Volkov nocauteia Werdum e frustra planos do brasileiro pelo cinturão; confira os detalhes

Realizado neste sábado (17), em Londres, na Inglaterra, o UFC Fight Night 127 consagrou Alexander Volkov. Preciso quando teve a oportunidade, o russo conquistou a maior vitória de sua carreira até o momento ao nocautear o ex-campeão Fabrício Werdum no quarto round. No co-main event, Jimi Manuwa e Jan Blachowicz travaram uma luta bem disputada e desenrolada em grande parte na trocação. Depois de muito equilíbrio durante os três rounds, a vitória foi declarada para Blachowicz na unanimidade dos árbitros.

Ainda no card principal, além do main event e do co-main event, outras duas lutas foram realizadas. Com boa atuação, Leon Edwards levou a melhor sobre Peter Sobotta por nocaute técnico no terceiro round, em vitória conquistada no último segundo. Na sequência, o francês Tom Duquesnoy teve um desempenho seguro e superou Terrion Ware na decisão unânime dos jurados.

Volkov nocauteia Werdum e se consolida de vez nos pesados

Logo no início do confronto, com facilidade, Fabrício Werdum derrubou Alexander Volkov e caiu por cima do russo no solo. O brasileiro, a partir disso, passou a golpear constantemente no ground and pound, desgastando seu oponente. Logo depois, a luta voltou a ficar em pé, onde o russo levou vantagem. O confronto chegou a ir para o chão novamente, no entanto, sem muita efetividade por parte de Werdum. No segundo assalto, os dois lutadores começaram se estudando, todavia, o “Vai Cavalo” conseguiu uma nova queda, teve domínio no chão, mas não conseguiu traduzir em ações efetivas.

No terceiro round, o ritmo dos dois lutadores caiu e ambos foram pouco efetivos. Volkov focava mais na trocação, enquanto Werdum apostava na sua excelência no Jiu-Jitsu e quase conseguiu aplicar um armlock. No quarto assalto, já bem desgastado fisicamente, Werdum, que vinha com a estratégia de tentar finalizar no chão, foi para o “tudo ou nada” na trocação e foi golpeado pelo russo, que com mais uma sequência de golpes, sacramentou sua vitória e segue embalado no Ultimate, agora com quatro triunfos pela organização. Já Werdum, aos 40 anos, volta a dar um passo atrás na busca pelo título dos pesados.

Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no quarto assalto de luta (Foto: Getty Images)
Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no quarto assalto de luta (Foto: Getty Images)

Destaques do card preliminar

Logo na primeira luta do card preliminar, os fãs de MMA puderam acompanhar a estreia vitoriosa de Dmitriy Sosnovskiy no Ultimate. O russo teve uma atuação segura e, apesar da falta de ritmo por estar há três anos sem lutar, venceu Mark Godbeer após aplicar um mata-leão no segundo round, mantendo sua invencibilidade no esporte, agora com 11 triunfos.

Um combate de grande reviravolta. Assim pode ser definido Paul Craig x Magomed Ankalaev, que fizeram o terceiro duelo do evento. O russo vinha com boa vantagem na luta e, já no último round, vinha cadenciando o confronto, jogando por cima. No entanto, quando muitos já viam o embate como definido, Craig tratou de mostrar que o Jiu-Jitsu salva. Aproveitando uma brecha, o escocês encaixou um justo triângulo e, quando faltava apenas um segundo para o fim da luta, forçou os três tapinhas do seu adversário, levando o público ao delírio.

Paul Craig aplicou um triângulo no último segundo e saiu vencedor no UFC Londres (Foto: Getty Images)
Paul Craig aplicou um triângulo no último segundo e saiu vencedor no UFC Londres (Foto: Getty Images)

Quem também representou bem a arte suave foi outro escocês. Ainda nos primeiros segundos, após aplicar um potente golpe de direita, Danny Henry derrubou seu oponente e aplicou uma eficiente guilhotina sobre Hakeem Dawodu, que só teve como alternativa dar os três tapinhas, forçando a interrupção do árbitro.

Na penúltima luta do card preliminar, mais um duelo “relâmpago”. Danny Roberts entrou no cage disposto a definir o combate de forma rápida, e concluiu seu objetivo com louvor. O lutador conseguiu o triunfo após conectar um potente golpe de direita em Oliver Enkamp, que já caiu apagado no octógono. No último confronto do card preliminar, outro duelo que terminou no primeiro assalto. Mostrando boa técnica na luta de chão, Charles Byrd finalizou o faixa-preta John Phillips com um mata-leão e estreou no Ultimate com vitória.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 127
Sábado, 17 de março de 2018
Londres, na Inglaterra (ING)

Card principal

Alexander Volkov derrotou Fabrício Werdum por nocaute técnico no 4R
Jan Blachowicz derrotou Jimi Manuwa por decisão unânime dos jurados
Tom Duquesnoy derrotou Terrion Ware por decisão unânime dos jurados
Leon Edwards derrotou Peter Sobotta por nocaute técnico no 3R

Card preliminar

Charles Byrd finalizou John Phillips com um mata-leão no 1R
Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute no 1R
Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina no 1R
Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo no 3R
Kajan Johnson derrotou Stevie Ray por decisão dividida dos jurados
Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão no 2R

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *