Vídeo: lutadores brigam após interrupção do árbitro e duelo no Imortal FC 9 termina sem resultado

Realizado no último sábado (2), em São Luís, no Maranhão, o Imortal FC 9 teve em sua luta principal o retorno de Wagner Zuluzinho, filho do lendário Rei Zulu, lutador de Vale Tudo. Após quase oito anos longe do cage, o lutador de 40 anos fez um duelo em peso aberto contra o também veterano Edvaldo Gameth, de 42 anos. E apesar da grande expectativa, o “gigante” foi superado ao não conseguir retornar para o segundo round.

O motivo foram os fortes chutes desferidos por Gameth. Com as penas inchadas, Zuluzinho precisou de ajuda médica e ficou impossibilidade de voltar para a luta após o intervalo.

Briga e desclassificação

Além do retorno de Zuluzinho, derrotado no main event, o Imortal FC 9 protagonizou um polêmico confronto que terminou em “No Contest” (sem resultado). O maranhense Walter “Aires” Neto e o paranaense João “Alicate” Elias se enfrentaram na categoria peso-mosca, em combate que terminou com uma briga entre os lutadores dentro do cage. O fato ocasionou a interrupção do duelo e, consequentemente, a desclassificação de ambos.

O confronto ainda estava no primeiro round, mais precisamente com 3 minutos e 19 segundos de luta. Neste momento, Walter Neto tentava aplicar uma chave de perna em seu oponente, quando o árbitro interveio para que João Elias fosse avaliado pelos médicos por conta de um corte no rosto. O juiz central olhou para a direção contrária e, neste momento, “Alicate”, aparentemente, provocou seu adversário e conectou um cruzado de esquerda. “Aires” ficou irritado e os dois atletas começaram a trocar socos. O árbitro tentou separar, mas Walter Aires ainda acertou dois chutes que pegaram no rosto de “Alicate”. A partir disso, outras pessoas entraram no cage e separaram a confusão entre os lutadores.

Confira a briga abaixo:

https://platform.twitter.com/widgets.js


Source: Tatame

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *