Victor Bomfim e Rafaela Bertolot se destacam na disputa do Rio Fall Open; confira os detalhes

Realizado no último final de semana, no tradicional Tijuca Tênis Clube, Zona Norte do Rio de Janeiro, o Rio Fall International Open, organizado pela CBJJ, teve bons nomes da arte suave em ação. No masculino faixa-preta, destaque para Victor Bomfim, da GFTeam, que ficou em terceiro na divisão dos pesados, fechando com seus companheiros de equipe, e conquistou o ouro no absoluto. Já no feminino, também representado a GFTeam, Rafaela Bertolot faturou o ouro duplo, levando o título na categoria meio-pesado e no peso aberto.

Outros campeões foram definidos no masculino faixa-preta. No peso-pluma, Lucas Pinheiro foi o grande vencedor ao superar Douglas Rufino na final. Nos pesos pena, leve, médio e meio-pesado, Renê Alves, César Cardoso, Eric de Souza e Sandro Vieira levaram o título, respectivamente. Já nas divisões peso-pesado, superpesado e pesadíssimo, Luiz Felipe, Igor Ribeiro e Antônio de Pádua foram ao lugar mais alto do pódio para receber o ouro.

Já no feminino, além de Rafaela Bertolot, que levou o ouro duplo, outra campeã foi Tayane Porfírio, que vem embalada pelo título em sua categoria e no absoluto no Mundial da IBJJF. Sem adversárias, a fera da Alliance conquistou o ouro na divisão dos superpesados.

Confira os resultados completos do Rio Fall International Open, aqui

Rafaela Bertolot, atleta da GFTeam, se destacou e faturou o ouro duplo no feminino faixa-preta (Foto reprodução)

Disputa por equipes

Já na tradicional disputa por equipes, a grande vencedora foi a GFTeam, que encerrou o Rio Fall Open com 414 pontos. Em segundo lugar ficou a Nova União, com 348 pontos, seguida da Gracie Barra, que terminou o torneio com 264 pontos e fechou o pódio.

Kennedy conquista título mundial e recebe a faixa preta; Gabriela Fechter e Kaynan levam absoluto na marrom

As disputas não param no Mundial de Jiu-Jitsu 2018, realizado pela IBJJF na Califórnia, Estados Unidos. Com os campeões definidos nas faixas-azul e roxa, chegou a vez de conhecer os vencedores na faixa-marrom, que teve o seu encerramento neste sábado (2). Vale lembrar, porém, que o domingo ainda reserva as aguardadas decisões na faixa-preta.

Entre os destaques, Kennedy Maciel, filho da lenda Rubens Charles Cobrinha, faturou o título no peso-pluma e foi promovido à faixa-preta ainda no pódio. Em entrevista ao FloGrappling após a conquista, ele avisou: “Se preparem, tem um novo rei chegando”.

//www.instagram.com/embed.js

Outros nomes consagrados do cenário, Kaynan Duarte e Leonardo Lara, da Atos, e Victor Hugo Marques, da Ribeiro Jiu-Jitsu, também conquistaram o ouro em suas categorias. Já Matheus Gabriel, da Checkmat, assim como Kennedy, ganhou o título e a faixa preta.

No absoluto masculino, novo brilho de Kaynan. Após excelente campanha, o brasileiro encontrou o compatriota Victor Hugo Marques, que havia sido campeão no pesadíssimo, na final. E mesmo mais leve – peso-pesado -, impôs seu jogo para anotar 6 a 4 nos pontos.

//www.instagram.com/embed.js

Entre as mulheres, destaque máximo para Gabriela Fechter, da Checkmat, campeã no peso aberto e bronze na divisão dos penas. Na final do absoluto, Gabi encarou e venceu a fera Larissa Carvalho, da Gracie Reunion, que antes havia triunfado no peso-pluma.

Além da dupla, nomes como Ffion Davies – peso-pena -, Jessica Swanson – peso-médio -, Melissa Cueto – peso-meio-pesado – e Elizabeth Foster, no superpesado, também se sobressaíram e subiram no lutar mais alto do pódio na tradicional Pirâmide de Long Beach.

Veja a lista completa de campeões no Mundial de Jiu-Jitsu 2018 da IBJJF, aqui

Que dia! CAMPEÃ MUNDIAL ABSOLUTO faixa marrom e terceira na categoria. Estou em choque. Muito muito feliz. Sem palavras para agradecer meu mestre Ricardo Vieira e ao @leticia_e_sebastianlalli_bjj por acreditarem em mim e me motivarem até o final. Obrigada @lucasleitebjj e @tatawribeiro por tudo que vocês fizeram, pela ajuda, pelos treinos, pela dedicação à equipe. Vocês são FODA! Obrigada aos irmãos @matheusluna_lb e @mathias_luna pelos ajustes, pela amizade, pelo carinho… amizades fortes e laços como esse são os maiores prêmios que a gente leva na vida! Obrigada a todos meus patrocinadores: @atama @solutiio @brsenatore @mr.pgourmet @45performance @lilipamparo @clinicalongevity @rygy_oficial @depilalltime @fightzonerj #checkmat #ricovieira #bjj #jiujitsu #neverstopdreaming #worlds2018 #campeamundial #california #nuncadesistadosseussonhos #atamateam #bjjgirls

A post shared by GABRIELA FECHTER (@gabrielafechter) on

//www.instagram.com/embed.js

Confira abaixo todos os campeões na faixa marrom:

– Faixa-marrom / Masculino / Adulto
Peso-galo: Cícero Lívio Ribeiro Paiva (Ares BJJ)
Peso-pluma: Kennedy Leonardo Maciel (Alliance)
Peso-pena: Matheus Gabriel Barros (Checkmat)
Peso-leve: Levi Jones-Leary (Unity Jiu-Jitsu)
Peso-médio: Leonardo Teixeira Lara (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-meio-pesado: Mauricio de Oliveira Neto (GFTeam)
Peso-pesado: Kaynan Casemiro Duarte (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-superpesado: Devhonte M. Johnson (Unity Jiu-Jitsu)
Peso-pesadíssimo: Victor Hugo Marques (Ribeiro Jiu-Jitsu)
Absoluto: Kaynan Casemiro Duarte (Atos Jiu-Jitsu)

– Faixa-marrom / Feminino / Adulto
Peso-galo: Juliane dos Santos Wiggers (Alliance)
Peso-pluma: Larissa Campos Carvalho (Gracie Reunion)
Peso-pena: Ffion Eira Davies (ECJJA)
Peso-leve: Talia Marie Vaughan (Gracie Humaitá South Bay)
Peso-médio: Jessica Swanson (Soul Fighters BJJ)
Peso-meio-pesado: Melissa Cueto (Zenith BJJ)
Peso-pesado: Sarah Gail Rice (Team Royce Gracie)
Peso-superpesado: Elizabeth Foster (Cassio Werneck BJJ)
Absoluto: Gabriela Meireles Fechter (Checkmat)


Source: Tatame

Duplas da Atos e Cícero Costha, Clay, Jimenez e Gabi Pessanha dominam Mundial nas faixas azul e roxa

A última quinta-feira (31) marcou o início do tradicional Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF em 2018, e até este sábado (2), a tradicional Pirâmide de Long Beach, na Califórnia (EUA), já conheceu todos os campeões nas faixas-azul e roxa. Entre eles, destaques para diversas promessas da arte suave que realizaram feitos históricos, com alguns sendo promovidos.

Revelações da Atos e destaque do ADCC são promovidos

No masculino adulto faixa-azul, Mateus Souza derrotou Caio Almeida e ficou com o título da categoria dos meio-pesados. Logo na sequência, o atleta da Atos Jiu-Jitsu se aventurou no absoluto e fechou a decisão com Tainan Dalpra – campeão nos médios. Ainda no pódio, os dois lutadores foram graduados à faixa roxa pelo casca-grossa Rafael Mendes.

//www.instagram.com/embed.js

Elisabeth Clay, que disputou o ADCC – maior torneio de luta agarrada do mundo – com apenas 16 anos, fez história desta vez no Mundial. Na sua categoria, a norte-americana ficou com a medalha de bronze. No absoluto, porém, Clay voltou com tudo para abocanhar o ouro. A lutadora da Ares Jiu-Jitsu também foi promovida à faixa roxa ao fim do evento.

No restante do feminino faixa-azul, muitas estrangeiras entre as campeãs – sete de nove -, comprovando a força que a arte suave vem ganhando cada vez mais internacionalmente.

//www.instagram.com/embed.js

Gabi Pessanha, Roberto Jimenez e Thalisson brilham

No masculino adulto faixa-roxa, Roberto Jimenez, da Alliance, garantiu a medalha dourada na divisão dos pesados e no absoluto. O lutador finalizou todas suas dez lutas para conquistar as duas medalhas – sendo seis na categoria e outras quatros no peso-aberto.

O feito incrível colocou Jimenez em uma seleta lista que inclui, por exemplo, André Galvão, que na época de faixa-roxa também finalizou todas suas lutas para ficar com o ouro duplo.

//www.instagram.com/embed.js

Fera da Infight/MD, da Cidade de Deus – comunidade da Zona Oeste do Rio -, Gabi Pessanha também conquistou o ouro duplo, brilhando nos superpesados e no absoluto. Com o resultado no Mundial, a lutadora de 17 anos repetiu o feito do Europeu, Pan e Brasileiro, levando o Grand Slam da IBJJF. No pódio, Pessanha recebeu a faixa-marrom.

Quem também alcançou o Grand Slam foi Thalison Soares. O lutador da Cícero Costha levou para casa a medalha dourada após fechar com o parceiro de equipe Jonas Andrade. Ambos foram promovidos à faixa marrom. Vale destacar que Thalison não perdeu nenhuma luta em um ano e meio de faixa-roxa, além de repetir o feito no circuito da UAEJJF.

Veja a lista completa de campeões no Mundial de Jiu-Jitsu 2018 da IBJJF, aqui

//www.instagram.com/embed.js

Confira abaixo todos os campeões nas faixas azul e roxa:

– Faixa-azul / Masculino / Adulto
Peso-galo: Isaias Santos (Nova União)
Peso-pluma: Fabrício Andrey (Alliance)
Peso-pena: Marcelo Abreu (Checkmat)
Peso-leve: Lucas Protasio (ZR Team Association)
Peso-médio: Tainan Dalpra (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-meio-pesado: Mateus Souza (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-pesado: Loius Ryan (Barbosa Jiu-Jitsu – Austrália)
Peso-superpesado: Caio Perondi (Zenith BJJ)
Peso-pesadíssimo: Jason Shirley (CheckMat)
Absoluto: Mateus Souza (Atos Jiu-Jitsu)

– Faixa-azul / Feminino / Adulto
Peso-galo: Fiona Ko (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-pluma: Sarah Thackray (Alliance)
Peso-pena: Camila Roque (Gordo Jiu-Jitsu)
Peso-leve: Valentina Lodi (RCJ Machado)
Peso-médio: Deise dos Santos (Alliance)
Peso-meio-pesado: Kayla Dehm (Team Lloyd Irvin)
Peso-pesado: Lauren Adrienne (Alliance)
Peso-superpesado: Michelle Dunchus (Brea Jiu-Jitsu)
Absoluto: Elisabeth Clay (Ares Jiu-Jitsu)

– Faixa-roxa / Masculino / Adulto
Peso-galo: Jonas Andrade (Cícero Costha)
Peso-pluma: Lucas Batista (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-pena: José Mathias (Checkmat)
Peso-leve: Samuel Nagai (Carlos Holanda BJJ)
Peso-médio: Ronaldo Pereira (Atos Jiu-Jitsu)
Peso-meio-pesado: Igor Guimarães (Brasa CTA)
Peso-pesado: Roberto Jimenez (Alliance)
Peso-superpesado: André Porfírio (Cícero Costha Internacional)
Peso-pesadíssimo: Mason Fowler (Dethrone Brazilian Jiu-Jitsu)
Absoluto: Roberto Jimenez (Alliance)

– Faixa-roxa / Feminino / Adulto
Peso-galo: Vicky Hoang (Jiu-Jitsu For Life Team)
Peso-pluma: Brenda Larissa (Alliance)
Peso-pena: Ana Cristiana Rodrigues (Alliance)
Peso-leve: Margot Ciccarelli (Unity Jiu-Jitsu)
Peso-médio: Kira Sung (Jiu-Jitsu Lab)
Peso-meio-pesado: Maggie Grindatti (Fight Sports)
Peso-pesado: Yara Soares (Team Lloyd Irvin)
Peso-superpesado: Gabi Pessanha (Infight/MD)
Absoluto: Gabi Pessanha (Infight/MD)


Source: Tatame