Frankie Edgar é o próximo na fila para disputar o título do peso pena

F. Edgar vem de uma derrota para B. Ortega e uma vitória contra C. Swanson (Foto: Reprodução / Instagram Frankie Edgar)

Inicialmente, o título do peso pena seria disputado entre Frankie Edgar e Max Holloway durante o UFC 222 em março. A luta foi adiada, pois Holloway sofreu lesão e foi substituído por Brian Ortega. Edgar foi nocauteado ainda no primeiro round. Com a derrota, Edgar perdeu a chance de lutar pelo cinturão. No UFC 226, em Las Vegas durante o feriado de 7 de julho, Ortega disputa o título de campeão do peso pena com Holloway.

Veja Também

Frankie Edgar lutou contra Cub Swanson após a morte do pai

Georges St-Pierre enfrenta Nate Diaz no UFC 227

O UFC 224: Saiba porque apostar nos brasileiros no card preliminar

Buscando a recuperação, Frankie encarou Cub Swanson em abril e venceu por decisão unânime. Com o bom desempenho, o presidente do UFC, Dana White confirmou em seu podcast que Edgar é o próximo desafiante ao cinturão, mas também pode ser chamado se Holloway ou Ortega tiveram que sair do UFC 226.

“Se você olhar para Frankie Edgar agora, o cara está em terceiro lugar no mundo. Ele ainda está lá, e você sabe como isso acontece neste negócio. Ortega é o próximo (desafiante), mas imagine se algo acontecer com esses caras e Frankie ficar em forma, ele poderia mergulhar lá para uma chance pelo título. Você nunca sabe o que vai acontecer”, disse White.

Frankie Edgar de 36 anos é ex-campeão peso leve do UFC e está no MMA desde 2005 tem um cartel de 29 lutas, com 22 vitórias e seis derrotas.

Source: Portal da Luta

UFC 224: Jacaré ovacionado e Amanda sente calor da torcida no Treino Aberto

Quarta-feira é o dia que abre as atividades oficiais da semana de luta do UFC, e desta vez o Treino Aberto foi o pontapé inicial para o aquecimento para o UFC 224. Foi nele que sete das estrelas do evento que acontece na Cidade Maravilhosa tiveram a chance de mostrar uma prévia do que vai acontecer neste sábado (12) e interagir com os fãs, como foi o caso do Fenômeno Vitor Belfort. Depois de se apresentar, sempre vigiado de perto pela cachorra Zênia, o atleta pediu o microfone para fazer uma rápida sessão de quiz com os fãs. … Read the Full Article Here
Source: UFC

Comandante geral da PM do Rio pede para que tropa e sociedade se inspirem em atletas de projeto social

Na última semana de abril, jovens atletas do Geração UPP – projeto social que leva jiu-jitsu e outras artes marciais a jovens de comunidades cariocas através de policiais – faturaram dois troféus por equipe e 73 medalhas no maior e mais disputado torneio da modalidade em todo o mundo, o Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), realizado em Barueri, na Grande São Paulo. Nessa segunda-feira, alunos e professores da equipe foram recebidos pela alta cúpula da Polícia Militar do Rio de Janeiro na sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) para uma homenagem ao trabalho bem-sucedido.

Comandante geral da PM, o Coronel Luís Claudio Laviano recebeu os homenageados, entregou certificados e discursou orgulhoso do trabalho desenvolvido pelos policiais instrutores e da dedicação dos jovens atletas.

“Nós somos 44 mil policiais na ativa, mais 26 mil policiais na inatividade, e isso dá um ânimo muito grande, ressalta muito essa importância e faz com que a gente veja que é possível, que a gente tem como reverter. Temos que acreditar, continuar trabalhado, continuar combatendo e acreditando que é possível, que nós vamos conseguir dar a volta por cima, vamos conseguir trazer o estado de paz para o nosso Rio de Janeiro, trazer bons frutos, aquecer a economia com turismo, com indústrias, com todo mundo participando e vendo que é possível, é só acreditar e colaborar”, destaca. “Vamos ter força, vamos continuar lutando e vamos ter o mesmo espírito guerreiro que os nossos lutadores demonstram”.

Projeto nascido em 2010 numa parceria entre Legião da Boa Vontade, Super Rádio Brasil, Prime Esportes e Governo do Estado o Geração UPP, além de dar uma opção de caminho para os jovens, também tem o papel de estreitar os laços entre policiais e moradores de comunidades.

Coronel Laviano parabenizou jovens atletas pessoalmente em ato na sede do BOPE – Foto: Leonardo Fabri

“Isso mostra para a sociedade que debaixo da farda existe um ser humano. Somos policiais militares, mas somos humanos, participamos da mesma sociedade, temos as mesmas angústias, os mesmos sentimentos que qualquer cidadão tem. Estar aqui com essas crianças renova o nosso espírito”, ressala Laviano. “É um momento importante para a Polícia Militar? É! Mas é um momento importante para a sociedade ter conhecimento do que é possível fazer com a Polícia Militar e com parceiros que estão realmente voltados para essa ação de resgate”.

Personalidades da luta marcaram presença

Padrinhos e entusiastas do Geração UPP, personalidades do mundo da luta também prestigiaram o ato em homenagem ao projeto. Além dos respeitadíssimos mestres Pedro Rizzo e Rogério Camões, os lutadores do UFC Alan Nuguette e Luís Henrique KLB também marcaram presença. Faixa-preta de Jiu-Jitsu, KLB exaltou a importância da ação.

“A polícia ter uma imagem de mestre para uma criança é muito importante, não estar ali apenas como um policial que vai defendê-lo, mas ser um espelho para a criança, um mestre, um professor”, explica. “Eu tive um espelho, que foi meu professor, o Daniel Cabral. Quando eu era criança eu vivia na rua, era brigão, agressivo e todo mundo dizia que ‘vai ser coisa ruim’. Mas o esporte mudou a minha vida como vai mudar a vida de outras crianças. Eles, já pequenos, viajam para disputar campeonatos, coisa que eu não tive, e isso vai inspirar ainda mais eles”.

O post Comandante geral da PM do Rio pede para que tropa e sociedade se inspirem em atletas de projeto social apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Capoeira e Cristiano Marcello analisam luta contra Strickland e pregam tranquilidade quanto à sequência

Sem muita badalação, Elizeu Capoeira chega no UFC Rio com quatro vitórias consecutivas e três bônus da noite na bagagem. Apesar dos números impressionantes, o meio-médio da CM System está escalado para enfrentar um adversário que, assim como ele, não está presente no ranking da categoria. O alvo da vez é o norte-americano Sean Strickland, que vem de quatro vitórias em cinco lutas.

“É um cara que tem uma envergadura boa, não é um cara agressivo, mas mantém um certo ritmo devido a não ter essa contundência. Pelo que eu vejo, é um cara que gosta de pontuar, é muito competitivo, e é completo, bom no chão, bom de quedas. Mas ele tem muitas brechas e a gente trabalhou o melhor possível em cima desses defeitos dele”, analisou o brasileiro, que mostrou tranquilidade quanto à suposta demora para enfrentar os grandes nomes da divisão.

Quem também analisou o assunto com bastante tranquilidade foi o treinador de Elizeu Capoeira. E mais, para Cristiano Marcello, o fato de Capoeira não estar entre as grandes apostas do público em geral evita uma pressão desnecessária.

“Eu sei aonde o Elizeu vai chegar”, afirma. “Tudo tem a sua hora. Vai chegar a hora que o UFC não vai ter como não colocá-lo com um ranqueado, e o mais importante disso é que ele não tem a ‘supervalorização’, que é o que acontece quando os atletas brasileiros explodem, não só pela mídia, mas também pelos fãs. Ele é uma realidade, não vai ter aquela coisa de ele vir meteoricamente e, do mesmo jeito que sobe, desce. Quando ele explodir, é porque ele realmente teve solidez, pelo caminho traçado, não só pela questão de vender. Não adianta você ser midiático se você não tiver um produto bom para vender, não vai ser duradouro”.

UFC 224

Rio de Janeiro-RJ

Sábado, 12 de maio de 2018

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):

Peso-galo: Amanda Nunes x Raquel Pennington
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum
Peso-palha: Mackenzie Dern x Amanda Cooper
Peso-galo: John Lineker x Brian Kelleher
Peso-médio: Vitor Belfort x Lyoto Machida

CARD PRELIMINAR (a partir de 19h15, horário de Brasília):
Peso-médio: Cézar Mutante x Karl Roberson
Peso-pesado: Alexey Oleynik x Júnior Albini
Peso-leve: Davi Ramos x Nick Hein
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Sean Strickland
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Sultan Aliev
Peso-médio: Thales Leites x Jack Hermansson
Peso-meio-médio: Alberto Miná x Ramazan Emeev
Peso-médio: Markus Maluko x James Bochnovic

O post Capoeira e Cristiano Marcello analisam luta contra Strickland e pregam tranquilidade quanto à sequência apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Dana White negocia retorno de GSP em categoria inédita para o canadense

Foto: Dave Mandel

Georges St Pierre reinou durante muito tempo entre os meio-médios, e no ano passado saiu da aposentadoria para conquistar o cinturão dos médios ao derrotar Michael Bisping. O canadense, no entanto, ficou sem o título por não defende-lo.

Mas Dana White garantiu que negocia com GSP para um retorno em agosto, no UFC 227, em Los Angeles. Seu adversário deve ser Nate Diaz. A revelação foi feita pelo próprio dirigente no programa “UFC Unfiltered”, e ele revelou um detalhe surpreendente: o combate seria na divisão dos leves, categoria em que o canadense nunca atuou.

Dana confirmou ainda que negocia um combate entre Alexander Gustafsson e Luke Rockhold, que estreará entre os meio-pesados, nesta mesma noite.

O evento acontecerá no dia 04 de agosto, e terá como luta principal TJ Dillashaw e Cody Garbrandt se enfrentando pelo cinturão dos galos. Outro combate confirmado para o show é entre Antonio “Cara de Sapato” e Derek Brunson.

O post Dana White negocia retorno de GSP em categoria inédita para o canadense apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Tem negócio bom! Oddsshark esmiúça as oportunidades de apostas no card preliminar do UFC 224

Warlley Alves estará em ação no UFC Rio – Foto: Gleidson Venga

Chegou a hora de falarmos sobre os coadjuvantes, dos 16 lutadores que formarão o card preliminar do UFC 224, o UFC Rio 9, que acontecerá na Jeunesse Arena, quando o grande evento da noite será o combate entre Amanda Nunes e Raquel Pennington. Porém, o assunto deste artigo são as lutas que antecedem o card principal, quando você conta com as cotações do Oddsshark.com para os quatro primeiros confrontos.

WARLLEY ALVES X SULTAN ALIEV

Warlley Alves (11-2) parecia pronto para fazer valer seu potencial com quatro vitórias consecutivas no UFC. Porém, as fortes perdas para Bryan Barberena e Kamaru Usman abrandaram o ritmo, apesar de ter derrotado o polonês Salim Touahri em sua última aparição no octógono.

Por outro lado, uma controversa derrota por decisão dividida para Doug Marshall levou Sultan Aliev (14-2) a sair do Bellator e nocautear quatro adversários diretos a caminho do UFC. Dez de suas vitórias profissionais nas artes marciais mistas (MMA) vieram por nocaute.

Alves não avançou na carreira como se esperava, mas sua capacidade atlética e sua guilhotina impiedosa fazem dele um lutador perigoso para qualquer um na divisão. A chave será como Warlley responderá às quedas de Aliev, já que as duas derrotas brasileiras do UFC vieram contra fortes lutadores.

Palpite: Alves ganhará por finalização no primeiro round.

Odds: (R$ 1,40) Warlley Alves x Sultan Aliev (R$ 2,95)

THALES LEITES X JACK HERMANSSON

Após derrotas bruscas contra Anderson Silva, Alessio Sakara e Matt Horwich, Thales Leites (27-8) lutou para voltar ao UFC e imediatamente conseguiu cinco vitórias seguidas. Ele já lutou para manter essa consistência, no entanto, perdendo quatro dos seus últimos seis confrontos. Quinze de suas 19 vitórias foram por finalização, sendo oito delas com triângulo de braço.

Jack Hermansson (16-5) passou do destaque europeu para o UFC, com triunfos em três de suas primeiras quatro lutas no octógono, entre elas as derrotas de Alex Nicholson e Brad Scott. O poder de Thiago Santos foi demais para o “The Joker”, já que “Marreta” o eliminou nos segundos finais do primeiro round.

Estilisticamente, Leites terá problemas “The Joker”, quando seu jiu-jitsu não será um fator importante. Desde que a confiança de Hermansson não tenha sido quebrada pelo fracasso contra Santos, ele é o grande favorito para alcançar a vitória.

Palpite: Hermansson por decisão unânime.

Cotações do Oddsshark.com: (R$ 2,30) Thales Leites x Jack Hermansson (R$ 1,62)

ALBERTO MINA X RAMAZAN EMEEV

As aparições do UFC para Alberto Mina (13 a 0) foram escassas, mas divertidas. Lutando uma vez em 2014, 2015 e 2016, o outro “Soldado de Deus” marcou nocautes brutais de Shinsho Anzai e Mike Pyle, apertando uma decisão muito superficial sobre Yoshihiro Akiyama em Seul.

No caso de Ramazan Emeev (16-3), ele entrou no UFC com triunfos em 12 de suas 13 lutas anteriores, caindo apenas para Vyacheslav Vasilevsky em uma perda que ele vingou sete meses depois. “Gorets” foi originalmente criado para lutar contra Trevor Smith, em Gdansk, mas enfrentou e derrotou Sam Alvey. Esta será sua estreia na divisão dos meio-médios.

Mina desacelerou muito quando foi forçado a passar de dois rounds. Logo, o estilo de moagem de Emeev parece bem adequado para minar sua energia, quando ele espera sobreviver a uma blitz inicial para sufocar Alberto Mina. A previsão é que Ramazan ganhe por decisão unânime.

Odds: (R$ 2,60) Alberto Mina x Ramazan Emeev (R$ 1,50)

MARKUS PEREZ X JAMES BOCHNOVIC

Markus Perez (9-1) finalizou sobre Ian Heinisch para ganhar o título LFA dos pesos médios, depois de ter batido os veteranos do UFC Paulo Thiago e Ildemar Alcantara nos combates anteriores. Três meses depois, “Maluko” subiu rapidamente para enfrentar Eryk Anders, em Fresno, perdendo por decisão. Suas vitórias são divididas igualmente entre nocautes, finalizações e decisões.

Sobre James Bochnovic (8-2), ele caiu em sua estréia profissional antes de emplacar oito triunfos consecutivos no primeiro assalto, sete deles por finalização. Porém ao estrear no UFC, contra Trevin Giles, Bochnovic foi completamente dominado.

Contra Giles, Bochnovic parecia um especialista em finalizações, longe do wrestling, para aplicar consistentemente essas habilidades, enquanto Perez parecia improvisar contra Anders. Nenhum dos dois tem wrestling sólido ou um jogo completo, então tudo pode acontecer aqui.

Previsão: Perez via decisão unânime.

Cotas: (R$ 1,35) Markus Perez x James Bochnovic (R$ 3,25)

LUTAS PROGRAMADAS PARA O UFC 224 COM AS COTAS DO ODDSSHARK.COM:

Card Principal

(R$ 1,16) Amanda Nunes x Raquel Pennington (R$ 5,00)

(R$ 1,66) Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum (R$ 2,20)

(R$ 1,42) Mackenzie Dern x Amanda Cooper (R$ 2,85)

(R$ 1,40) John Lineker x Brian Kelleher (R$ 2,95)

(R$ 3,10) Vitor Belfort x Lyoto Machida (R$ 1,37)

Card Preliminar

(R$ 2,25) Cezar Mutante x Karl Roberson (R$ 1,64)

(R$ 2,10) Aleksei Oleinik x Junior Albini (R$ 1,71)

(R$ 1,71) Davi Ramos x Nick Hein (R$ 2,10)

(R$ 1,74) Elizeu Capoeira x Sean Strickland (R$ 2,05)

(R$ 1,40) Warlley Alves x Sultan Aliev (R$ 2,95)

(R$ 2,30) Thales Leites x Jack Hermansson (R$ 1,62)

(R$ 2,60) Alberto Mina x Ramazan Emeev (R$ 1,50)

(R$ 1,35) Markus Perez x James Bochnovic (R$ 3,25)

 

O post Tem negócio bom! Oddsshark esmiúça as oportunidades de apostas no card preliminar do UFC 224 apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Campeão brasileiro absoluto, Lucas Hulk comemora e quer ‘repetir o feito’ no Mundial: ‘Me sinto muito bem’

Em grande fase, Lucas Hulk adicionou mais um título ao seu currículo no último domingo (6), quando brilhou no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJ. Um dos grandes destaques da edição 2018, o faixa-preta da Atos se consagrou como campeão absoluto, depois de uma campanha praticamente irretocável até a decisão, que não aconteceu.

Em Barueri, São Paulo, onde a TATAME esteve presente, Lucas Hulk venceu quatro lutas e finalizou em duas oportunidades, no estrangulamento Norte-Sul e pelas costas, antes de chegar na final do peso aberto contra Victor Honório (Qatar BJJ). Honório – que havia passado por Nicholas Meregali -, entretanto, não pode fazer a final por questões de saúde.

Atual campeão absoluto do Brasileiro, o pupilo de André Galvão comentou a ausência de Honório na finalíssima pelo ouro e também aproveitou para contar como se sente após repetir o feito do Europeu, onde também foi campeão absoluto após uma grande atuação.

“Eu não esperava que não tivesse a luta, eu desejo uma boa recuperação e melhoras para o Honório. Eu fiz quatro lutas no sábado para chegar a final, o absoluto foi uma guerra. Estou muito feliz por tudo que vem acontecendo, pude representar bem meu time, família, amigos e patrocinadores. Quero repetir o feito do ouro absoluto no Mundial”, contou Lucas, que teve vitórias importantes contra Rudson Mateus (CTA) e Renato Cardoso (Alliance).

O faixa-preta da Atos, porém, não teve muito tempo para comemorar, já que precisou descer do pódio direto para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para voltar para casa, em San Diego, na Califórnia (EUA). Enquanto arrumava a sua mala e tirava algumas fotos com os fãs, Hulk comentou sobre o Mundial da IBJJF e os próximos planos em 2018.

“Essa semana vou descansar o corpo e treinar mais leve, pois semana que vem quero começar novamente a treinar no ritmo para o Mundial. Estou me sentindo muito bem e como eu disse, o Brasileiro foi um tira-teima para o Mundial, para ver como estava o jogo. Venci dois atletas tops da categoria. Agora é só ajustar mais algumas coisas e montar a estratégia nova”, encerrou Lucas, projetando a competição que tem início dia 30 de maio.

Source: Tatame

Shooto Brasil 83: Geraldo de Freitas defende título e Hernani Perpétuo retorna

Geraldo Espartano defende o título – Foto: Leonardo Fabri

Um dos eventos mais antigos do MMA nacional, o Shooto Brasil realiza mais edição na sua história neste final de semana, no Rio de Janeiro. A noite de sexta-feira, dia 11 de maio, marca o 83° show da organização, com um card que promete estremecer a Upper Arena, casa do evento, no bairro do Flamengo, na Zona Sul carioca. No total são 9 lutas anunciadas até então, com destaque para o duelo principal da noite entre Geraldo de Freitas e Rafael Apocalipse valendo o cinturão da categoria dos galos (até 61kg). No co-main event da noite um retorno muito aguardado. Hernani Perpétuo, campeão mundial do Shooto e com passagem pelo UFC, retorna após ser retirado de dois cards recentes do evento por conta de problemas de lesão dele próprio e dos seus adversários. O evento começa às 20h e terá transmissão ao vivo do Canal Combate.

“Realizamos um evento há menos de duas semanas, mas temos o compromisso de fazer edições mensais visando dar a chance aos lutadores que precisam da exposição e de um evento como o Shooto. Conseguimos montar um grande card, com a disputa de cinturão do Geraldo, que é um atleta de alto nível e provou isso nos duelos com Nenzão e Benício. E também temos o retorno tão aguardado do Hernani, campeão mundial do Shooto. Já era pra ele ter lutado na última edição, mas tivemos um problema com o adversário e acabamos remanejando ele para esse card. A expectativa é a melhor possível”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Geraldo de Freitas é mineiro de Conselheiro Lafaiete e membro da Rio Fighters, equipe liderada pelo ex-UFC Miltinho Vieira. Geraldo vem de uma sequência positiva de cinco triunfos consecutivos, sendo os últimos Suas duas aparições no SHooto foram atuações de gala. Na edição 72 ele dominou e bateu Zeilton Nenzão na luta principal da noite. Já no SHooto 74 ele teve seu melhor momento na carreira. Com uma atuação consistente Geraldo venceu o favorito Luciano Benício e conquistou o cinturão peso-galo do Shooto Brasil.

O adversário de Geraldo é o paulista Rafael Apocalipse. Com apenas quatro lutas como profissional, o lutador está invicto na carreira com quatro triunfos. Ele não sabe o que é chegar a decisão dos juízes e venceu todas suas lutas por finaliação (3) ou nocaute (1). Esta será a segunda vez que lutador de Ubatuba (SP) pisa no cage do Shooto.

Outro destaque do card é a presença de Hernani Perpétuo. O lutador, que detém o título mundial do Shooto, busca se firmar já que lutou apenas duas vezes desde que saiu do Ultimate há quatro anos. Em duas oportunidades ele foi retirado do card do Shooto por problemas de lesão dele mesmo ou de seus adversário. O oponente de Perpétuo é o paraense Raimundo Reginaldo, que fez sua estreia no MMA este ano e já soma dois triunfos no currículo. Será a primeira vez de Reginaldo no Shooto Brasil. O duelo acontece no peso-médio (até 84kg).

Nas demais lutas vale destacar a presença dos companheiros de treinos Filipe Jesus e Jafel Filho, duas das promessas da equipe Nova União. Ele encaram Milson Castro e Weder Aparecido, respectivamente.

Shooto Brasil 83

Data: Sexta-feira, 11 de maio de 2018

Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)

Local: Upper Arena

Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

Venda de ingressos: R$ 30 Arquibancada / R$ 50 Cadeira e R$ 150 Camarote – Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card de lutas

Até 61kg: Rafael Apocalipse (Nova União/Unit Warriors) x Geraldo de Freitas (Rio Fighters)

Até 70kg: Raimundo Reginaldo (Carmem Casca Grossa) x Hernani Perpétuo (Nova União)

Até 61kg: Aleandro Caetano (PRVT) x Werlleson Galinho (MPBJJ)

Até 70kg: Milson Castro (não informado) x Felipe Jesus (Nova União)

Até 59kg: Weder Aparecido (BPT) x Jafel Filho (Nova União/ZMT)

Até 57kg: Daniel Lacerda (ATS Tubarões) x Yarlei Jr. (MBPJJ Nova União)

Até 66kg: Maikon Ferreira (ATS Tubarões/ FF Jiu-Jitsu)  x Diego Domingos (Nova União)

Até 70kg: Andrey Augusto (RD Champions)  x Junior Luiz (Rizzo RVT)

Até 61kg: Rafael Kamikaze (Camocim Top Team)  x Daniel Hortegas (Rio Fighters)

 

O post Shooto Brasil 83: Geraldo de Freitas defende título e Hernani Perpétuo retorna apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Combate transmite UFC 224 ao vivo e com exclusividade

Brasileira lidera o card- Foto: Josh Hedges /UFC

O UFC está de volta ao Rio de Janeiro e só o Combate e Combate Play transmitem com exclusividade todas as lutas do UFC 224, que será realizado no dia 12 de maio no Rio de Janeiro. Direto da Barra da Tijuca, a equipe de narradores e comentaristas do Combate vai mostrar todos os detalhes das 13 lutas confirmadas até agora. A transmissão do card preliminar começa às 19h15.

O destaque da noite é a luta principal entre a brasileira Amanda Nunes e a americana Raquel Pennington, confronto que vale o cinturão dos pesos-galo feminino. Nunes é a atual campeã da categoria e das duas vezes que lutou no Brasil saiu com a vitória. Também no card principal, o carioca Vitor Belfort vai fazer sua luta de despedida contra Lyoto Machida. Os dois se enfrentam pela categoria peso-médio e serão responsáveis por uma das lutas mais esperadas pelo público.

Outro destaque é a luta de Ronaldo Jacaré, que tenta a chance de disputar o cinturão dos médios, já que o resultado de seu combate com o americano Kelvin Gastelum pode colocar o vencedor em rota de colisão com o campeão linear da categoria, que será conhecido após duelo entre Robert Whitaker e Yoel Romero no dia 9 de junho, em Chicago.

No UFC desde 2013, Ronaldo Jacaré é bicampeão mundial absoluto de jiu-jítsu e já fez dez lutas pelo UFC. No UFC, Jacaré acumula oito vitórias e apenas duas derrotas. Em sua carreira, o brasileiro disputou 31 lutas, com 25 vitórias, cinco derrotas e uma luta sem resultado.

O card principal ainda inclui as disputas entre o brasileiro John Lineker e o americano Brian Kelleher pela categoria peso-galo e as americanas Mackenzie Dern – que vai defender o Brasil no evento – e Amanda Cooper pelos pesos-palha.

Já no card preliminar, os fãs de MMA poderão assistir a oito brasileiros em ação. Pela categoria peso-médio, brasileiros e americanos se enfrentam em duas lutas: Cézar Mutante x Karl Roberson e Markus Maluko x James Bochnovic. Thales Leite encara o sueco Jack Hermansson. Já na disputa dos pesos-meio-médios, Elizeu Capoeira luta contra o americano Sean Strickland; Earlley Alvez sobe no octógono contra o russo Sultan Alie e Alberto Miná encara o russo Ramazan Emeev. Júnior Albini enfrenta Alexey Oleynik pela categoria peso-pesado e a disputa Davi Ramos x Nick Hein pelos pesos-leve fecha o card preliminar.

O post Combate transmite UFC 224 ao vivo e com exclusividade apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Lucas Hulk comenta ouro absoluto no Brasileiro e projeta repetir a dose no Mundial da IBJJF

Hulk segue embalado – Foto: Divulgação

Lucas “Hulk” Barbosa está em alta no Jiu-Jitsu, após conquistar o ouro absoluto no Campeonato Brasileiro. No último fim de semana, em Barueri, São Paulo, o faixa-preta da Atos brilhou no absoluto, divisão aberta para todos os pesos, ao vencer quatro lutas e finalizar em duas oportunidades, no estrangulamento Norte-Sul e pelas costas, antes de chegar a final da categoria contra Victor Honório (Qatar BJJ). Honório, que não pode fazer a final por questões de saúde, havia passado por Nicholas Meregali (Alliance) e outros três adversários.

Lucas, atual campeão absoluto do Brasileiro, comentou a ausência de Honório na finalíssima pelo ouro e também aproveitou para contar como se sente após repetir o feito do Europeu, onde também foi campeão absoluto.

“Eu não esperava que não tivesse a luta, eu desejo uma boa recuperação e melhoras para o Honório. Eu fiz quatro lutas no sábado para chegar a final, o absoluto foi uma guerra. Estou muito feliz por tudo que vem acontecendo, pude representar bem meu time, família, amigos e patrocinadores. Quero repetir o feito do ouro absoluto no Mundial”, conta Lucas, que teve vitórias importantes contra Rudson Mateus (CTA) e Renato Cardoso (Alliance) durante o absoluto.

 Lucas não teve muito tempo para comemorar, já que teve de descer do pódio direto para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para voltar para casa, em San Diego, na Califórnia. Enquanto arrumava a mala e tirava algumas fotos com seus fãs, falou sobre o Mundial da IBJJF e os próximos planos.

“Essa semana vou descansar o corpo e treinar mais leve, pois semana que vem quero começar novamente a treinar no ritmo para o Mundial. Estou sentindo-me muito bem e como eu disse, o Brasileiro foi um tira-teima para o Mundial, para ver como estava o jogo. Venci dois atletas tops da categoria. Agora é só ajustar mais algumas coisas e montar a estratégia nova”, encerra Lucas.

O post Lucas Hulk comenta ouro absoluto no Brasileiro e projeta repetir a dose no Mundial da IBJJF apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal