Prefeito de Curitiba manda apagar mural em homenagem a Cris Cyborg

Mural em homenagem a Cyborg é apagado em Curitiba. Foto: Reprodução / Facebook @rafaelgreca

Considerada a maior lutadora de MMA de todos os tempos, Cris Cyborg havia recebido uma justa homenagem em Curitiba, sua terra natal. Em 2016, com autorização da prefeitura, a artista plástica Siss desenhou um mural com o rosto da campeã do UFC na Praça Afonso Botelho. Porém, Rafael Greca, que assumiu o comando do município em 2017, mandou apagar a pintura.

Veja Também

Técnico de Shogun aposta em chance por cinturão após luta no UFC Chile

Lutador que pisou em rival pede desculpas e diz: ‘É decepcionante ver isso’

O prefeito usou as redes sociais para comemorar a ‘limpeza’ e recebeu algumas críticas nos comentários, inclusive do pai de Cyborg.

“Mármore branco Paraná restaurado em seu elegante esplendor na Praça Afonso Botelho. O monumento foi revestido com resina anti pichações. Mármore não se pinta”, escreveu Greca, em sua página do Facebook.

“Mas que babaca, tirou a pintura que representava o Jardim Botânico e junto a pintura da Cris, nossa campeã mundial peso pena do UFC, que representa o Brasil e, com muito orgulho, o Paraná. Com certeza o amado prefeito vai sugerir o nome de algum político que faz parte da matilha dele”, escreveu Jurandir Venâncio Justino, pai da lutadora.

Cyborg também responde

Cris Cyborg não escondeu sua chateação por ter seu mural apagado e reclamou da postura do prefeito Rafael Greca através do blog ‘Luta Livre’

“Na realidade, não é deletando minha imagem na praça que minha história se apaga. Não tem como apagar onde estou marcada, no coração dos meus fãs e seguidores. Isso é o mais importante. Se o prefeito de Curitiba não apoia uma atleta que representa a cidade, imagina outros atletas. Uma vergonha. O correto seria motivar o esporte para os jovens. Eu e minha equipe Nação Cyborg estamos divulgando o esporte e dando oportunidade para jovens praticarem esporte em Colombo, onde temos um projeto social e também faremos um evento. Obrigada à prefeita de Colombo por abrir as portas para nosso projeto”, disparou Cris, citando os incentivos que recebe da cidade que faz parte da grande Curitiba.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *