Sem lutar desde a saída do UFC, Rodrigo Monstro enfrenta John Allan no Imortal FC 8

Rodrigo Monstro faz luta principal do Imortal FC. Foto: Divulgação

Sem lutar desde sua saída do UFC, em fevereiro de 2015, o peso médio Rodrigo Monstro está de volta ao MMA. Seu retorno ao cage será contra o embalado John Allan na luta principal da 8ª edição do Imortal FC, marcado para o dia 7 de abril no ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais, no Paraná.

“Eu estava treinando há um certo tempo, estava ajudando nos camps dos atletas da equipe e decidi junto ao meu treinador Frankiko Lima que 2018 é o ano da virada da minha carreira, e ela começa agora no Imortal”, disse o lutador de 27 anos, que também falou sobe sua passagem pelo UFC. “Eu era muito novo, não tive maturidade para me firmar no maior evento de MMA do planeta. Hoje sou um atleta completamente diferente. Sobre uma segunda chance, é um caminho que estou percorrendo dia a dia”.

Veja Também

Anthony Joshua vence Joseph Parker e conquista cinturão da WBO

Confiante, Darren Till projeta vitória sobre Thompson: ‘nocaute no terceiro’

Dois anos mais novo que “Monstro”, o curitibano nocauteador John Allan vem de três vitórias consecutivas e também quer sua chance no Ultimate. Orgulhoso por representar a lendária equipe Chute Boxe, ele quer seguir o caminho de grandes ídolos que conquistaram o mundo levando a bandeira do time fundado por Rudimar Fedrigo.

“A Chute Boxe sempre será uma das maiores equipes do mundo. Lendas como Shogun, Wanderlei Silva, Murilo Ninja e Pelé Landi vieram daqui. É uma responsabilidade enorme lutar representando esta bandeira”, exalta. “Venho de três vitórias sobre caras duros e sei que uma vitória sobre um ex-UFC pode me credenciar a voos mais altos. E como todo atleta de MMA, minha meta é chegar ao UFC”.

Imortal Grappling 2 traz lutadora do UFC

Além das disputas no MMA, o card do Imortal traz uma competição de grappling no programa de lutas. O Imortal Grappling Challenge, desafio de submission na regra do Metamoris, sem pontos, vantagens ou decisão de juízes, obrigando os lutadores a buscarem incessantemente a finalização.

O destaque desta segunda edição é recém-contratada do UFC Jennifer Maia. Faixa-preta de Jiu-Jitsu, ela enfrenta Marta “Gladiadora” na luta principal do desafio, que, assim como na edição anterior, antecede o card do Imortal FC.

“Essa luta no Imortal é uma luta importante para eu poder me testar, testar meu jogo, e poder manter o ritmo das competições. Estou esperando por uma oportunidade para estrear no UFC e enquanto essa oportunidade não chega, eu quero me manter ativa, competindo. Isso é bom para meu corpo e para o psicológico também. O Imortal FC é um grande evento e espero que eu e a Martinha possamos fazer uma grande luta”, comentou a ex-campeã do Invicta FC.

Source: Portal da Luta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *