Andrew e Luiza Monteiro brilham em Opens, Gutemberg é campeão no F2W e ‘Pega-Leve’ vence no SUG 7

No último fim de semana (14 e 15), aconteceram importantes campeonatos de Jiu-Jitsu da IBJJF. Na Região Sul do Brasil, foi realizado o Curitiba Fall Open, que teve como principal destaque Fellipe Andrew, da Zenith BJJ, que faturou o ouro duplo na competição. O lutador venceu primeiro a categoria dos pesados e, na sequência, o título no absoluto.

Confira todos os campeões do Curitiba Fall, aqui

Na categoria peso-galo, Claudio Henrique foi o campeão. Já na divisão dos plumas, o ouro ficou com Eduard Richard. Nos penas, Sebastian Goin subiu no lugar mais alto do pódio, enquanto nos leves Rafael Mansur brilhou e conquistou a cobiçada medalha dourada.

Voltando p casa ! 🏠🚙 #zenithbjj #amizade #obrigadoDeus #trabalhoemequipe

Uma publicação compartilhada por Fellipe Andrew (@fellipeandrew) em

//www.instagram.com/embed.jsNos médios, Eliezer Skasf ficou com a primeira posição, enquanto nos meio-pesados e superpesados, as medalhas de ouros foram para Edson Antônio e Felipe Perez, respectivamente. Já nos pesadíssimos, Herico Albuquerque garantiu a primeira posição. O campeonato, por sua vez, não teve competição entre as mulheres na faixa preta.

Luiza Monteiro brilha em Boston

Em Massachusetts, nos Estados Unidos, foi realizado o Boston Open, que ao contrário do Curitiba Fall, não teve a participações de faixas-preta no adulto entre os homens. No entanto, as mulheres foram ao tatame, deram show e proporcionaram bons confrontos.

Confira todos os campeões do Boston Open, aqui

Mãe #raizes #cabocla ❤ Mom #roots #womenpower 💪🏻🐣🐥

Uma publicação compartilhada por Luiza Monteiro (@luizamonteirobjj) em

//www.instagram.com/embed.jsA casca-grossa Luiza Monteiro ficou com o ouro duplo ao não ter adversárias na sua categoria, a dos médios, e ao derrotar Claudia do Val, ouro nos meio-pesados, na decisão do disputado absoluto. Já as feras Nathiely Jesus e Alison Tremblay foram campeões nas categorias dos pesados e superpesados, respectivamente, fechando o evento.

Gutemberg leva cinturão do F2W

No Fight To Win 70, em Baltimore, nos Estados Unidos, na luta principal, após uma batalha, Gutemberg Pereira conquistou o cinturão da organização ao vencer Tim Spriggs na decisão dos árbitros. O lutador vem se destacando no cenário internacional.

Abençoado🙌🏽 Esse final de semana fiz a luta principal do @f2wpro 70 contra um atleta duríssimo e graças a Deus sair com a vitória e com essa cinta bonita! Estou muito feliz com a evolução que eu estou tendo tanto técnica, física e mental e resultados como esse só coloca mais gás no tanque para continuar trabalhando duro. Obrigado a todos pelo suporte! || @albinoandpreto @arvieg • @rvcasport • @thearmbarsoapcompany • @gfteamtoledo || Blessed🙌🏽 This last Friday I fought the main event for the @f2wpro 70 and I got the W also this beautiful belt. I fought really well in my option, I fought smart and that was enough to take the belt home. I am very happy with my evolution in a lot aspects as technical, physical and mental and good results like this just encourage me to work hard to keep this up. Thanks everyone for the support! Osss 📸 @mikecalimbas #éoBerg #GFTeamToledo

Uma publicação compartilhada por Gutemberg Pereira (@gupereirabjj) em

//www.instagram.com/embed.js Scherner vence luta principal do SUG 7

Já a luta principal do Subimisson Underground 7, realizado em Oregon, também nos Estados Unidos, teve um confronto entre brasileiros. Fabiano Scherner, ex-UFC, levou a melhor sobre o compatriota Bruno Bastos. Vale lembrar que o evento é capitaneado pelo polêmico Chael Sonnen, atualmente atleta de MMA do Bellator, e teve outras boas lutas.

Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *