McGregor quer repetir treino de Rocky Balboa na Sibéria para possível luta com Khabib na Rússia

Sempre buscando os holofotes do MMA, Conor McGregor tem inspiração no filme “Rocky IV” para uma eventual luta na Rússia com Khabib Nurmagomedov, dono do cinturão dos leves. O irlandês, recém destituído do posto de campeão do Ultimate, quer repetir os passos de Rocky Balboa, personagem interpretado por Sylvester Stallone, que foi para a Sibéria treinar para um combate com o também russo Ivan Drago. Em entrevista ao “The BBC MMA Show”, Owen Roddy, treinador de “Notorius”, revelou a ideia.

“Conor é um louco. Logo após a luta contra Floyd Mayweather, ele me disse: “Estão falando em uma luta minha contra Khabib. Quero que seja na Rússia. Vamos fazer como Rocky Balboa em “Rocky IV”. Vamos para a Sibéria para treinar na neve. Vou comprar um daqueles arreios de gado para colocar nos ombros para ganhar força”. Eu estava me matando de rir, mas ele falou sério de verdade. Conor é capaz de fazer loucuras assim, e é isso que nós amamos nele. Não conheço quase ninguém que faria isso. Seria uma luta espetacular. Não sei o que vai acontecer, mas é algo que eu adoraria ver acontecer”, contou o treinador, que elogiou Khabib, mas contestou o poder de “finalizar” do russo.

“A verdade é que Khabib não vem finalizando muitas lutas ultimamente. Agora ele diz que tem feito isso de propósito, mas eu não acredito. Se você tem a chance de nocautear ou finalizar alguém, você finaliza ou nocauteia. Ele diz que gosta de castigar os adversários por cinco rounds. O problema nisso é você dar a Conor McGregor cinco chances para tentar acertá-lo. Ele pode errar uma, duas, três ou quatro, e ainda assim terá a quinta tentativa para acertar só um golpe. Eu já vi Conor e acertar um golpe com 30s de luta. Ele sempre faz isso em todas as suas lutas, no MMA ou no boxe. Ele é ótimo em manter o alcance, e em dar a impressão aos seus rivais de que eles podem acertá-lo, mas tudo não passa de uma armadilha na qual eles sempre caem. Quando ele acerta um golpe, poucas pessoas conseguem aguentar. Não sei se Khabib é uma delas”, encerrou.

Conor McGregor quer repetir cena de filme do “Rocky IV” para eventual luta com Khabib (Foto: Reprodução)

Source: Tatame

Vídeo: em estreia no MMA pelo Bellator, Dillon Danis finaliza no primeiro round

Destaque nas competições de luta agarrada e com boa técnica nos duelos sem quimono, Dillon Danis anunciou sua mudança para o MMA e, após período de transição, fez sua estreia na modalidade no último sábado (28), pelo Bellator 198. Contra Kyle Walker, o treinador de Jiu-Jitsu de Conor McGregor começou levando um “susto” na luta em pé, recebendo alguns golpes. Sabendo da situação de risco, Danis tratou de encurtar a distância e, desta forma, conseguiu levar a luta para o chão. Na sua especialidade, o americano encaixou uma chave de pé e finalizou seu oponente, ainda no primeiro round.

Veja como foi: 

//www.instagram.com/embed.js

Source: Tatame

Felipe Preguiça conquista o tetra em Abu Dhabi e agora mira o Mundial de Jiu-Jitsu

Com o título do World Pro, faixa-preta conquista tríplice coroa e agora se prepara para o Mundial – Foto: Ane Nunes/ Gentle Art Media

Foram três semanas, três torneios e muitas batalhas, mas Felipe Pena, o Preguiça, conquistou todos os seus objetivos. No início do mês ele manteve seu cinturão do ACB Jiu-Jitsu, realizado no Cazaquitão, em seguida ele fez três lutas para conquistar o tricampeonato do Marianas Open, que aconteceu em Guam, e fechou o mês de abril faturando seu quarto título do World Pro, que rolou no último final de semana em Abu Dhabi, se tornando um dos maiores vencedores do torneio.

“Fiz sete lutas no total em Abu Dhabi. Foram três na seletiva e quatro no evento principal. Durante o evento todo eu só levei dois pontos. Estou muito feliz com esse quarto título em Abu Dhabi”, disse Preguiça, que já mira seus próximos compromissos. “Fiquei muito satisfeito com o meu desempenho e agora estou ansioso para lutar o Mundial e o ACB Jiu-Jitsu. Só tenho a agradecer por tudo que vem acontecendo na minha carreira”.

Depois de conquistar a tríplice coroa com desempenhos de alto nível, Preguiça terá agora um mês 
para focar exclusivamente no Mundial da IBJJF, que acontece no início de junho na Califórnia, e em seguida entrar em ação mais uma vez pelo evento russo ACB Jiu-Jitsu.

“Foram três campeonatos em três semanas. Foi muito bom para pegar o ritmo para o Mundial de Jiu-Jitsu e também para o ACBJJ que vai rolar em junho, em Moscou”, concluiu o faixa-preta. 

O post Felipe Preguiça conquista o tetra em Abu Dhabi e agora mira o Mundial de Jiu-Jitsu apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Bellator 198: Veja o nocaute de Fedor sobre Mir e a finalização de Neiman Gracie

Aos 41 anos, Fedor Emelianenko não é mais aquele lutador considerado invencível para qualquer ser humano o enfrentasse nos áureos tempos de Pride, mas mostrou no último final de semana que ainda precisa ter suas mãos respeitadas.

Na luta principal do Bellator 198, em Chicago-EUA, o russo mandou o ex-campeão do UFC Frank Mir para a lona ainda no primeiro round, após um soco de encontro durante um momento de franca trocação, no qual, inclusive, segundos antes, chegou a levar um knockdown.

A luta foi válida pelas quartas de final do torneio de pesados do Bellator. Com a vitória, o ex-campeão do Pride enfrenta em uma das semifinais o polêmico Chael Sonnen, ex-desafiante ao cinturão do UFC.

Gracie finaliza

Pelos meio-médios, Neiman Gracie, 29 anos, chegou ao perfeito cartel de oiti vitórias em oito lutas, sendo seis pelo Bellator. A vítima da vez foi Javier Torres, que bateu em um katagatame no segundo round. Foi a sétima finalização do Gracie no MMA.

Outro representante do Jiu-Jitsu que também finalizou nesta edição do Bellator foi o norte-americano Rafael Lovato, que obrigou Gerald Harris a bater em um armlock com pouco mais de 1 minuto de luta. Agora, o campeão brasileiro e mundial de Jiu-Jitsu possui oito vitórias em oito lutas de MMA.

O post Bellator 198: Veja o nocaute de Fedor sobre Mir e a finalização de Neiman Gracie apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Gracie x Surfistas: Confusão no final dos anos 70 marcou primeiro contato entre as tribos, relembra Daniel Sabbá

O episódio envolvendo Sergio Malibu, Rickson Gracie e Byron Amona na praia do Arpoador nos anos 80 é conhecida por ter marcado a união entre praticantes de Jiu-Jitsu e de surfe. Porém, no final da década anterior, as duas tribos já haviam se encontrado, só que como rivais.

Em entrevista ao canal do nosso parceiro Sergio Malibu no Youtube, o surfista Daniel Sabbá relembrou do episódio em que foi dominado por Rolls Gracie após expulsar membros da família de lutadores durante uma sessão de surfe na mesma praia do Arpoador. De acordo com Sabá, minutos depois apareceram vários Gracie.

“Quantos são? São 10? Junta 20 (surfistas), dois para cada, vamos enfiar a porrada nesses Gracie. Até então, ninguém sabia quem era Gracie. Para mim era família artística, Gracie Kelly…”, lembrou o sempre bem humorado Sabbá, que na época praticava Karatê. “Quando eu fui (para golpear), ele (Rolls) me bloqueou, me deu uma queda e caiu montado. Eu falei: ‘Pode parar, você venceu, tu é ninja. Que luta é essa, cara?’”.

Depois da confusão, Sabá se desculpou com Rolls e foi convidado a ir à academia para aprender aquela arte marcial que ele chamou de “ninja”.

“No dia seguinte encontrei com o Rolls no píer. Quando clareou, eu: ‘Pô, bicho, não me bate de novo, não. Já apanhei ontem, já chega, vamos virar amigos. Ele: ‘Não, Sabá. Hoje vai lá na minha academia na Figueiredo treinar’. Rolls me pegou, me botou o quimono dele, a faixa-preta, me botou deitado e me ensinou a dar o upa. A primeira posição que aprendi com o Rolls foi um upa, sair de uma montada, onde ele acabou a briga”, disse o surfista, que treinou até a faixa-roxa.

O post Gracie x Surfistas: Confusão no final dos anos 70 marcou primeiro contato entre as tribos, relembra Daniel Sabbá apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Top 10: O melhor no Brasil

O mês de maio começa com o UFC retornando ao Brasil com um evento liderado pela campeã peso-galo Amanda Nunes defendendo seu título contra a desafiante Raquel Pennington.
Por isso, parece uma boa hora para revisitar algumas das performances mais empolgantes e noite memoráveis que tivemos quando o octógono desembarcou no Brasil.
Este é o Top 10.
UFC Ultimate Brazil: “O Fenômeno” atropela o “Cachorro Louco”
Na época, eles eram apenas dois jovens brasileiros com grande potencial – um Vitor Belfort de 21 ano … Read the Full Article Here
Source: UFC

Brad Tavares e Israel Adesanya fazem a luta principal do TUF 27 Finale

Os pesos-médios Brad Tavares e Israel Adesanya vão colidir na luta principal do TUF 27 Finale, evento que acontece durante a International Fight Week 2018, no dia 6 de julho em Las Vegas.
Atual 10º colocado no ranking da divisão, Tavares chega para o confronto embalado por uma sequência de quatro vitórias consecutivas no Ultimate, sendo a mais recente por nocaute técnico sobre Krzysztof Jotko em abril.
Considerado um dos atletas mais promissores da categoria, o kickboxer neozelandês de origem nigeriana Adesanya ostenta uma invencibilida … Read the Full Article Here
Source: UFC

Top 6: Melhores momentos de Amanda Nunes

No dia 12 de maio, o octógono retorna ao Rio de Janeiro com o UFC 224, liderado pelo retorno da rainha da divisão peso-galo, Amanda Nunes, que buscará adicionar outro à lista de seus momentos definitivos quando defender sua coroa contra Raquel Pennington.
Julia Budd
Amanda Nunes não caiu do céu no octógono no UFC 200, onde tirou o título peso-galo de Miesha Tate. Ela estava há tempos no radar do mundo do MMA, e quando assinou com o Strikeforce em 2011, houve rumores de que a nocauteadora brasileira estava prestes a colocar o MM … Read the Full Article Here
Source: UFC

Top 10: Relembrando as melhores lutas do UFC em maio

Julho sempre contou com grandes eventos do UFC, com novembro e dezembro sendo também rotineiramente anfitriões de cards cruciais e eventos memoráveis. Mas maio tem sido um mês sorrateiramente bom para a promoção ao longo dos anos.Desde os primeiros eventos, com a estreia de futuros campeões como Randy Couture, Tito Ortiz e Chuck Liddell, até shows de sucesso nos finais de semana do Memorial Day e cards tipo Fight Night que frequentemente abrigam combates memoráveis, o quinto mês do ano já produziu algumas preciosidades. … Read the Full Article Here
Source: UFC

Em card repleto de finalizações, Fedor tem grande atuação e nocauteia Mir no Bellator 198

Muito aguardado por torcedores e especialistas, o Bellator 198, realizado neste sábado (28), em Illinois (EUA), cumpriu exatamente o prometido. Com um verdadeiro show de lutas, a edição foi protagonizada pelo duelo de lendas entre Fedor Emelianenko e Frank Mir, pelas quartas de final do GP dos Pesados da organização. O russo, que passou por um susto no início da luta, reagiu e nocauteou Mir ainda no primeiro round, garantindo sua classificação para as semifinais do Grand Prix. Agora, o “Imperador” terá o falastrão Chael Sonnen pela frente, em data ainda a ser definida.

Ainda no card principal, o fã de MMA pôde ver um show de Jiu-Jitsu no evento. Dillon Danis, Neiman Gracie, Rafael Lovato Jr. e Emmanuel Sanchez mostraram a força da arte suave e aplicaram belas finalizações sobre Kyle Walker, Javier Torres, Gerald Harris e Sam Sicilia, respectivamente.

Fedor tem performance impecável e nocauteia Frank Mir

Para quem esperava uma luta estudada, se enganou completamente. Fedor Emelianenko e Frank Mir partiram para a trocação insana. O russo começou na desvantagem, recebendo um knockdown de Mir logo nos primeiros segundos. O “Imperador”, todavia, reverteu a situação com uma bela queda e, quando o confronto voltou a ficar em pé, após uma sequência brutal de golpes, foi interrompido pelo árbitro, que declarou a vitória por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Com a vitória, Fedor se recupera da derrota para Matt Mitrione e volta a vencer pela organização. Agora, a lenda russa possui 37 vitórias e apenas cinco derrotas em seu cartel na modalidade

Sanchez aplica bela finalização sobre Sicilia

Depois de um começo elétrico na luta em pé, Emmanuel Sanchez levou a luta para o chão ao tentar a chave de calcanhar, mas Sam Sicilia soube sair do golpe e ficou por cima, conectando bons golpes no ground and pound. Ativo na luta agarrada, o mexicano mostrou muita técnica e terminou com o duelo ainda no primeiro round. Quando a luta ainda estava em pé, Sanchez encaixou um katagatame em pé, no entanto, só conseguiu definir a luta no chão, quando forçou ainda mais o golpe e Sicilia não viu outra saída a não ser dar os três tapinhas. Com mais uma vitória conquistada, Emmanuel deverá receber a oportunidade de disputar o cinturão na categoria peso-pena.

Emmanuel Sanchez teve grande atuação e finalizou Sam Sicilia (Foto: Dave Mandel/USA Today Sports)

Com Jiu-Jitsu implacável, Lovato Jr. finaliza e mantém invencibilidade

Rafael Lovato Jr. deu show no card principal do Bellator 198. O americano, faixa-preta e campeão mundial na arte suave, precisou de apenas um round para finalizar Gerald Harris. Ao levar a luta para o chão, Lovato Jr. trabalhou por baixo e, enquanto tentava encaixar um triângulo, viu a brecha para buscar a transição para o armlock e, desta forma, levou seu oponente a bater. Rafael continua invicto na modalidade, com oito vitórias, sendo quatro pelo Bellator.

O faixa-preta Lovato Jr. aplicou bela finalização sobre Gerald Harris (Foto: Dave Mandel/USA Today Sports)

Neiman finaliza mais uma vez e segue invicto no MMA

Após um começo equilibrado na luta em pé, Neiman Gracie conseguiu a queda sobre Javier Torres, mas logo em seguida, a luta voltou a ficar em pé. O brasileiro, no entanto, não desistiu da posição e, depois de grudar nas costas, derrubou o adversário novamente. A partir disso, Neiman ficou por cima, partiu para a chave de calcanhar, mas não conseguiu a finalização.

No segundo round, mais uma vez com facilidade, o sobrinho de Renzo Gracie levou a luta para o chão e, em questão de detalhes, definiu a luta. Trabalhando por cima, o faixa-preta conseguiu a montada e, sem dificuldades, encaixou um justo katagatame sobre Torres, forçando os três tapinhas do oponente. Agora, Neiman Gracie segue invicto no MMA, com oito vitórias, sendo sete por finalização. Além disso, já são seis triunfos do brasileiro lutando pelo Bellator, fazendo com que se aproxime cada vez mais dos melhores lutadores de sua categoria.

Neiman Gracie brilhou e finalizou Javier Torres com um katagatame (Foto: Dave Mandel/USA Today Sports)

Em sua especialidade, Danis finaliza em estreia no MMA

Logo no início, Dillon Danis já começou a luta buscando levar para o seu carro-chefe, a luta de chão. O faixa-preta de Jiu-Jitsu levou alguns golpes de Kyle Walker e, desta forma, se viu em perigo. Sendo assim, Danis se viu obrigado a buscar a aproximação, conseguindo a queda ao puxar para a própria guarda. Em sua maior especialidade, o americano conquistou sua primeira vitória no MMA ao grudar nas pernas do adversário, finalizando com uma chave de pé.

Em sua estreia no MMA, o polêmico Dillon Danis finalizou Kyle Walker ainda no primeiro round (Foto: Scott Coker)

RESULTADOS COMPLETOS:

Bellator 198
Sábado, 28 de abril de 2018
Illinois, nos Estados Unidos

Card principal

Fedor Emelianenko derrotou Frank Mir por nocaute técnico no 1R
Emmanuel Sanchez finalizou Sam Sicilia com um katagatame no 1R
Rafael Lovato Jr. finalizou Gerald Harris com um armlock no 1R
Neiman Gracie finalizou Javier Torres com um katagatame no 2R
Dillon Danis finalizou Kyle Walker com uma chave de pé no 1R

Card preliminar

R’Mandel Cameron derrotou P.J. Caligas por decisão unânime dos jurados
Mark Stoddard finalizou Dan Stittgen com um triângulo no 1R
Eric Wisely finalizou Morgan Sickinger com um armlock no 1R
Joey Diehl finalizou Nate Williams com um triângulo no 1R
Asef Askar e Andrew Johnson empataram em decisão majoritária dos jurados
Adil Benjilany derrotou Corey Jackson por decisão unânime dos jurados
Sultan Umar derrotou Tom Angeloff por decisão unânime dos jurados
Robert Morrow derrotou Adam Maciejewski por decisão unânime dos jurados

Source: Tatame