Dos Anjos agradece apoio, promete voltar mais forte e diz: ‘No final o bem sempre vence’

Dos Anjos (foto) promete voltar ao UFC ‘mais forte’ (Foto: Reprodução/Facebook/UFC)

Rafael Anjos esteve perto de fazer história no último sábado (09) ao se tornar o primeiro brasileiro campeão em duas categorias do UFC. Mas o revés diante de Colby Covington, na decisão unânime dos juízes, frustrou o desejo do lutador. Apesar do objetivo adiado, RDA já mira em recomeçar a caminhada rumo ao título dos meio-médios (até 77,1kg).

Veja Também

Ex-TUF Brasil será segurança de Cristiano Ronaldo na Copa Mundo

Esparza reclama de revés para Claudinha e dispara: ‘É uma trapaceira’

Dana White planeja super luta de Jon Jones contra Brock Lesnar

Através de uma longa postagem em sua conta no Instagram, Rafael agradeceu o carinho dos fãs e prometeu voltar ao octógono mais forte.

“Agora é rever o que não deu certo, trabalhar e recomeçar o caminho rumo ao topo… O mal pode vencer o bem em alguns momentos da vida, mas no final, o bem sempre vence”. escreveu RDA.

Confira abaixo a publicação de Rafael dos Anjos

“Queria agradecer o apoio e o carinho de vocês. Desde sábado tenho recebido muitas mensagens e isso não tem preço. Sempre fui um cara muito competitivo, e confesso que nunca soube lidar direito com a derrota. Dei o meu máximo lá dentro, tive o apoio dos melhores treinadores que eu poderia ter. O resultado não veio a nosso favor, mas nada me fará desistir. Sou um cara movido a desafios e esse é apenas mais um. Em 2014, depois da luta com o Khabib, trabalhei dobrado, mantive o foco e, com a graça de Deus, me tornei campeão 11 meses depois daquela derrota. Dessa vez não vai ser diferente.
Cheguei a essa disputa de cinturão interino depois de apenas três lutas nos meio-médios. Mal comecei meu caminho nesse peso, sei do meu potencial e sei aonde vou chegar. Não vou desistir dos meus objetivos por conta do primeiro percalço nessa divisão. Agora é rever o que não deu certo, trabalhar e recomeçar o caminho rumo ao topo. Deus sabe de todas as coisas. O mal pode vencer o bem em alguns momentos da vida, mas no final, o bem sempre vence. Você pode perder a batalha, mas nunca a guerra. Graças a Deus tenho os melhores amigos e a melhor família do mundo. Voltarei em breve mais forte do que nunca. Pode apostar”!