Romero vence Rockhold, mas fica sem cinturão; Formiga finaliza

Romero venceu e deve ter uma chance contra Robert Whitakker – Foto: UFC

Yoel Romero venceu Luke Rockhold no último sábado, no UFC Austrália, mas não ficou com o cinturão interino. O título era válido apenas para Luke, já que Romero não bateu o peso oficial para a luta. Único brasileiro em ação no show, Jussier Formiga finalizou, e já pediu uma chance pelo título de Demetrious Johnson.

Punido por não ter batido o peso para a disputa do título interino dos médios, Yoel Romero subiu ao octógono sabendo que, mesmo se vencesse Luke Rockhold, não ficaria com o cinturão. Mas isso não desanimou o cubano. No terceiro round, o lutador acertou um potente golpe no americano, que caiu grogue e ainda recebeu outro soco, sendo nocauteado. Com a vitória, ainda que sem o cinturão interino, Romero garantiu, segundo Dana White, uma chance pelo título linear contra Robert Whittaker.

Único brasileiro em ação, Jussier Formiga finalizou Ben Nguyen no terceiro round com um mata-leão, em uma das preliminares da noite. O brasileiro, que pediu uma chance de disputar o título dos moscas contra Demetrious Johnson, faturou ainda um bônus de US$50 de “performance da noite”.

 

UFC 221

10/02/2018

Perth, Austrália

CARD PRINCIPAL

Yoel Romero venceu Luke Rockhold por nocaute a 1m48s do R3

Curtis Blaydes venceu Mark Hunt por decisão unânime

Tai Tuivasa venceu Cyril Asker por nocaute técnico aos 2m18s do R1

Jake Matthews venceu Li Jingliang por decisão unânime

Tyson Pedro venceu Saparbek Safarov por finalização aos 3m54s do R1

CARD PRELIMINAR

Dong Hyun Kim venceu Damien Brown por decisão dividida

Israel Adesanya venceu Rob Wilkinson por nocaute técnico aos 3m37s do R2

Alex Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do R2

Jussier Formiga venceu Ben Nguyen por finalização a 1m43s do R3

Ross Pearson venceu Mizuto Hirota por decisão unânime

José Quiñonez venceu Teruto Ishihara por decisão unânime

Luke Jumeau venceu Daichi Abe por decisão unânime

O post Romero vence Rockhold, mas fica sem cinturão; Formiga finaliza apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Rafael dos Anjos sugere superluta entre Woodley e Justin Bieber

Dos Anjos criou pôster da luta entre Woodley e Bieber. Foto: Reprodução / Instagram

Rafael dos Anjos, definitivamente, declarou guerra contra o Tyron Woodley. Após o norte-americano anunciar que enfrentaria Nate Diaz em uma ‘money fight‘ pelo cinturão dos meio-médios, o brasileiro não perdoou o campeão.

Veja Também

Rafael dos Anjos e se irrita com Tyron Woodley por chance pelo cinturão: ‘Vire homem…’

Presidente do UFC chama Woodley de ‘mentiroso’ e nega luta do campeão contra Nate Diaz

Através de uma publicação no Instagram, dos Anjos publicou um pôster onde Woodley aparece lado a lado com o cantor canadense Justin Bieber. Na legenda, Dos Anjos sugere que o campeão enfrente o astro pop, já que sua procura é por lutas financeiramente atrativas.

“Woodley, se você quer uma luta por dinheiro, por que não o Justin Bieber? Ele tem muitos seguidores e fama, seria bom para o seu legado. Seria ideal para o legado de um comediante que está correndo de mim igual o diabo foge da cruz”, escreveu dos Anjos.

Dana White garante Dos Anjos como próximo desafiante

Apesar do interesse de Tyron Woodley em uma grande luta comercial, Dana White, já confirmou Rafael dos Anjos como próximo desafiante ao cinturão. O presidente do UFC chegou a chamar que o campeão dos meio-médios de ‘mentiroso’ e garantiu que  disputa contra o brasileiro já vem sendo trabalhada nos bastidores da organização.

 

Source: Portal da Luta

Weidman ignora Romero e pede luta por cinturão contra Whittaker

C. Weidman está de olho em título (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Mesmo vindo de três derrotas nas últimas quatro lutas, Chris Weidman quer se aproveitar do ‘caos’ que a divisão de médios do UFC se encontra. Com o campeão Robert Whittaker lesionado e Yoel Romero, primeiro colocado no ranking da categoria, falhando na pesagem do UFC 221, o ‘All American’ quer ‘furar a fila’ rumo a luta pelo cinturão.

Veja Também

Dana White confirma Romero como próximo desafiante de Whittaker

UFC 221: Romero vence Rockhold por nocaute, mas fica sem cinturão

Vídeo: Assista ao nocaute de Yoel Romero sobre Luke Rockhold no UFC 221

Em entrevista à Submission Radio, o ex-campeão dos médios ignorou a grande vitória de Yoel Romero contra Luke Rockhold no UFC 221, no último sábado (10), e se colocou a frente do cubano para a chance pelo cinturão.

“Quanto a quem deve lutar contra Whittaker? Acho que deveria ser eu. Acabei de vencer o Gastelum que é um top-5. Acabei com ele, como nunca alguém tinha feito”, afirmou Weidman.

O ‘All American’ também descartou a possibilidade de enfrentar Romero por um cinturão interino, caso o retorno de Whittaker ao octógono seja mais demorado que o previsto. “Eu acho bom que a divisão seja menos caótica, menos estranha, então você terá apenas um campeão, sem interino”, completou Weidman.

Chris Weidman ocupa atualmente a quarta posição no ranking da categoria de médios. O norte-americano, que tomou o cinturão de Anderson Silva em 2013, perdeu o reinado da categoria em 2015, quando foi nocauteado por Luke Rockhold. Desde então, ele somou perdas para Yoel Romero em novembro de 2016 e Gegard Mousasi, em abril de 2017. O ex-campeão fez as pazes com a vitória quando finalizou Kelvin Gastelum, em julho de 2017.

Source: Portal da Luta

Nurmagomedov assiste vitória do Real Madrid e ganha camisa de Cristiano Ronaldo

Nurmagomedov (dir.) ao lado de C. Ronaldo. Foto: Reprodução / Instagram

Prestes a disputar o cinturão dos leves do UFC, Khabib Nurmagomedov ainda não intensificou os treinamentos para a luta mais importante de sua vida. O russo, que também é apaixonado por futebol, foi até Madri acompanhar o jogo entre Real Madrid e Real Sociedad, neste final de semana.

Veja Também

Vídeo: Em clima de Carnaval, Anderson Silva dança ao som de Pablo Vittar

Dana White confirma Romero como próximo desafiante de Whittaker

Durante a partida, Nurmagomedov usou as redes sociais para mostrar vários momentos do jogo. Mas o grande momento do lutador veio no final da parcial. O russo, que é fã declarado de Cristiano Ronaldo, ganhou do atacante português a camisa que foi utilizada no jogo.

“Nesta camiseta, Cristiano Ronaldo fez três gols hoje à noite. Muito obrigado pelo presente, irmão”, legendou o número um do ranking da divisão dos leves (70 kg).

Nurmagomedov parece ter dado sorte ao ídolo, já que o Real Madrid venceu a partida 5×2. Ele volta ao octógono no UFC 224, dia 223, dia 7 de abril, em Nova York, quando desafia o campeão Tony Ferguson pelo cinturão dos leves do UFC.

//www.instagram.com/embed.js

Source: Portal da Luta

Lívia Renata sofre lesão e está fora da luta contra Jessica Aguilar no UFC Austin; saiba mais

Marcado para acontecer no próximo domingo (18), em Austin, nos Estados Unidos, o UFC Fight Night 126 teve uma baixa em seu card principal. Isto porque, por conta de uma lesão na mão direita, a brasileira Lívia Renata Souza, que faria sua estreia na organização, está fora da luta contra a mexicana Jessica Aguilar. A informação foi publicada pelo site MMA Brasil no último sábado (10).

Ex-campeã peso-palha do Invicta FC, Livinha Souza tem 26 anos e contabiliza um cartel de 11 vitórias e apenas uma derrota no MMA profissional. Sua única derrota na carreira aconteceu para Angela Hill, em 2016, pelo Invicta FC 17. Jessica Aguilar é ex-campeã do WSOF e buscaria seu primeiro triunfo no Ultimate, já que foi derrotada em suas duas apresentações na organização, para Claudinha Gadelha e Cortney Casey, respectivamente.

Vale ressaltar que o Ultimate ainda não se pronunciou sobre uma possível permanência de Jessica Aguilar no card, enfrentando uma nova adversária, ou se o confronto diante de Lívia Renata será remarcado.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night 126
Domingo, 18 de fevereiro de 2018
Austin, nos Estados Unidos (EUA)

Card principal

Donald Cerrone x Yancy Medeiros
Derrick Lewis x Marcin Tybura
James Vick x Francisco Massaranduba
Thiago Pitbull x Curtis Millender
Sage Northcutt x Thibault Gouti

Card preliminar

Jared Gordon x Carlos Diego Ferreira
Geoff Neal x Brian Camozzi
Roberto Sanchez x Joby Sanchez
Sarah Moras x Lucie Pudilova
Alex Morono x Joshua Burkman
Steven Peterson x Brandon Davis
Oskar Piechota x Tim Williams

Source: Tatame

Dana White confirma Yoel Romero como o próximo desafiante ao cinturão de Whittaker

Vitorioso por nocaute no terceiro round no duelo contra Luke Rockhold, realizado no último sábado (10), no UFC 221, Yoel Romero, por não bater o peso dos pesos-médios, ficou sem o título interino da categoria, no entanto, segue em alta dentro da divisão. Pelo menos foi o que garantiu o presidente da organização, Dana White, logo após a realização do evento.

De acordo com informações da emissora americana “Fox Sports”, o “Big Boss” confirmou que o cubano, atualmente com 40 anos, será o próximo desafiante ao cinturão da divisão dos médios, que atualmente pertence a Robert Whittaker. Vale ressaltar que Romero já enfrentou o atual detentor do título em julho do ano passado, em duelo válido pelo cinturão interino, no entanto, foi derrotado pelo americano na decisão unânime dos jurados, após cinco rounds de combate.

Com o triunfo sobre Luke Rockhold, Yoel Romero agora soma 13 vitórias em seu cartel profissional no MMA, com 11 resultados positivos vindos através de nocautes e dois na decisão dos árbitros. Além disso, o cubano amarga duas derrotas em sua trajetória na modalide, justamente para Whittaker, e também para Rafael Feijão, ainda pelo extinto Strikeforce.

Source: Tatame

Nova ‘aposta’ do UFC, Adesanya revela que matchmaker o ignorou: ‘Achei rude’

Tido como uma das mais novas apostas dentro do Ultimate, Israel Adesanya confirmou as expectativas no último sábado (10), pelo UFC 221, realizado na Austrália. Fazendo sua estreia na organização, o nigeriano, que vinha invicto no MMA, com 11 vitórias, contabilizou seu 12º triunfo ao nocautear no segundo round o australiano Rob Wilkinson.

Oriundo do Kickboxing, Adesanya possui um estilo agressivo e repleto de técnicas na trocação, desta forma, é visto como uma das grandes apostas na categoria peso-médio do UFC. Todavia, de acordo com o próprio lutador, alguns dirigentes da companhia ainda não o reconhecem da devida maneira. Logo após o evento, em entrevista aos jornalistas, o nigeriano revelou que Sean Shelby, “matchmaker” responsável pelo casamento de lutas do UFC, o “ignorou” em um evento da organização realizado no final do ano passado.

“Eu estava no UFC 219 com Dan Hooker, meu companheiro de equipe, fazendo aquelas coisas de pré-luta. Sean Shelby apareceu e apertou sua mão, mas passou direto por mim. Eu achei aquilo um pouco rude, não é etiqueta profissional. Você sabe quem sou. O Mick Maynard (também matchmaker do UFC) é um cara legal, gosto dele. Ele me disse: ‘bem-vindo à companhia, blá blá blá’. Mas (Sean Shelby) simplesmente me ignorou, e isso aconteceu muitas vezes com caras que sei que estão me vendo, mas passam por mim cheios de si. Eu sorrio para todos, pois sou um cara legal. Mas eles acham que minha gentileza é uma fraqueza. Jamais pensem isso, jamais confundam isso, ou vão se enganar”, disse Israel Adesanya, que ainda falou sobre seus planos dentro da divisão dos médios.

“Eu tenho um contrato de quatro lutas e quero cumpri-lo este ano, provavelmente chegar ao Top 10 no ano que vem, vejo isso acontecendo. Estou no UFC agora, senti a eletricidade, mas é déjà vu, a mesma coisa em um dia diferente. Quero chegar ao Top 10 até o ano que vem, mas quem sabe, pode ser este ano”, concluiu.

Source: Tatame

Wrestler de excelência, Cormier mostra dicas para aplicar quedas laterais; veja

Atual campeão meio-pesado do Ultimate, Daniel Cormier também é conhecido por seu Wrestling de alto nível. Sempre aplicando quedas espetaculares sobre seus oponentes, “DC” resolveu mostrar algumas dicas do seu jogo. Em vídeo publicado pelo canal do UFC Brasil no YouTube, o americano indicou formas para se aplicar quedas laterais.

Confira e deixe sua opinião:

Source: Tatame

Ouro duplo, Nathiely se destaca no Houston Open; Silvério vence o absoluto

Realizado no último final de semana (dias 10 e 11), o Houston Open de Jiu-Jitsu, organizado pela IBJJF, colocou diversas feras da arte suave em ação. Nos dois dias de competição, destaqus para para Victor Silvério no masculino faixa-preta, ao ficar com o título do absoluto, com Inácio Neto na segunda posição. No feminino, mais um ouro duplo para o currículo de Nathiely Jesus, que foi ouro no meio-pesado e no peso aberto, este último derrotando Kristin Mikkelson na grande final.

Disputas no masculino faixa-preta

Os campeões no masculino faixa-preta começaram a ser definidos no peso-galo, onde Lucas Pinheiro foi campeão ao vencer Washington Luis na grande final. Nos leves, o título ficou com Alexandre Faria, que superou Johnny Apolinario. Nos médios, o grande vencedor foi Lucas Sette, que levou a melhor sobre Diego Ramalho. Na divisão meio-pesado, quem ficou com o ouro foi Gabriel Vieira, da GFTeam.

No peso-pesado, Inácio Ferreira garantiu o primeiro lugar no pódio ao vencer Matthew Wilson. Nos superpesados, o ouro ficou com Tanner Rice, que derrotou Alexandro Ceconi. Já nos pesadíssimos, o grande campeão foi Pedro Lucas Araújo, superando Rojelio Narvaez na grande decisão.

Disputas no feminino faixa-preta

As campeãs no feminino faixa-preta foram definidas a partir do peso-leve, onde Kristin Mikkelson, da Brazil 021 International, se tornou campeã. O torneio, no entanto, não contou com muitas atletas inscritas e, além da já citada Nathiely Jesus, ouro duplo no campeonato, apenas uma lutadora se tornou campeã nas disputas por categoria: Nívia de Souza Moura, que representando a Gracie Gym Texas, foi campeã na divisão peso-pesado.

Disputa por equipes

Na tradicional disputa por equipes, com grande vantagem, a Gracie Barra ficou em primeiro, com 657 pontos. Em segundo terminou a Pablo Silva BJJ – ZR Team, com 356 pontos, e em terceiro a GFTeam, com 195 pontos.

Nathiely Jesus garantiu mais um ouro duplo, agora na disputa do Houston Open (Foto: Reprodução)
Nathiely Jesus garantiu mais um ouro duplo, agora na disputa do Houston Open (Foto: Reprodução)

Source: Tatame

Olho Neles! As promessas do UFC Austin

Da última vez que o UFC desembarcou em Austin, Frankie Edgar cimentou sua posição como o principal desafiante da divisão peso-pena com uma grande performances contra Cub Swanson, e alguns dos lutadores que hoje são nomes estabelecidos entraram no Octógono pela primeira vez.Aquela noite, em novembro de 2014, começou com Dooho Choi vencendo Juan Puig em apenas 18 segundos, seguido por um Paige VanZant, de 20 anos, rompendo em lágrimas após uma vitória no terceiro round sobre Kailin Curran em sua estreia.Três anos e algun … Read the Full Article Here
Source: UFC