Pennington revela frustração com rumor de superluta entre Amanda x Cyborg: ‘me deixa p***’

Pennington não escondeu irritação com rumor de superluta. Foto Reprodução / @ufc

Raquel Pennington está escalada para a luta mais importante de sua vida no UFC 224, evento que acontece dia 12 de maio no Rio de Janeiro. A norte-americana irá desafiar a baiana Amanda Nunes pelo cinturão da divisão de galos (até 61,2 kg.), mas por pouco esse combate não foi agendado. O Ultimate tentou de todas as formar marcar a superluta de campeãs entre Amanda x Cris Cyborg na capital fluminense, mas a paranaense pediu um período de férias após competir duas vezes em pouco mais de dois meses.

Veja Também

Em programa de TV, Ronda afasta retorno ao UFC: ‘Tão provável quanto voltar às Olimpíadas’

Bethe Pitbull passa por nova cirurgia no olho e adia retorno ao UFC

Paulo Borrachinha se lesiona e está fora do UFC Atlantic City

A indefinição deixou Pennington em dúvida. Ela, que havia garantido a chance pelo título ao bater Miesha Tate no UFC 205, revelou que procurou respostas com dirigentes do Ultimate até a confirmação do combate pelo cinturão.

“Fiquei frustrada e comecei a fazer ligações, porque eu não acho justo. Não é justo. Eu mereço ser a próxima desafiante e essa luta tem que ser minha. O fato de ter essa superluta me deixa p***. Porque a Cyborg nem é dessa divisão. Não faz sentido ela lutar com a campeã da nossa divisão. É uma ideia maluca essa superluta”, afirmou a desafiante, ao programa ‘MMA Hour’.

Amanda, que fez apenas duas defesas de cinturão no peso galo desde que conquistou o posto de campeã em julho de 2016, revelou que gostaria de subir a categoria de penas (até 65,7 kg.) e desafiar Cyborg. Porém, para Pennington, a decisão deixaria o peso galo parado e prejudicaria as demais lutadoras da divisão.

“O que me incomoda é que Cyborg é de uma categoria completamente diferente. Ela é do peso pena, não é da nossa divisão. Muitas garotas estão sentadas, esperando pela oportunidade. No meu caso, estou voltando de lesão, pronta para lutar. Mereço estar nessa posição. Ralei muito para chegar no topo, não foi uma trajetória fácil. Então, do nada, vem essa questão de superluta em uma divisão completamente diferente. Não entendo porque inventam essas superlutas ou cinturões interinos. Muitas vezes me parece mais entretenimento do que esporte”, disparou.

UFC 224

Com a confirmação de Pennington no show, a luta principal do UFC 224 será a disputa do cinturão peso galo (até 61,2 kg.), diante da brasileira Amanda Nunes. Já no segundo duelo mais aguardado do show, os brasileiros Vitor Belfort e Lyoto Machida fazem o combate de ex-campeões da noite. Nomes como: Ronaldo Jacaré, John Lineker e Thales Leites também estão confirmados no show.

Programa de lutas do UFC 224

Peso galo: Amanda Nunes x Raquel Pennington

Peso médio: Vitor Belfort x Lyoto Machida

Peso médio: Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum

Peso galo: John Lineker x Brian Kelleher

Peso médio: Thales Leites x Jack Hermansson

Peso leve: Davi Ramos x Nick Hein

Peso meio-médio: Alberto Miná x Ramazan Emeev

Peso pesado: Júnior Albini x Alexey Oleynik

Peso médio: Cezar Mutante x Karl Roberson

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *