Lutador do UFC rompe testículo de companheiro em treino nos EUA

Powell rompeu o testículo em treino com Lauzon. Foto: Instagram / devinpowell_nostosmma

Os lutadores do UFC Joe Lauzon e Devin Powell passaram por uma situação mais do que constrangedora durante um treino nos Estados Unidos. Lauzon, que se prepara para lutar, em abril, afiava os golpes no solo, quando uma joelhada rompeu os testículos do companheiro.

Veja Também

Amanda Nunes defende cinturão contra Raquel Pennington no UFC 224, no Rio

UFC acerta contratação da brasileira Jennifer Maia

O acidente foi revelado pelo próprio Powell através de sua conta no Instagram. O lutador foi operado para drenar um coagulo no testículo, passa bem e ainda brincou com a situação com seu companheiro de equipe.

“Graças aos bons serviços ambulatoriais em Wells, estou pronto no hospital para a cirurgia. Chamei Joe Lauzon, praticamos joelhadas no chão e ele rompeu o meu testículo com sua força. Seu adversário não tem chance em abril… “, escreveu Powell.

“A cirurgia foi um sucesso, agora estou em recuperação. Mal posso esperar para voltar ao cage do UFC, esta será a primeira vez desde a minha última luta que vou ser forçado a descansar todo o meu corpo por vários dias seguidos. Voltarei mais forte do que nunca, não esperava essa bola curva, mas vou bater na minha recuperação”, continuou o peso leve na postagem seguinte.

Por sua vez, Lauzon respondeu a mensagem apenas com um ‘Eu posso explicar’.

Powell tem um cartel de oito vitórias e três derrotas como profissional. O lutador estreou no UFC em 2017 e soma duas derrotas, sendo a última para Darrell Horcher na decisão dividida dos juízes, em junho do ano passado. Já Lauzon tem um histórico de 27 vitórias e 14 derrotas. J-Lau vem de duas perdas em sequência e encara Chris Gruetzemacher no UFC 224, dia 7 de abril.

Source: Portal da Luta

NCE inova com duas edições no mesmo final de semana

Divulgação NCE

Um dos eventos de maior regularidade no MMA nacional em 2017, o New Corpore Extreme irá realizar pela primeira vez duas edições no mesmo fim de semana. Nos dias 3 e 4 (sábado e domingo) de março, a organização presidida por Renato Dominguez irá realizar o NCE 23 e 24 que contará com duas disputas de cinturão e o palco será a tradicional Arena NCE em Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

No sábado será realizado o NCE 23, que contará com o tradicional formato com duelos amadores de MMA, Muay Thai e Submission durante o dia. A noite será a vez dos profissionais entrarem em ação e a atração principal será a disputa pelo cinturão peso-pena (até 66kg) Sandro China e Eneas Gringo.

Já no domingo o NCE 24, terá apenas duelos de MMA profissional e a atração principal da edição será a disputa pelo cinturão peso-mosca (até 57kg) entre Danver Santos e Tiago Xavier.

Segundo o presidente do NCE, Renato Dominguez a ideia de realizar duas edições no mesmo fim de semana surgiu porque a organização quer manter a média de um evento por mês.

“Queriamos realizar a edição em fevereiro, mas como o mês é curto por causa do carnaval, decidimos não fazer, então achamos melhor fazer duas edições sábado e domingo no início de março pela quantidade de atletas que tinhamos. Só assim manteriamos a marca de realizar um evento por mês. No sábado continuaremos também com lutas de MMA amador, Muay Thai e Submission, no domingo teremos apenas duelos de MMA profissional e começando mais cedo”, disse.

Confira o card de MMA profissional do NCE 23 – SÁBADO – 3 de Março

66kg – Sandro China (Team New Corpore) x Eneas Gringo (Bocão MMA Team/Shogun Team)

66kg – Cauatã Samuel (Team New Corpore) x Junior Braga (Mão de Pedra Team)

84kg – Jhonny Cyborg (Team New Corpore) x João Paulo Guerreiro (FX Kickboxing)

77kg – Willker Lemos (Team New Corpore) x Léo Bomba (Mutaru)

66kg – Maurício Rossi (Team Denison Silva) X Rafael Cacique (ATS Team)

66kg – Pedro Adão (Team Denison Silva) X João Luis Bastos (ATS Team)

48kg – Júlia Polastri (CWB) X Vanessa Santos (Time to Fight)

61kg – Weber Almeida (X-Gym/FX Kickboxing/Belfort Gym) X Felipe Floyd (Brazilian Champions)

120kg – Tiago Cardoso (IFTeam) X Carlos Sagat (Gladiadores)

61kg – Rafael Mulisha (X-Gym) x Lucas Nascimento (IFTeam)

66kg – Bruno Buakaw (Team New Corpore) X Wallace Silva (Mão de Pedra Team)

57kg – Heloisa Azevedo (IFTeam) X Jennifer Lima (ATS Team)

77kg – Junior Marques (IFTeam) X Karlison Ramos (Roll House – Instinto Combat)

66kg – Bruno Camargo (CMT12) X Marcio Sonhador (Sonhador Team)

Confira o card do NCE 24 – DOMINGO – 4 de Março

57kg – Danver Santos (Team New Corpore) X Tiago Xavier (NC Fusion )

52kg – Junior Tratorzinho (Brothers MMA) x Anderson de Souza (Team Base)

66kg – Elias Cachorro Louco (Careca MMA) x Jordano Massao (PRVT)

93kg – Carlos Eduardo Bebezinho (ATS) x Jefferson Oliveira (Tigers Dean)

84kg – Edilson França (Team New Corpore) x Felipe Eloy (Tigers Dean)

66kg – Adilson Pica Pau (Team New Corpore) x Alex Trem Bala (TFT)

66kg – Jaciel Lima (Team New Corpore) x Wallace Itália (AFC/Manimal)

66kg – Elizeu Batoré (NC Fusion) x Felipe Xaropinho (GFTeam)

93kg – Lincoln Barbosa (Team New Corpore) x Leonardo Melo (Gladiadores Kickboxing MMA)

77kg – Paulo Henrique Laia (Team New Corpore) x Diego Barcelos (CTLA-Nova União)

93kg – Ricardo Jeroncio (Team New Corpore) x Renan Shanpoo (Tigers Dean)

61kg – Gabriel Victorino (Team New Corpore) x Lucas Oliveira (ABJJ MMA/Striker)

70kg – Andrey Augusto (Team New Corpore) x Arthur Lopes (Team Crezio)

Divulgação NCE

Foto: Natalia Santos/FotoNaLuta

Foto: Natalia Santos/FotoNaLuta

Foto: Natalia Santos/FotoNaLuta

The post NCE inova com duas edições no mesmo final de semana appeared first on MMA Space.

Source: Space

UFC acerta contratação da brasileira Jennifer Maia

J. Maia é a nova contratada do UFC. Foto: Instagram / jennigmaia

O Brasil tem uma nova representante no quadro de atletas do UFC! Nesta quarta-feira (14), a maior organização de MMA do mundo adicionou a peso mosca (até 56,7 kg.) Jennifer Maia ao seu plantel de atletas. A lutadora de 29 anos previsão de estreia no octógono.

Veja Também

Amanda Nunes defende cinturão contra Raquel Pennington no UFC 224, no Rio

Jon Jones tem ‘95% de chance’ de voltar em 2018, garante empresário

Rafael dos Anjos sugere superluta entre Woodley e Justin Bieber

O ‘namoro’ entre UFC e Jennifer é antigo. A brasileira, campeã peso mosca do Invicta FC e considerada por muitos a melhor lutadora da categoria no mundo, chegou as vias de estrear na organização no UFC Belém, no início de fevereiro. Mas ela acabou recusando a luta contra Valentina Shevchenko, alegando que, por ter feito uma luta de cinco rounds no início de dezembro, não iria conseguir curar as lesões e se preparar para enfrentar a quirguistanesa. Com isso, Priscila Pedrita foi convocada para o show. Após a recusa, a atleta da Chute Boxe, enfim, assina com o Ultimate.

Em sua histórico como profissional, Jennifer Maia tem 15 vitórias, quatro derrotas e um empate. Em sua última luta ela derrotou a polonesa Agnieszka Niedzwiedz, na decisão unânime dos juízes e defendeu o título do Invicta FC pela segunda vez.

Source: Portal da Luta

Jussier Formiga finaliza Ben Nguyen no UFC 221

Jussier Formiga comemora a segunda vitória consecutiva – Foto: Getty Images

Jussier Formiga foi o representante brasileiro no UFC 221, que foi realizado no último sábado (10) em Perth, na Austrália. O potiguar entrou em ação card preliminar e conseguiu uma bela vitória por finalização sobre Ben Nguyen aos a 1m43s do terceiro round.

O duelo começou com Ben Nguyen tentando levar Jussier Formiga para a grade evitando dar espaços para o brasileiro que resistiu bem a pressão e no fim do primeiro round conseguiu colocar o americano para baixo conseguiu pressionar até o fim do assalto.

No segundo round, Jussier Formiga passou a abrir o caminho para a vitória na trocação e acertou um upper que fez Ben Nguyen balançar. O americano reagiu com uma cotovelada que abriu um ferimento na testa do brasileiro, mas nada que assustasse o potiguar que passou a pressionar em cima com fortes golpes no adversário.

Jussier Formiga entrou no terceiro round pressionando e acertou um belíssimo soco giratório que derrubou o americano. Percebendo o bom momento, o brasileiro foi para as costas de Ben Nguyen e aplicou golpes para abrir caminho para a finalização. Quando encontrou a brecha, Formiga não perdeu tempo e encaixou um mata-leão. O americano não bateu e acabou apagando.

Após conquistar a segunda vitória consecutiva por finalização no octógono, o atual quarto colocado no ranking dos pesos-mosca aproveitou para deixar claro seu desejo de disputar o título da divisão a seguir.

“Eu tenho um soco giratório muito bom, e eu encaixo sempre nos treinos, e sabia que ele iria sairia no UFC. Eu trabalhei a minha vida toda para isso, são seis anos de UFC e seis anos de top 5. Acho que mereço a minha chance de disputar o cinturão”, disse Formiga após a luta.

Outros destaques do card preliminar foram o estreante peso-médio Israel Adesanya, que mostrou toda a versatilidade de seu kickboxing para atropelar Rob Wilkinson conquistando a 12ª vitória na carreira, e o peso-pena Alex Volkanovski, que fez a alegria da torcida australiana com uma performance impecável sobre o então invicto Jeremy Kennedy.

Confira os resultados do card preliminar do UFC 221

Dong Hyun Kim venceu Damien Brown por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28);

Israel Adesanya venceu Rob Wilkinson por nocaute técnico aos 3m37s do 2º round;

Alexander Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do 2º round;

Jussier Formiga venceu Ben Nguyen por finalização (mata-leão) a 1m43s do do 3º round;

Ross Pearson venceu Mizuto Hirota por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Jose Quinonez venceu Teruto Ishihara por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);

Luke Jumeau venceu Daichi Abe por decisão unânime (29-28, 29-27, 28-27).

The post Jussier Formiga finaliza Ben Nguyen no UFC 221 appeared first on MMA Space.

Source: Space

Com Werdum em destaque, Ultimate divulga pôster do UFC Londres

Werdum é destaque no pôster do UFC FN Londres. Divulgação / UFC

Com o brasileiro Fabrício Werdum em destaque, o Ultimate divulgou o pôster oficial do UFC Fight Night Londres, evento que acontece dia 17 de março, na capital inglesa. A arte divulgada pela organização, em azul e vermelho, é inspirada na Força Aérea Real do Reino Unido.

Veja Também

Amanda Nunes defende cinturão contra Raquel Pennington no UFC 224, no Rio

Werdum aparece logo a frente do pôster ao lado do rival, o russo Alexander Volkov. Atrás deles, os protagonistas na segunda luta mais importante do show, os meio-pesados Jimi Manuwa e Jan Blachowicz.

Esta será a segunda luta principal seguida de Werdum no octógono. Em novembro do ano passado, ele enfrentou Marcin Tybura no UFC Austrália, conquistando sua segunda vitória seguida, por decisão unânime. Antes disso, o brasileiro havia finalizado Walt Harris, com uma chave de braço, em pouco mais de um minuto, no UFC 216. O triunfo sobre o norte-americano veio após a derrota polêmica para Alistair Overeem em julho de 2017, no UFC 213. Já Volkov tem uma série de quatro vitórias consecutivas, sendo a última em cima de Stefan Struve no UFC Roterdã.

Além de Werdum, o Brasil terá outro representante no card. Atuando no programa preliminar, Elizeu Capoeira enfrenta Jack Marshman.

Source: Portal da Luta

Yoel Romero nocauteia Luke Rockhold no UFC 221

Yoel Romero comemora a grande vitória sobre Luke Rockhold – Foto: Getty Images

Apesar de todos os problemas que teve, Yoel Romero conquistou uma grande vitória na luta principal do UFC 221, que foi realizado no último sábado (10) em Perth, na Austrália. O fato de ter apenas um mês de preparação para a luta, e de não ter batido o peso na véspera, não impediu que cubano conquistasse uma bela vitória por nocaute sobre Luke Rockhold aos 1m48s do terceiro round.

O duelo começou bastante estudado, mas aos poucos Luke Rockhold encontrava a distância e passou a abusar dos chutes baixos, castigando a perna de Yoel Romero ainda no primeiro round.

No segundo round, Yoel Romero começou a se encontrar na luta e passou a aplicar fortes golpes em Luke Rockhold, mas foi no terceiro assalto que a mão pesada de Romero encontrou o rosto do ex-campeão dos médios (até 84kg), que caiu já completamente atordoado. Ainda deu tempo para o cubano conectar mais um duro golpe limpo, apenas para sacramentar o resultado.

“Primeiro eu quero agradecer a Deus. Em segundo lugar, quero me desculpar por não ter batido o peso e quero agradecer a todos que vieram acompanhar o evento. Rockhold é um grande atleta e um lutador incrível. Foi campeão do Strikeforce e do UFC. Obrigado a todos”, disse.

Com o triunfo, Yoel Romero se recupera da derrota para Robert Whittaker na disputa pelo título dos médios e consolida sua posição número um no ranking da divisão, mas não fica com o cinturão interino da categoria por não ter atingido o peso limite para o combate.

Hunt tem bom início, mas é derrotado

Um dos atletas mais festejados pela torcida australiana em Perth foi o veterano neozelandês Mark Hunt, que enfrentou Curtis Blaydes na luta co-principal do evento.

O “Super Samoano” fez um bom primeiro round, chegando perto de nocautear o adversário após uma sequência de golpes limpos no rosto que fizeram Blaydes perder o equilíbrio. Entretanto, a partir do segundo, o norte-americano conseguiu impor sua estratégia, pressionando Hunt e levando o lutador de 43 anos para o solo diversas vezes, virando o duelo e levando a melhor em decisão dos jurados.

Australianos dominam em casa

A noite foi de festa para o público australiano em Perth, com os atletas da casa conquistando grandes vitórias no card principal.

O peso-pesado Tai Tuivasa, de apenas 24 anos, voltou a impressionar em sua segunda aparição no octógono ao atropelar o francês Cyril Asker, conquistando sua sétima vitória na carreira – e a sétima por nocaute no primeiro round.

O também promissor Jake Matthews, de 23 anos, conquistou uma das vitórias mais impressionantes de sua carreira ao dominar completamente o duro chinês Li Jingliang, somando seu segundo triunfo seguido na divisão dos meio-médios.

E na luta que abriu o card principal, o meio-pesado Tyson Pedro superou Saparbek Safarov com uma kimura que certamente estará entre as finalizações mais bonitas do ano de 2018.

Confira os resultados do UFC 221

CARD PRINCIPAL

Yoel Romero venceu Luke Rockhold por nocaute aos 1m48s do 3º round;

Curtis Blaydes venceu Mark Hunt por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27);

Tai Tuivasa venceu Cyril Asker por nocaute técnico aos 2m18s do 1º round;

Jake Matthews venceu Li Jingliang por decisão unânime (29-28, 30-26, 30-26);

Tyson Pedro venceu Saparbek Safarov por finalização (kimura) aos 3m54s do 1º round;

CARD PRELIMINAR

Dong Hyun Kim venceu Damien Brown por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28);

Israel Adesanya venceu Rob Wilkinson por nocaute técnico aos 3m37s do 2º round;

Alexander Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do 2º round;

Jussier Formiga venceu Ben Nguyen por finalização (mata-leão) a 1m43s do do 3º round;

Ross Pearson venceu Mizuto Hirota por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Jose Quinonez venceu Teruto Ishihara por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);

Luke Jumeau venceu Daichi Abe por decisão unânime (29-28, 29-27, 28-27).

The post Yoel Romero nocauteia Luke Rockhold no UFC 221 appeared first on MMA Space.

Source: Space

Massaranduba, Pitbull e Diego Ferreira: os brasileiros do UFC Austin

Após as passagens por Brasil e Austrália, o octógono volta para os Estados Unidos neste final de semana com o UFC Austin, evento que terá tripla participação brasileira.
Mais UFC Austin: Olho Neles | Card completo

Francisco Trinaldo
Atual 14º colocado no ranking dos pesos-leves, Massaranduba tem a dura missão de encarar James Vick, o 12º, lutando em seu estado natal. Ambos ostentam o invejável retrospecto de oito vitórias nas últimas nove lutas, e enxergam neste duelo uma chance de entrar no con … Read the Full Article Here
Source: UFC

Massaranduba e James Vick: o duelo que prova o quão duro é o peso-leve

Um dos confrontos mais interessantes do UFC Austin, evento deste domingo (18), acontecerá logo antes da luta co-principal, e será protagonizado pelos atuais números 12 e 14, respectivamente, do peso-leve: James Vick e Francisco Trinaldo “Massaranduba”.
Nascido no estado do Texas, cuja capital é a cidade de Austin, Vick deverá ser um dos atletas mais festejados pelo público na Frank Erwin Center, mas este é apenas um detalhe dentro dos muitos fatores que fazem desta uma das melhores lutas da noite.
Mais UFC Austin: Os brasile … Read the Full Article Here
Source: UFC

Renato Moicano encara Calvin Kattar no UFC 223

O brasileiro Renato Moicano já tem data e adversário para seu próximo compromisso no octógono: será no dia 7 de abril, contra Calvin Kattar no UFC 223, em Brooklyn, Nova York, nos Estados Unidos.
Moicano, o atual 11º no ranking dos pesos-pena, sofreu a primeira derrota de sua carreira justamente em sua última luta, quando foi finalizado por Brian Ortega, em julho do ano passado.
No mesmo mês, Kattar fez sua estreia no Ultimate. O norte-americano de 29 anos tem vitórias em duas lutas no octógono, sendo a mais recente sobre S … Read the Full Article Here
Source: UFC

Amanda Nunes defende cinturão contra Raquel Pennington no UFC 224, no Rio

A. Nunes defende cinturão no UFC 224. (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

A luta principal do retorno do Ultimate ao Brasil está definida! A brasileira Amanda Nunes irá colocar o cinturão peso galo feminino (até 61,2 kg.) em jogo contra a norte-americana Raquel Pennington no UFC 224, evento que acontece dia 12 de maio, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. Apesar do anúncio oficial ainda não ter sido feito, a noticia foi divulgada, inicialmente, pelo site do canal Combate e confirmada pela reportagem com fontes ligadas ao duelo.

Veja Também

Cyborg coloca condição para luta contra Amanda e promete: ‘vou te matar’

Técnico de Amanda garante que luta com Cyborg irá acontecer

Cyborg diz ter aceitado superluta contra Amanda Nunes no UFC 226, em julho

Werdum diz que Cyborg ‘matará’ Amanda em superluta

Técnico diz que Amanda ‘chutará o traseiro’ de Cyborg

Inicialmente, o plano do Ultimate seria marcar a superluta de campeãs Amanda Nunes x Cris Cyborg para o Rio de Janeiro. Mas como Cyborg condicionou a disputa a um grande show, em Las Vegas, e aceitou salvar o card do UFC 222, no próximo mês, a organização partiu para o ‘plano B’ na capital fluminense. Como Pennington vem de quatro vitórias em série, ela foi a escolhida para desafiar a Leoa.

Com isso, caso Amanda e Cyborg vençam suas luas elas devem se enfrenar no UFC 226, no dia 7 de julho. O evento será o maior da organização no ano e já conta com outra superluta de campeões: Stipe Miocic x Daniel Cormier vão duelar pelo título dos pesados. Com tantos atrativos, o show deverá ser a maior venda de pacotes pay-per-view no ano e rentabilizar para as atletas, conforme a paranaense tinha exigido.

Amanda x Pennington

Amanda Nunes tem um histórico profissional de 15 vitórias e quatro derrotas como profissional. A brasileira conquistou o cinturão da categoria ao finalizar Miesha Tate no histórico UFC 200, em julho de 2016. Desde então, ela defendeu o cinturão contra Ronda Rousey e Valentina Shevchenko.

Por sua vez, Raquel Pennington tem um cartel de nove vitórias e cinco derrotas. A norte-americana, terceira no ranking da divisão, vem de uma sequência de quatro triunfos em série. Em sua últma luta ela bateu a ex-campeã Miesha Tate na decisão unânime dos juízes no UFC 205, em novembro do ano passado.

Lutas já confirmadas para o UFC 224, no Rio

Amanda Nunes x Raquel Pennington

Davi Ramos x Nick Hein

Alberto Miná x Ramazan Emeev

Júnior Albini x Alexey Oleynik

Source: Portal da Luta