Valentina Shevchenko provoca a campeã Nicco Montaño: ‘Lute ou abra mão do cinturão’

V. Shevchenko afirmou que vai esperar a campeã voltar a lutar. (Foto: Reprodução/Facebook Valentina Shevchenko)

Cinco meses após conquistar o título de campeã peso mosca, Nicco Montaño  ainda não voltou a treinar devido a problemas médicos. Essa licença está deixando a possível desafiante, Valentina Shevchenko sem paciência. A primeira disputa de cinturão de Nicco seria no UFC Calgary, Canadá no dia 28 de julho.

Em entrevista ao programa “MMA Hour”, Shevchenko afirmou que a campeã precisa decidir se luta, ou se deixa o cinturão vago. “Ainda não chegamos ao ponto de ela ter o cinturão retirado, mas acho que essa seria a coisa mais certa a se fazer. Se você não está pronto para lutar, ou se não quer lutar, abra mão do cinturão. Se você tem problemas de saúde, e que não vai poder lutar por muito tempo, tem que deixar o cinturão, e assim que voltar, terá o direito de lutar por ele novamente. Ou você luta para defendê-lo, ou desiste ele”, explicou.

Veja Também

Saiba em quem apostar no card principal do UFC Liverpool

Segundo a quirguistanesa, o UFC ofereceu duas datas a Nicco: 07 e 28 e julho. A campeã aceitou, mas depois voltou atrás. Valentina acredita que Montaño estará de volta ao octógono até o fim de agosto. “Primeiro Nicco disse que estaria pronta para lutar no UFC 226, dia 7 de julho. Depois ofereceram o dia 28 de julho, e ela recusou novamente. Eu não sei o que ela está pensando. Talvez ache que já fez tudo o que poderia fazer na vida e já pode se aposentar.”, disse.

Valentina ainda alfinetou a atual campeã peso mosca: “Ela não pode correr para sempre. Em algum momento ela terá que parar. Estou aqui para fazer o meu trabalho, nunca paro de treinar e estou sempre em forma. Vou esperar a minha chance e ver como as coisas vão acontecer”.

Shevchenko supõe que a demora a voltar a lutar é uma estratégia para evitá-la. O que faria que a quirguistanesa pedisse outra oponente. No entanto, ela garante que isso não vai ocorrer.

Source: Portal da Luta

Roy Nelson é o reserva no GP do Bellator e sonha com luta contra Fedor Emelianenko: “luta dos sonhos”

R. Nelson quer revanche contra M. Mitrione. (Foto: Reprodução/Fecabook BellatorMMA

Após da saída do Bellator 200, devido a lesão de Mirko Cro Cop, Roy “Big Country” tornou-se o reserva oficial do GP dos pesos pesados da organização. Segundo o presidente do Bellator, Scott Coker: “Roy é o cara agora. Ele vai avançar no torneio, se alguém não pode fazer isso”.

Veja Também

Após lesão de Cro Cop, Roy Nelson também está fora do Bellator 200

Lesionado, Mirko ‘Cro Cop’ é afastado da luta contra Roy Nelson no Bellator 200

A luta entre Mirko Cro Cop e Roy Nelson servia como uma para encontrar um lutador reserva para o ‘mata-mata’ da categoria. Roy vem de derrota por decisão para Matt Mitrione nas quartas de final. Com o revés, “Big Country” foi para a ‘repescagem’ com “Cro Cop”.

Em entrevista ao MMA Fighting, Nelson afirmou que ficaria feliz em voltar para o torneio ou também se pudesse enfrentar o vencedor do GP dos pesos pesados. “O torneio é interessante. Se alguém sair, eu entro. Se não, eu vou esperar e lutar com o campeão do GP”, afirmou.

O norte-americano quer uma revanche com Matt Mitrione, pois considera o único lutador que gostaria de enfrentar no momento. Roy Nelson ainda revelou o desejo de lutar com Fedor Emelianenko. “A única coisa que desejo depois de enfrentar Mitrione, seria uma lua com Fedor. Seria a “luta dos sonhos”, contou Nelson.

 

Source: Portal da Luta

Dana White vai resolver o futuro de Conor McGregor em Liverpool

McGregor volta ao tribunal de Nova York em 14 de junho (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)

Durante o ‘Media Day’ do UFC 223, no início de abril, o irlandês Conor McGregor invadiu o evento em busca de Khabib Nurmagomedov. Na chegado do ônibus que levava os atletas do card, McGregor arremessou grades de segurança contra o veículo. A agressão acabou ferindo alguns lutadores. Em entrevista para o programa SportsCenter na ESPN, presidente do UFC, Dana White disse que discutirá o futuro do campeão neste fim de semana em Liverpool.

O presidente do Ultimate vai estar na cidade devido ao UFC Liverpool que ocorre no domingo (27) às 10h30min (horário de Brasília). A luta principal é entre Darren Till e Stephen Thompson.

Veja Também

McGregor invade Média Day do UFC 223 em busca de Khabib, ataca ônibus com lutadores e fere Chiesa

Após confusão, Polícia de Nova York está a procura de Conor McGregor

Saiba em quem apostar no card principal do UFC Liverpool

Sobre a situação do lutador irlandês no UFC, White disse:  “Vamos nos sentar e conversar sobre o futuro dele”.

Após a confusão do UFC 223, McGregor foi preso pelo Departamento de Polícia de Nova York e ainda tem que enfrentar questões legais. Conor responde a três acusações de agressão e ataque e um de danos criminais. O lutador deve retornar ao tribunal de Nova York no dia 14 de junho.

Embora White admita que pretende falar sobre o futuro de McGregor durante na reunião, ele também disse que a situação legal é um obstáculo substancial que deve ser resolvido antes que qualquer plano de luta formal seja feito.

“Obviamente, ele tem que lidar com [sua situação legal] em junho. Não tenho nada a ver com as questões legais, ele precisa resolve isso sozinho”, afirmou o presidente do UFC.

O lutador irlandês teve sua última luta pelo Ultimate contra Eddie Alvarez no UFC 205 no Madison Square Garden em novembro de 2016. Já em agosto de 2017, McGregor perdeu uma luta de boxe contra Floyd Mayweather em Las Vegas.

 

Source: Portal da Luta

Thompson ganha "aula de futebol" de McCann, ex-jogadora do Everton

A cidade de Liverpool está ansiosa para o jogo do time local contra o Real Madrid na Champions League. Mas a lutadora nascida na cidade, Molly McCann, aproveitou a oportunidade para ensinar aos colegas lutadores a apreciarem o rival, Everton, da British Premier League. Ex-jogadora de futebol, McCann levou o protagonista do Fight Night Liverpool, Stephen Thompson, e Manny Bermudez em uma excursão pelo Goodison Park, com a ajuda da equipe experiente e atenciosa do Everton.”É menos como um estádio e mais como uma catedral”, explicou o Gerente de Relaç&otild … Read the Full Article Here
Source: UFC

UFC confirma Cub Swanson x Renato Moicano em agosto

Renato “Moicano” pediu e conseguiu! O peso-pena brasileiro foi escalado para enfrentar Cub Swanson no card do UFC 227, que acontece em 4 de agosto em Los Angeles (EUA). Dono de um cartel 12-1-1, Moicano chega ao Octógono após vitória sobre Calvin Kattar no UFC 223. Já o veterano Swanson (25-8) se encontra em uma sequência de derrotas em combates duríssimos contra Brian Ortega e Frankie Edgar. O UFC 227 será liderado pela revanche entre o campeão TJ Dillashaw e o desafiante Cody Garbrandt, valendo o título peso-galo. Confira o … Read the Full Article Here
Source: UFC

Georges St. Pierre recusa luta contra Nate Diaz: ‘Não vale a pena’

GSP recusa luta contra Diaz (Foto: Reprodução/Twitter GeorgesSt.Pierre)UFC

O retorno de Georges St. Pierre ao octógono deve demorar mais um pouco para acontecer. Depois de Dana White, presidente da organização, revelar que o acordo para o canadense enfrentar Nate Diaz no UFC 227 estava próximo, o lutador rechaçou a possibilidade. O ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg.) e médios (até 84kg.) garantiu que o duelo não está nos planos.

Veja Também

Werdum quebra silêncio e fala sobre o doping e promete ‘esclarecer mal entendido’

Vídeo: Luke Rockhold sofre lesão e está fora do UFC 227

GSP, que subiu no octógono pela última vez em outubro do ano passado, quando derrotou Michael Bisping e conquistou o cinturão dos médios, afirmou que não vê vantagem em aceitar o combate e encarar Diaz, atleta que fez sua carreira predominantemente no peso leve (até 70,3 kg.).

“Completei 37 anos alguns dias atrás (19 de maio). Pelo que me resta, quero fazer uma grande luta, uma luta que os fãs querem ver. Pessoalmente, quero coisas únicas, raras, que nunca foram tentadas antes. Seria algo que me motivaria. Eles me ofereceram o Nate Diaz, agora. Havia um rumor, eles disseram que era negócio fechado. Não da minha parte. E não acho que da dele também. Nate Diaz é um lutador incrível, muito completo. Entretanto, se você se colocar no meu lugar, não há nada bom para mim, exceto o dinheiro, que não é a única coisa que me guia”, afirmou St. Pierre, em entrevista ao podcast “The Joe Rogan Experience”.

“Se eu vencer Nate Diaz, muitas pessoas vão dizer: ‘Ah, ele pegou uma luta fácil’. Diaz é quase da minha altura, mas por eu ter lutado no meio-médio a maior parte da minha carreira (e Diaz nos leves), isso vai me fazer parecer ruim”, completou.

A ideia do Ultimate era agendar o retorno de Georges St. Pierre e Nate Diaz. último algoz de de Conor McGregor, em uma superluta no UFC 227, dia 4 de agosto, em Los Angeles (EUA). Uma das possibilidade para encarar GSP no combate seria Anderson Silva, já que o duelo entre eles foi bastante especulado na última década. Porém, o Spider está suspenso por doping e ainda não tem previsão de quando poderá voltar a lutar.

Source: Portal da Luta

UFC Liverpool: confira o prognóstico do Oddsshark para Stephen Thompson x Darren Till

Se você é fã de golpes impressionantes, não deixe de assistir ao UFC Fight Night 130, que será realizado na noite do próximo sábado (26), na Echo Arena, em Liverpool (ING). A luta principal do evento reunirá o norte-americano Stephen Thompson e o “lutador da casa” Darren Till, em um combate na categoria dos meio-médios. De cara, podemos dizer que se trata de uma disputada das mais equilibradas, em termos de apostas, nos últimos tempos. Sorte a sua que o Oddsshark.com está aqui para guiá-lo ao melhor palpite, assim como foi nas últimas edições do Ultimate.

UFC FIGHT NIGHT 130: STEPHEN THOMPSON X DARREN TILL

Thompson é um mestre de karatê com faixa preta de sexto grau em Kempo e famoso por nocautes eletrizantes. Por outro lado, Till está invicto e vem subindo rapidamente na divisão, mantendo assim seu posto de mestre em Muay Thai. Alguns fãs temem que o UFC esteja promovendo o inglês muito rápido, mas ele provavelmente irá mostrar que merece estar no octógono junto aos melhores lutadores do mundo.

CONSIDERAÇÕES SOBRE STEPHEN THOMPSON

Stephen Thompson chegou o mais perto possível do título dos meio-médios do UFC. Ele ficou no empate em uma guerra com Tyron Woodley, em 2016, e perdeu uma decisão unânime, no ano seguinte, em uma luta tão equilibrada quanto a primeira. Após sua segunda disputa de cinturão, é quase improvável que ele tenha outra chance, a menos que ele corra por toda a divisão.

O norte-americano obteve um promissor recomeço ao derrotar Jorge Masvidal, no final de 2017. Masvidal é considerado um dos melhores pugilistas da divisão, mas não conseguiu resolver o “quebra-cabeça” que é “Wonderboy”. Apesar de quebrar os polegares, no início do combate, Thompson superou o compatriota de pés para provar que é um atacante de elite.

O QUE ESPERAR DE THOMPSON CONTRA TILL

Os movimentos e chutes de Stephen Thompson serão seu maior trunfo no confronto contra Darren Till. Os chutes laterais poderão ​​para manter o inglês à distância, o que certamente irá neutralizar seus ataques. Os primeiros rounds, provavelmente, serão menos agitados, já que Thompson analisa bem seu oponente.

Porém, sua estratégia será puxar Till para “águas profundas” e esperar por um erro, principalmente quando o cansaço se fizer presente. “Wonderboy” é um tipo de adversário com o qual qualquer lutador não pode cometer um erro técnico sequer. Quem ousar ir com sede demais ao pote contra o americano, encontrará um contra-ataque de sua mão esquerda como um pistão em seu queixo. Assim como quem ficar parado por muito tempo terá a cabeça chutada para outra dimensão.

DARREN TILL: UM SUPERSTAR EM FORMAÇÃO

Darren Till está no caminho certo para se tornar uma estrela do Ultimate. Em sua última luta, a fera do Muay Thai despachou Donald Cerrone, logo no assalto inicial, em seu primeiro evento principal (UFC Fight Night 118). Apesar do inquestionável domínio, ainda restam dúvidas sobre o fato de Till estar pronto para Stephen Thompson, já que foi a terceira derrota consecutiva de Cerrone.

A realidade é que o inglês é um excelente meio-médio e que conta como principais armas o poder e a velocidade de seus punhos, além de também ser mortal no clinch e cansar os oponentes rapidamente. Dez de suas 16 vitórias vieram por nocaute.

O CAMINHO DE TILL PARA SURPREENDER THOMPSON

A chave para a vitória de Darren Till, no sábado (23), será fechar a distância com segurança contra o Thompson. “Wonderboy” é um mestre em evitar aproximações, mas já vimos Till superar tais retrancas. O inglês dispõe de possibilidades de cotoveladas e habilidades de boxe no Muay Thai que podem dominar o contra-ataque do norte-americano.

PANORAMA DAS APOSTAS ONLINE

De acordo com o Oddsshark.com, há um raro empate nas cotas pagas tanto na vitória de Darren Till como na de Stephen Thompson: retorno de R$ 1,87por R$ 1 aplicado.

PALPITE

Se essa luta se transformar em um desafio de kickboxing, é bem difícil apostar contra Stephen Thompson. Ele leva o status de melhor atacante do UFC e conta com um currículo impressionante, com vitórias sobre Robert Whittaker, Johny Hendricks e Rory MacDonald. Enquanto puder manter distância e frustrar Till com seus chutes mortais, Thompson deve levar vantagem.

Enquanto o “visitante” parece a escolha mais lógica, com base em evidências passadas, não se surpreenda se Darren Till vencer. Nós não sabemos exatamente o que ele pode fazer, pois ainda não enfrentou desafiantes de alto gabarito. Mas uma coisa é certa: estamos diante de um talento nato. Apesar de o inglês ter um belo caminho pela frente, arriscaria a aposta em Stephen Thompson.

 

O post UFC Liverpool: confira o prognóstico do Oddsshark para Stephen Thompson x Darren Till apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Golpes plásticos e nocautes incríveis: assista ao ‘melhor’ de Michael Page às vésperas do Bellator 200

Sem lutar no MMA profissional desde novembro de 2016, Michael Page volta a entrar em ação pelo Bellator na próxima sexta-feira (25), na edição 200 da organização, em Londres. Invicto na modalidade, com 12 vitórias, o inglês impressiona por seu estilo ousado nas lutas, pelos golpes plásticos aplicados nos oponentes e, obviamente pelos belos nocautes. Lutando em casa, “MVP” promete mais um show, agora diante do duro David Rickels.

Veja os melhores momentos de Michael Page pelo Bellator: 

Source: Tatame

Saiba em quem apostar no card principal do UFC Liverpool

Eric Spicely x Darren Stewart duelam no UFC Liverpool. Foto: Montagem SL

Na madrugada de sábado para domingo (27), os entusiastas do MMA voltarão suas atenções para Liverpool, onde acontece o UFC Fight Night Liverpool, que terá como atração principal o combate entre os meio-médios Darren Til e Stephen “Wonderboy”Thompson. No entanto, antes do lutador local subir ao octógono para encarar o norte-americano, teremos outros 11 combates no primeiro evento do UFC na terra dos Beatles, e cada um deles será uma nova oportunidade para você faturar.

Nesta primeira abordagem do evento britânico, traremos as análises das lutas entre os médios Eric Spicely e Darren Stewart, os pesos-galo Davey Grant e Manny Bermudez, e os pesos-pena Jason Knight e Makwan Amirkhani, responsáveis pela abertura dos trabalhos no card principal.

Confira a seguir os prognósticos e faça suas apostas.

Eric Spicely x Darren Stewart

Lutando em seu país, o peso-médio Darren Stewart espera enfim vencer pela primeira vez no UFC. Grande revelação do Cage Warriors, onde construiu um cartel invicto de sete lutas, ele ainda não disse a que veio na franquia de Dana White. A estreia foi no Brasil, onde nocauteou Francimar Barroso em novembro de 2016, mas o resultado foi contestado pela aplicação de um golpe ilegal. O tira-teima aconteceu quatro meses depois, em Londres, e o brasileiro venceu por decisão unânime. Em seus compromissos seguintes, Stewart foi finalizado por Karl Roberson e Julian Marquez, e caso volte a perder em Liverpool poderá colocar em xeque seu futuro profissional.

A situação de Eric Spicely não é muito melhor. O norte-americano já obteve alguns bons resultados no UFC, como as vitórias sobre Thiago Marreta e Alessio Di Chirico, mas fechou 2017 com revéses diante de Antônio Cara de Sapato e Gerald Meerschaert, e a exemplo de seu rival, precisa voltar a vencer para não ser dispensado pela franquia.

A tendência é que Stewart busque o nocaute, mas Spicely, que é um especialista na luta de chão, tentará reduzir seus espaços. O favoritismo é do norte-americano.

Segundo o Oddsshark.com, a vitória de Erix Spicely está cotada em R$ 1,51/R$ 1,00, mas se Darren Stewart fizer a alegria da torcida local, o apostador embolsará R$ 2,55 por cada real apostado.

Davey Grant x Manny Bermudez

O peso-galo Davey Grant foi mais um inglês que surgiu como grande promessa, mas só conseguiu subir ao octógono mais duas vezes depois de chegar à final do TUF, em 2013, devido a uma série de lesões. A primeira foi uma vitória decisiva sobre Marlon Vera em 2016, e a segunda, uma perda por submissão para Damian Stasiak sete meses depois.

Manny Bermudez, por sua vez, brilhou no Cage Titans com um cartel invicto de 10 lutas, e estreou em fevereiro no UFC finalizando Albert Morales no segundo round. Ao contrário do rival, o norte-americano tem se mantido bastante ativo nos últimos anos, e lutou oito vezes de janeiro de 2016 para cá.

O combate deve ser bastante estudado, com os dois lutadores buscando uma brecha para levar o adversário ao chão. Ambos venceram a maior parte de suas lutas por finalização. Atravessando um momento mais favorável, Bermudez é o mais cotado para vencer, proporcionando um rendimento de 40%. Caso Grant obtenha seu primeiro triunfo em dois anos, cada real investido retornará R$ 2,70.

Jason Knight x Makwan Amirkhani

Muito querido pela torcida, o peso-pena Jason Knight lutará pela primeira vez no continente europeu desesperado para voltar a vencer após dois revéses consecutivos. O norte-americano sucumbiu diante de Ricardo Lamas e Gabriel Benitez, dois dos melhores lutadores da divisão, mas segue com um cartel bastante respeitável: 20 vitórias e quatro derrotas.

Makwan Amirkhani fará seu retorno ao octógono após pouco mais de um ano de inatividade. Em sua última luta, no UFC Fight Night: Manuwa vs. Anderson, em Londres, perdeu por decisão divida para Arnold Allen, mas antes vinha de uma série invicta de quatro combates, e ganhou o prêmio de “Performance da noite” na vitória sobre Mike Wilkinsson. Seu cartel é de 13 vitórias e três derrotas.

Amirkhani tentará tirar proveito do estilo mais agressivo, e por vezes imprudente, de Knight para levar a luta para o chão, onde tende a se sair melhor. Dentro de suas características, o norte-americano buscará causar danos ao adversário nos instantes iniciais, para em seguida tentar um nocaute ou finalização.

Jason Knight é o favorito, e de acordo com o Oddsshark.com tem a vitória cotada em R$ 1,63/R$ 1,00, contra os R$ 2,29 sobre cada real apostado oferecidos por um triunfo de Makwan Amirkhani.

UFC Liverpool

Card Principal

  • Peso meio-médio: (R$ 1,59) Stephen Thompson x Darren Til (R$ 2,37)
  • Peso meio-médio: (R$ 1,18) Neil Magny x Craig White (R$ 4,75)
  • Peso pena: (R$ 1,36) Arnold Allen x Mads Burnell (R$ 3,20)
  • Peso pena: (R$ 1,63) Jason Knight x Makwan Amirkhani (R$ 2,29)
  • Peso galo: (R$ 2,70) Davey Grant x Manny Bermudez (R$ 1,40)
  • Peso médio: (R$ 1,51) Eric Spicely x Darren Stewart (R$ 2,55)

Card Preliminar

  • Peso meio-médio: (R$ 3,05) Cláudio Hannibal x Nordine Taleb (R$ 1,31)
  • Peso médio: (R$ 2,66) Dan Kelly x Tom Breese (R$ 1,44)
  • Peso meio-médio: (R$ 2,60) Brad Scott x Carlo Pedersoli Jr. (R$ 1,48)
  • Peso mosca: (R$ 2,90) Gillian Robertson x Molly McCann (R$ 1,37)
  • Peso médio: (R$ 1,25) Elias Theodorou x Trevor Smith (R$ 3,78)
  • Peso galo: (R$ 2,38) Gina Mazany x Lina Länsberg (R$ 1,54)

Source: Portal da Luta