Três anos após saída do UFC, Larissa Pacheco volta a lutar e conquista o primeiro cinturão feminino da história do WOCS

Larissa Pacheco é a primeira campeã da história do WOCS – Foto: Leonardo Fabri

Após três anos sem lutar, desde sua saída do UFC, Larrisa Pacheco voltou ao cage no último final de semana, finalizou Karol Rosa na luta principal do WOCS 49, realizado no Hotel Laghetto Stilo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, conquistou o cinturão dos penas e, de quebra, fez história ao tornar-se a primeira campeã da história da organização.

Superior desde o início da luta, a paraense de Marituba parecia querer a luta em pé, mas aceitou duelar no chão após investida da adversária. Sempre em vantagem, Larissa venceu o primeiro round e, no segundo, em nova tentativa de queda de Karol Rosa, encaixou um guilhotina em pé que definiu a luta. Curiosamente, o braço que a afastou do cage por todo esse tempo foi fundamental para o encaixa do estrangulamento.

A última vitória de Larissa Pacheco havia sido em abril de 2014, sobre Lizianne Uga-Uga, quando defendeu o cinturão peso-galo do Jungle Fight e carimbou sua ida para o UFC, onde acabou sendo derrotada por Jéssica Andrade e Germaine de Randamie. Já Karol Rosa viu sua sequência de três vitórias ser quebrada.

Pedra e Sergipano confirmam favoritismo

Pedra chegou a seis vitórias seguidas – Foto: Leonardo Fabri

Ex-TUF Brasil e em incessante busca de um grande contrato internacional, Márcio Pedra mais uma vez fez o dever de casa. Com um katagatame muito bem encaixado, o atleta de Belford Roxo obrigou o duelo João Paulo Guerreiro a bater ainda no primeiro round, e conquistou a sexta vitória consecutiva.

A finalização mais bonita da noite foi a de André Sergipano: um armlock inapelável, agregando técnica e velocidade, não dando qualquer opção de defesa a Willyanedson a não ser bater para não ter o braço quebrado. Foi a segunda vitória consecutiva de Sergipano em um intervalo de pouco mais de três meses.

Jovens talentos levantam o público

Aos 22 anos, Jansey Silva tem três vitórias em três lutas como profissional – Foto: Leonardo Fabri

Atleta mais aclamado do evento, Jansey Silva, 22 anos, conquistou a terceira vitória como profissional com absoluta autoridade. Apresentando uma trocação extremamente técnica, o carioca, que já impressionou tailandeses no período em que treinou no país, castigou Bruno Fabiano mesclando joelhadas e um violentíssimo chute que explodiu na linha de cintura, chegando a fazer barulho no salão montado dentro do hotel. A vitória por nocaute técnico veio após uma sequência de golpes, que impediu o adversário de conseguir a reação.

Na luta mais emocionante da noite, Caionã Blade e o estreante Gilberto Junior deram tudo de si dentro do cage. Numa luta quase toda em pé, Blade levou vantagem nos momentos em que o duelo foi para o chão, o que lhe rendeu a vitória por decisão unânime após três rounds. Apesar, Gilberto, que é uma aposta de Pedro Rizzo, mostrou muito talento e personalidade, e merece ser assistido em suas próximas atuações.

WOCS 49

Hotel Laghetto Stilo, Rio de Janeiro-RJ

24 de março de 2015

Larissa Pacheco venceu Karolline Rosa por finalização
Márcio “Pedra” venceu João Paulo “Guerreiro” por finalização
Charles “Blackout” venceu Júnior “Orelha” por decisão unânime
Jansey “Jones” Silva venceu Bruno Fabiano por nocaute técnico
André Muniz “Sergipano” venceu Willyanedson Paiva por finalização
Caionã “Blade” venceu Gilberto Júnior por decisão unânime
Victor “Paçoca” Dias venceu após desqualificação de
Fernando Leitão (golpe ilegal – cotovelada)
Jorge Daniel La Tera venceu após desistência de Danilo de Souza
Rodrigo “Zói” venceu Florisbergue Carneiro por nocaute técnico
Adriano “Trator” venceu Douglas Barbosa por nocaute técnico

CARD AMADOR

Tatiana Campos venceu Maria Carolina Joia por decisão unânime
Patrick Viana venceu Patrick Mattos por finalização
Lenon Carvalho venceu Eduardo Terêncio por finalização
Charles Fernandes venceu Rafael Teixeira por decisão unânime

O post Três anos após saída do UFC, Larissa Pacheco volta a lutar e conquista o primeiro cinturão feminino da história do WOCS apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *