Darren Till encara Jorge Masvidal na luta principal do UFC Liverpool, em maio; veja os detalhes

Por Esporte Interativo

Depois do UFC anunciar o primeiro evento na história da organização na cidade de Liverpool, Inglaterra, para o dia 27 de maio, e confirmar Darren Till como primeiro integrante do main event da noite, o Esporte Interativo apurou, com exclusividade, que o adversário planejado para o britânico é Jorge Masvidal. Vale ressaltar que o Ultimate ainda não confirmou o combate oficialmente.

Darren Till, sétimo colocado no ranking da categoria meio-médio, carrega a sequência de três vitórias seguidas no UFC, batendo, inclusive, Donald Cerrone na última aparição, no primeiro evento principal de sua carreira no Ultimate.

Do outro lado, Jorge busca reencontrar o caminho das vitórias, já que perdeu duas das três lutas feitas no UFC em 2017, para Demian Maia e Stephen Thompson, respectivamente.

Source: Tatame

José Aldo revela que irá enfrentar Jeremy Stephens no UFC Cingapura

Aldo (esq.) revela que irá enfrentar Stephens (dir.) no UFC Cingapura. Foto: Reprodução / Twitter JeremyStephens

José Aldo pediu e o UFC, mesmo que parcialmente, atendeu. O brasileiro solicitou para voltar ao octógono contra Jeremy Stephens no UFC 224, dia 12 de maio, no Rio de Janeiro. Mas a organização ofereceu a disputa ao ‘Campeão do Povo’ do outro lado do mundo. O combate deve acontecer no UFC Cingapura, show que acontece dia 23 de junho, no continente asiático. A informação sobre a luta foi anunciada pelo próprio Aldo durante a exibição do Shooto Brasil, no canal Combate.

Veja Também

Vídeo: Assista o nocaute sofrido por Fabrício Werdum no UFC Londres

José Aldo pede luta contra Jeremy Stephens no UFC 224, no Rio

“Já aceitei uma luta, com o Jeremy Stephens. A gente está esperando ser agora, em junho, em Cingapura. Só falta agora ele bater o martelo. O adversário está certo, o local, só falta eles decidirem isso”, declarou José Aldo.

“O Jeremy Stephens pediu a luta contra o Aldo. Há três dias, o UFC nos deu como opção para o retorno do Aldo uma luta no UFC Cingapura. Ontem (sexta-feira) aceitamos, e estamos só esperando a confirmação do outro lado e o contrato para assinar”, completou André Pederneiras, técnico de Aldo.

Aldo x Stephens

José Aldo tem um cartel no MMA de 26 vitórias e apenas quatro derrotas. O manauara reinou na divisão de penas (até 65,8 kg.) de 2011 até 2015 quando foi nocauteado por Conor McGregor. Ele ainda reconquistou o título ao bater Frankie Edgar no histórico UFC 200, mas voltou a perder o trono da categoria ao cair contra Max Holloway no UFC 212, em junho do ano passado.

Por sua vez Stephens tem um cartel de 28 vitórias e 14 derrotas. O norte-americano, quarto no ranking dos penas, vive seu melhor momento no Ultimate e acumula três triunfos em série, o último sobre Josh Emmett no UFC Orlando, em fevereiro deste ano

Source: Portal da Luta

Após vencer Werdum, Volkov planeja enfrentar o ganhador de Miocic e Cormier

Alexander Volkov quer mesmo aproveitar a boa fase dentro do UFC. Após conquistar sua quarta vitória consecutiva na organização ao nocautear Fabrício Werdum na luta principal do UFC Londres, realizado no último sábado (17), o russo pediu para enfrentar o vencedor de Stipe Miocic e Daniel Cormier – que se enfrentam no UFC 226 – em sua terra natal.Mais UFC Londres: Volkov nocauteia Werdum | Confira os resultados do card preliminar | Bônus do evento”Ficarei feliz se acontecer em setembro. Seria o primeiro evento do UFC … Read the Full Article Here
Source: UFC

UFC Londres: Fatos que entraram para a história

O UFC Londres foi para a conta e nos deixou alguns pontos a serem analisados após sua realização, no último sábado (17). O surgimento de mais uma estrela do leste europeu? Lutar em casa é vantajoso? Confira os fatos que entraram para a história do evento:Mais UFC Londres: Volkov nocauteia Werdum | Confira os resultados do card preliminar | Bônus do eventoA consolidação de Volkov

 
O russo @volkov_alex nocauteou o brasileiro @werdum no 4º round da luta principal do #UFCLondres. #UFC #UF … Read the Full Article Here
Source: UFC

Vídeo: Assista o nocaute sofrido por Fabrício Werdum no UFC Londres

Volkov (dir.) derrotou Werdum (esq.) no UFC Londres. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Fabrício Werdum e Alexander Volkov entraram no UFC Londres dispostos a carimbarem a chance pelo cinturão dos pesados. O brasileiro até começou melhor a luta, mas perdeu ritmo na segunda metade e acabou nocauteado pelo russo no quarto round. O combate aconteceu na tarde deste sábado (17), na capital inglêsa.

Veja Também

UFC Londres: Werdum para em ‘gigante russo’ e fica longe de cinturão

Com o resultado, Volkov emplacou sua quarta vitória consecutiva no Ultimate ficou próximo da chance pelo cinturão. Já Werdum, volta para o fim da fila e com 40 anos fica em uma situação delicada para voltar a pensar em título.

Mas e você perdeu a luta, assista os melhores momentos na sequência abaixo:

VÍDEO FABRÍCIO WERDUM X ALEXANDER VOLKOV UFC LONDRES

 

Werdum começou a luta derrubando Volkov e golpeando or rival por cima

Mesmo sem conseguir passar a guarda, o brasileiro trabalhou bem por cima

Volkov saiu bem da tentativa de guarda de Werdum, antes de….

Volkov sai da luta de solo, aceita o ataque de Werdum e nocauteia no contragolpe

Source: Portal da Luta

Alexander Volkov e Paul Craig recebem bônus por desempenho no UFC Londres; saiba mais

A cidade de Londres, na Inglaterra, foi palco neste sábado (17) do UFC Fight Night 127. Integrante da luta principal da noite, Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no quarto round e foi o grande destaque da edição. Por conta disso, o russo, que conquistou sua quarta vitória consecutiva pela organização, levou o bônus de “Performance da Noite” e recebeu da organização 50 mil dólares pelo feito.

Quem também garantiu a premiação pelo bom desempenho foi Paul Craig. O escocês protagonizou um grande momento de reviravolta no octógono e, no último segundo de luta, finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo no terceiro assalto, levando o público ao delírio.

Além das premiações pro desempenho, o Ultimate escolheu o combate entre Jan Blachowicz e Jimi Manuwa como a “Luta da Noite”. O combate, que foi disputado em três rounds, terminou com a vitória de Blachowicz por decisão unânime dos jurados.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 127
Sábado, 17 de março de 2018
Londres, na Inglaterra (ING)

Card principal

Alexander Volkov derrotou Fabrício Werdum por nocaute técnico no 4R
Jan Blachowicz derrotou Jimi Manuwa por decisão unânime dos jurados
Tom Duquesnoy derrotou Terrion Ware por decisão unânime dos jurados
Leon Edwards derrotou Peter Sobotta por nocaute técnico no 3R

Card preliminar

Charles Byrd finalizou John Phillips com um mata-leão no 1R
Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute no 1R
Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina no 1R
Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo no 3R
Kajan Johnson derrotou Stevie Ray por decisão dividida dos jurados
Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão no 2R

Source: Tatame

Algoz de Werdum fatura bônus de ‘Perfomance da Noite’ no UFC Londres

Volkov embolsou US$ 50 mil de bônus. Foto: Facebook @ufcUFC

Alexander Volkov tem muitos motivos para comemorar. O russo, que derrotou o brasileiro Fabrício Werdum na luta principal do UFC Londres, neste sábado (17), emplacou sua quarta vitória consecutiva no octógono e ficou próximo de uma chance pelo cinturão dos pesados. Pelo feito, ‘Drago’ faturou o prêmio de ‘Perfomance da Noite’ e levou o bônus de US$ 50 mil, cerca de R$ 164 mil na cotação atual, para casa.

Veja Também

UFC Londres: Werdum para em ‘gigante russo’ e fica longe de cinturão

UFC Londres: Lutador sofre duro castigo, mas finaliza rival no último segundo de luta

Além de Volkov, quem levou o outro bônus de perfomance foi Paul Craig. O escocês vinha sofrendo um duro castigo durante 15 minutos, mas conseguiu achar um triângulo no último segundo de luta para finalizar Magomed Ankalaev.

Já o prêmio de ‘Luta do Evento’ ficou para os meio-pesados Jan Blachowicz x Jimi Manuwa e cada um também embolsou US$ 50 mil. Os atletas travaram uma disputa intensa, repleta de alternâncias e que foi decidida em uma apertada decisão dos juízes.

Resultados do UFC Londres

CARD PRINCIPAL

Peso-pesado: Alexander Volkov derrotou Fabrício Werdum por nocaute a 1m38s do R4

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Jimi Manuwa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso galo: Tom Duquesnoy derrotou Terrion Ware na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27).

Peso meio-médio: Leon Edwards derrotou Peter Sobotta por nocaute técnico a 4m57s do R3

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Charles Byrd finalizou John Phillips com um estrangulamento a 3m58s do R1

Peso meio-médio: Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute a 2m12s do R1

Peso pena: Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina a 39s do R1

Peso meio-pesado: Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo a 4m59s do R3

Peso leve: Kajan Johnson derrotou Stevie Ray na decisão dividida dos juízes  (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pesado: Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão a 4m29s

Source: Portal da Luta

UFC Londres: Werdum para em ‘gigante russo’ e fica longe de cinturão

Volkov vence Werdum no UFC Londres. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Não deu para Fabrício Werdum! O brasileiro subiu no octógono, neste sábado (17), na luta principal do UFC Londres, disposto a emplacar a terceira vitória consecutiva e ficar próximo da chance pelo cinturão dos pesados. Mas, após um bom início de luta, o faixa-preta gaúcho acabou nocauteado pelo gigante russo Alexander Volkov, de 2,04m, no quarto round e freou sua escalada rumo ao topo da divisão.

Veja Também

UFC Londres: Lutador sofre duro castigo, mas finaliza rival no último segundo de luta

Algoz de Werdum fatura bônus de ‘Perfomance da Noite’ no UFC Londres

Com o resultado, ‘Drago’, como é conhecido, emplaca sua quarta vitória em quatro lutas no octógono. Já Werdum, com 40 anos, que ocupava a terceira posição no ranking dos pesados, fica bem distante de uma nova chance pelo título da categoria.

“Este é o maior adversário que já tive, ele é uma lenda deste esporte. Estou muito feliz, espero ter uma chance pelo cinturão, estou esperando isso há muito tempo. Eu sei que o jiu-jítsu dele é muito bom, mas me preparei muito para escapar dessas técnicas dele. Esperei meu momento e aproveitei”, afirmou Volkov.

A luta

Disposto a não se arriscar na luta em pé, Werdum atacou as pernas do rival logo no início da luta. O brasileiro fintou a joelhada voadora e derrubou o Volkov logo nos primeiros segundos. Por cima, o brasileiro combinou bons socos na linha de cintura e no rosto do russo. Por outro lado, Fabrício não conseguia evoluir na passagem de posição e ficou preso na guarda de ‘Drago’.  Em uma das tentativas de passagem, Werdum perdeu o equilíbrio e cedeu espaço para o russo se levantar. Volkov foi pra cima e conectou vários socos no brasileiro com a guarda fechada.

No segundo round, Volkov, com maior envergadura, conectou bons socos. Mas Werdum conseguiu a queda na metade da parcial a controlou a disputa por cima, acertando bons socos na guarda, mas sem conseguir evoluir nas posições.

A partir do terceiro assalto a história da luta começou a mudar. Volkov conectou os melhores golpes em pé e evitou entrar no jogo de quedas no brasileiro, que se jogava sempre que podia no octógono. Fabrício só conseguiu levar a disputa no solo nos instantes finais, quando  tentou encaixar uma Kimura para finalizar a disputa, mas não teve tempo de virar a parcial.

No quarto round, visivelmente cansado, o brasileiro partiu para o tudo ou nada e acabou se dando mal. Werdum tentou uma queda de qualquer maneira, acabou caindo por baixo e não conseguiu reverter a posição. Volkov disparou bons golpes e se levantou na sequência.  O gaúcho foi para cima com cruzados, mas Volkov foi mais rápido no contragolpe e derrubou o faixa-preta. O russo aproveitou a oportunidade e encerrou a disputa com mais três socos no chão para chegar ao nocaute técnico.

Resultados do UFC Londres

CARD PRINCIPAL

Peso-pesado: Alexander Volkov derrotou Fabrício Werdum por nocaute a 1m38s do R4

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Jimi Manuwa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso galo: Tom Duquesnoy derrotou Terrion Ware na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27).

Peso meio-médio: Leon Edwards derrotou Peter Sobotta por nocaute técnico a 4m57s do R3

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Charles Byrd finalizou John Phillips com um estrangulamento a 3m58s do R1

Peso meio-médio: Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute a 2m12s do R1

Peso pena: Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina a 39s do R1

Peso meio-pesado: Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo a 4m59s do R3

Peso leve: Kajan Johnson derrotou Stevie Ray na decisão dividida dos juízes  (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pesado: Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão a 4m29s

Source: Portal da Luta

Volkov nocauteia Werdum e frustra planos do brasileiro pelo cinturão; confira os detalhes

Realizado neste sábado (17), em Londres, na Inglaterra, o UFC Fight Night 127 consagrou Alexander Volkov. Preciso quando teve a oportunidade, o russo conquistou a maior vitória de sua carreira até o momento ao nocautear o ex-campeão Fabrício Werdum no quarto round. No co-main event, Jimi Manuwa e Jan Blachowicz travaram uma luta bem disputada e desenrolada em grande parte na trocação. Depois de muito equilíbrio durante os três rounds, a vitória foi declarada para Blachowicz na unanimidade dos árbitros.

Ainda no card principal, além do main event e do co-main event, outras duas lutas foram realizadas. Com boa atuação, Leon Edwards levou a melhor sobre Peter Sobotta por nocaute técnico no terceiro round, em vitória conquistada no último segundo. Na sequência, o francês Tom Duquesnoy teve um desempenho seguro e superou Terrion Ware na decisão unânime dos jurados.

Volkov nocauteia Werdum e se consolida de vez nos pesados

Logo no início do confronto, com facilidade, Fabrício Werdum derrubou Alexander Volkov e caiu por cima do russo no solo. O brasileiro, a partir disso, passou a golpear constantemente no ground and pound, desgastando seu oponente. Logo depois, a luta voltou a ficar em pé, onde o russo levou vantagem. O confronto chegou a ir para o chão novamente, no entanto, sem muita efetividade por parte de Werdum. No segundo assalto, os dois lutadores começaram se estudando, todavia, o “Vai Cavalo” conseguiu uma nova queda, teve domínio no chão, mas não conseguiu traduzir em ações efetivas.

No terceiro round, o ritmo dos dois lutadores caiu e ambos foram pouco efetivos. Volkov focava mais na trocação, enquanto Werdum apostava na sua excelência no Jiu-Jitsu e quase conseguiu aplicar um armlock. No quarto assalto, já bem desgastado fisicamente, Werdum, que vinha com a estratégia de tentar finalizar no chão, foi para o “tudo ou nada” na trocação e foi golpeado pelo russo, que com mais uma sequência de golpes, sacramentou sua vitória e segue embalado no Ultimate, agora com quatro triunfos pela organização. Já Werdum, aos 40 anos, volta a dar um passo atrás na busca pelo título dos pesados.

Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no quarto assalto de luta (Foto: Getty Images)
Alexander Volkov nocauteou Fabrício Werdum no quarto assalto de luta (Foto: Getty Images)

Destaques do card preliminar

Logo na primeira luta do card preliminar, os fãs de MMA puderam acompanhar a estreia vitoriosa de Dmitriy Sosnovskiy no Ultimate. O russo teve uma atuação segura e, apesar da falta de ritmo por estar há três anos sem lutar, venceu Mark Godbeer após aplicar um mata-leão no segundo round, mantendo sua invencibilidade no esporte, agora com 11 triunfos.

Um combate de grande reviravolta. Assim pode ser definido Paul Craig x Magomed Ankalaev, que fizeram o terceiro duelo do evento. O russo vinha com boa vantagem na luta e, já no último round, vinha cadenciando o confronto, jogando por cima. No entanto, quando muitos já viam o embate como definido, Craig tratou de mostrar que o Jiu-Jitsu salva. Aproveitando uma brecha, o escocês encaixou um justo triângulo e, quando faltava apenas um segundo para o fim da luta, forçou os três tapinhas do seu adversário, levando o público ao delírio.

Paul Craig aplicou um triângulo no último segundo e saiu vencedor no UFC Londres (Foto: Getty Images)
Paul Craig aplicou um triângulo no último segundo e saiu vencedor no UFC Londres (Foto: Getty Images)

Quem também representou bem a arte suave foi outro escocês. Ainda nos primeiros segundos, após aplicar um potente golpe de direita, Danny Henry derrubou seu oponente e aplicou uma eficiente guilhotina sobre Hakeem Dawodu, que só teve como alternativa dar os três tapinhas, forçando a interrupção do árbitro.

Na penúltima luta do card preliminar, mais um duelo “relâmpago”. Danny Roberts entrou no cage disposto a definir o combate de forma rápida, e concluiu seu objetivo com louvor. O lutador conseguiu o triunfo após conectar um potente golpe de direita em Oliver Enkamp, que já caiu apagado no octógono. No último confronto do card preliminar, outro duelo que terminou no primeiro assalto. Mostrando boa técnica na luta de chão, Charles Byrd finalizou o faixa-preta John Phillips com um mata-leão e estreou no Ultimate com vitória.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 127
Sábado, 17 de março de 2018
Londres, na Inglaterra (ING)

Card principal

Alexander Volkov derrotou Fabrício Werdum por nocaute técnico no 4R
Jan Blachowicz derrotou Jimi Manuwa por decisão unânime dos jurados
Tom Duquesnoy derrotou Terrion Ware por decisão unânime dos jurados
Leon Edwards derrotou Peter Sobotta por nocaute técnico no 3R

Card preliminar

Charles Byrd finalizou John Phillips com um mata-leão no 1R
Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute no 1R
Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina no 1R
Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo no 3R
Kajan Johnson derrotou Stevie Ray por decisão dividida dos jurados
Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão no 2R

Source: Tatame

UFC Londres: Lutador sofre duro castigo, mas finaliza rival no último segundo de luta

P. Craig finalizou Ankalaev no último segundo. Foto: Reprodução / Twitter @ufc

Foi literalmente no último segundo, mas o escocês Paul Craig fez a festa da torcida britânica no card preliminar do UFC Fight Night Londres, evento realizado na tarde deste sábado (17), na capital inglesa. O lutador da casa sofreu um duro castigo de Magomed Ankalaev durante os três assaltos e estava prestes a ser derrotado na decisão dos juízes. Nos segundos finais ele levava vários socos no solo, mas ele conseguiu encaixar um justo triângulo e forçar a desistência do rival no último instante do combate (assista ao vídeo abaixo). A finalização a 4m59s foi a mais tardia da história do Ultimate.

Veja Também

Werdum é favorito contra Volkov na luta principal do UFC Londres

Após desistência da rival, Cyborg acusa Amanda Nunes de usar superluta para se promover

“Pensei que estava apanhando por três rounds e quis tentar algo diferente. Podia ser minha última luta no contrato com o UFC, então estávamos treinando muito. Queria renovar o contrato, sabia que ele era perigoso e treinei o jiu-jitsu. Precisava vencer! Tenho sempre a finalização na cabeça, sei que é difícil, mas pode salvar uma luta. Ele estava cansado. Os escoceses estão aqui me apoiando e não poderia ser melhor”, afirmou o vencedor, que vinha de duas derrotas consecutivas.

A luta

Ankalaev dominou a luta desde os instantes iniciais. O atleta russo conectava os melhores golpes em pé e derrubava o escocês com alguma facilidade, de onde soltava vários golpes por cima. O domínio do russo se repetiu no segundo assalto e ele abriu frente nas papeletas dos juízes.

No início do terceiro round, Ankalaev imprimiu um duro castigo em Craig e esteve perto de encerrar a peleja. Craig foi ao solo pelos golpes recebidos. Mas, quando a vitória do russo parecia questão de tempo, o escocês escalou a guarda, fechou o triângulo e Ankalaev bateu em desistência a um segundo do fim.

Vídeo: Lutador finaliza rival no último segundo

Resultados do card preliminar do UFC Londres

Peso médio: Charles Byrd finalizou John Phillips com um estrangulamento a 3m58s do R1

Peso meio-médio: Danny Roberts derrotou Oliver Enkamp por nocaute a 2m12s do R1

Peso pena: Danny Henry finalizou Hakeem Dawodu com uma guilhotina a 39s do R1

Peso meio-pesado: Paul Craig finalizou Magomed Ankalaev com um triângulo a 4m59s do R3

Peso leve: Kajan Johnson derrotou Stevie Ray na decisão dividida dos juízes  (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pesado: Dmitriy Sosnovskiy finalizou Mark Godbeer com um mata-leão a 4m29s

Source: Portal da Luta