Preguiça analisa ‘maratona’ de eventos e expectativa para o Mundial: ‘Durmo e acordo pensando’

Por Mateus Machado

Após um 2017 bem movimentado em sua carreira, onde faturou dois cinturões do ACB Jiu-Jitsu, o absoluto do ADCC, o título do Marianas Open, além do World Pro, em Abu Dhabi, Felipe Preguiça tirou os primeiros meses de 2018 para se afastar um pouco dos torneios em busca de descanso. No entanto, o mês de abril ficará marcado pelo retorno do mineiro às principais competições da arte suave.

No dia 14 de abril, Preguiça defende o cinturão do ACB Jiu-Jitsu contra Adam Wardzinski. Na sequência, luta no Marianas Open, em Guam, dia 21, depois no World Pro da UAEJJF, que acontece no dia 28 de abril, e fecha o primeiro semestre com o Mundial da IBJJF, no início de junho. Ciente da sequência de grandes desafios que terá pela frente, Felipe se considera pronto para mais um ano vitorioso, mas não esconde a expectativa para conquistar seu primeiro ouro na faixa-preta pelo Mundial da IBJJF.

“Vou chegar lá preparado e com muita vontade para conquistar esse objetivo. Durmo e acordo pensando nisso todos os dias”, disse o lutador, em entrevista exclusiva à TATAME.

Confira outros trechos da entrevista com Felipe Preguiça:

– Ausência das competições no início do ano

Lutei muitos campeonatos no segundo semestre de 2017 – ADCC em setembro e o GP do ACB Jiu-Jitsu em novembro. Então, dei um tempo em janeiro e fevereiro para o corpo descansar. Abril e maio serão meses de muitas guerras.

– Crescimento do ACB Jiu-Jitsu

O ACB Jiu-Jitsu é um evento que está revolucionando o nosso esporte e valorizando todos os envolvidos. É um prazer fazer parte desse evento que participo desde quando ainda nem era chamado de ACB Jiu-Jitsu – era chamado de Berkut e eu participei de todas as edições. Fico feliz com esse empurrão que o ACBJJ está dando ao nosso esporte. Isso acaba puxando outros eventos com premiações também, o que é excelente para todos que vivem disso.

– Próximos compromissos no Jiu-Jitsu

Em abril, vou disputar três eventos, um seguido do outro… O ACBJJ, o Marianas Open e o World Pro de Abu Dhabi. Depois disso, no final de maio, disputo o Mundial da IBJJF.

– Projetos envolvendo o Felipe Preguiça Brazilian Jiu-Jitsu

Temos o Projeto FP, onde estamos com 10 atletas treinando forte o dia todo. Os meninos estão voando e podem ter certeza que vocês ainda vão ouvir falar muito deles.

– Crescimento de Gabriel Arges e surgimento de Servio Tulio na preta

O Gabriel (Arges), na verdade, foi meu aluno até, praticamente, a faixa marrom, antes dele se mudar para os Estados Unidos ao comando do meu ídolo Rominho (Rômulo Barral). Do Gabriel não tem nem o que falar, né? Recebeu a faixa preta e já foi campeão de tudo aí. Ele veio para ficar. O Servinho acabou de pegar a faixa preta e já está começando a fazer um barulhinho. A estrada é longa, mas tenho certeza que vai chegar a hora dele. Muito bom ver esses dois irmãos que o Jiu-Jitsu me deu se saírem tão bem. O time só fortalece!

– Sonho pelo título no Mundial da IBJJF

Estou treinando forte, fazendo de tudo para merecer esse título no final de maio. Vou chegar lá preparado e com muita vontade para conquistar esse objetivo. Durmo e acordo pensando nisso todos os dias

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *