Brazil National Pro, evento da UAEJJF que conta pontos para o ranking da organização, e mais uma vez saiu vitorioso.

“Foram dez competições em quatro meses, então dei prioridade a essa super luta no ACB JJ 10. Deixei, inclusive, de lutar o Europeu, onde sou tricampeão. Achei a minha atuação no ACB muito boa. Treinei bastante diversas situações que poderiam acontecer na luta. Acabou que a luta foi para um lado diferente, eu acabei improvisando na hora, mas deu certo. Estava muito bem treinado, confiante e vindo de um ritmo forte”, disse Igor.

De São Paulo, Igor partiu para Guarapari. Ele chegou no sábado pela manhã e bateu o peso para entrar em ação no domingo. Com a vitória no National Pro, ele abriu uma boa vantagem na liderança do ranking da UAEJJF e garantiu vaga no Grand Slam do Rio.

“Mais uma vez venci a minha categoria. Aumentei a minha vantagem em relação ao segundo colocado, mas não vou me acomodar. Vou continuar focado nas competições da UAEJJF até o World Pro, em Abu Dhabi, para me consolidar na liderança do ranking”, avisou o experiente Igor, que já tem traçado os seus objetivos até o meio do ano.

“Meu objetivo agora é lutar todos os eventos da UAEJJF para me manter em primeiro no ranking. Me preparar também caso apareça mais alguma luta no ACB JJ e, claro, o Mundial da IBJJF na Califórnia, em junho. Espero chegar muito bem preparado lá”, encerrou.

Source: Tatame

Horlando Monteiro comenta glória no Europeu após quatro vitórias: ‘Título muito bom para a minha carreira’

Horlando Monteiro confirmou o favoritismo no Campeonato Europeu da IBJJF, encerrado no último dia 21 de janeiro, em Portugal. Horlando brilhou com maestria ao vencer quatro lutas, sendo duas por finalização, na divisão meio-pesado, onde foi o grande destaque.

O faixa-preta capturou a medalha de ouro após aplicar uma pegada de costas e montar em Renato Cardoso, atleta da Alliance, na final da categoria. A vitória consagrou Horlando como o melhor meio-pesado do torneio da IBJJF. Após o título, o lutador, que tem apenas 23 de anos de idade, analisou sua campanha no Europeu e falou da vitória sobre Renato.

“No Jiu-Jitsu, ainda mais hoje em dia, você tem que ser completo. Tudo tem que estar em comunhão e preparado para qualquer situação. Falo sobre a parte física, técnica, mental e espiritual. Eu fiz um trabalho de preparação muito bom com minha equipe Kimura, lá na minha cidade, em Natal, Rio Grande do Norte. Estar diariamente com minha família e amigos de infância me fortaleceu muito. Antigamente, a galera do Nordeste tinha que viajar ao Rio de Janeiro ou São Paulo para buscar treino forte e hoje em dia isso não existe mais. O Nordeste bate de igual para igual com qualquer um. ‘A rapadura é doce, mas não é mole não’ (risos). Falando sobre a luta com Renato, eu tava perdendo por uma vantagem e tinha muita fé e confiança que no momento certo eu iria reverter o placar. A cada momento que se passava na luta, eu me sentia crescendo mais. Fiz uma sequência de passagem de guarda, que venho treinando há muito tempo, e não consegui estabilizar a posição de passagem, pois meu adversário virou de quatro apoios. Porém, nesse momento, consegui pegar as costas e, logo na sequência, encaixar a montada”, comentou Horlando.

Horlando também aproveitou para falar da importância do título europeu, um dos quatros grandes torneios da IBJJF junto com o Pan, Brasileiro e Mundial, e de como ele se sente após a conquista na faixa-preta, projetando mais medalhas durante o ano de 2018.

“Esse título é muito bom para minha carreira profissional, pois sempre o quis conquistar, assim como quero conquistar outros mais importantes. Eu treinei e me preparei muito bem e esperava o ouro com certeza. Acredito que, assim como todo atleta que vive do esporte, sempre irão esperar o melhor resultado. Mas no esporte é assim, um dia você vence ou um dia você aprende, e nesse Europeu eu venci, graças a Deus”, contou, antes de encerrar.

“Meu objetivo agora não irá mudar nada no que já venho planejado, pois eu irei dar continuidade aos trabalhos, junto com minha equipe de profissionais que tenho em minha volta, para poder estar em constante evolução. O ano apenas começou e a expectativa é a melhor e mais positiva! Obrigado a minha equipe Kimura//GD Jiu-Jitsu por estarem ao meu lado, ao meu pai seu Cândido e minha mãe dona Claudete por acreditarem em mim desde o primeiro dia, e também aos meus patrocinadores”, encerrou o jovem Horlando.

Source: Tatame