Vídeo: veja, em câmera lenta, os melhores momentos do UFC 225, que consagrou Whittaker e Covington

Relembre, por um outro ângulo, alguns dos momentos mais marcantes do UFC 225, realizado no último sábado (9), em Chicago (EUA). Na luta principal, Robert Whittaker derrotou Yoel Romero por decisão dividida dos jurados após uma verdadeira guerra. Já no co-main event, foi a vez de Colby Covington superar Rafael dos Anjos por unanimidade para sagrar-se o campeão interino dos meio-médios, entre outros grandes confrontos.

Confira os melhores momentos do UFC 225 abaixo:

Whittaker e Romero comentam ‘guerra’ no UFC 225, e campeão diz: ‘Ele bate como um caminhão’

Realizado no último sábado (9), em Chicago (EUA), o UFC 225 reservou o melhor para o final para os fãs que acompanharam o evento. Na luta principal, Robert Whittaker e Yoel Romero promoveram uma verdadeira guerra de cinco rounds, vencida pelo australiano por decisão dividida dos jurados. Mesmo sem valer o cinturão – Yoel não bateu o peso para o combate -, os dois lutadores deram seu máximo e receberam os aplausos do público.

Em entrevista após a luta, ainda no octógono, Whittaker e Romero analisaram o duro duelo entre eles. Enquanto o campeão dos médios fez questão de destacar a força do cubano, que segundo ele “bate forte como um caminhão”, Yoel agradeceu o apoio dos presentes.

Confira as entrevistas abaixo:

Kelvin Gastelum admite ser o próximo desafiante de Robert Whittaker

K. Gastelum vem de vitória sobre o brasileiro R. Jacaré no UFC Rio. Foto: Reprodução/Facebook UFC

A vitória do campeão dos médios, Robert Whittaker sobre o cubano Yoel Romero no UFC 225 foi há menos de 48horas, mas o futuro oponente já está sendo estudado. Convidado especial no evento em Chicago, Kelvin Gastelum afirmou que deve ser o próximo desafiante ao cinturão da divisão.

Veja Também

UFC 224: Jacaré para em Gastelum e vê chance do cinturão escapar

UFC 225: Whittaker sobrevive a castigo e vence Romero em decisão dividida

“Não me disseram que sou o próximo da fila, mas quero dizer, quem mais estaria na fila? Chris Weidman, talvez?”, questionou Gastelum.

O lutador norte-americano vem de duas vitórias sobre Michael Bisping e Ronaldo ‘Jacaré’ Souza. Kelvin teve uma derrota para Chris Weidman nas suas últimas seis lutas.

“Sou um dos pesos médios mais ativos lutando no top 10 entre os pesos médios em todo o mundo. Eu venho ganhando. Quer dizer, perdi um contra o Weidman, mas dos meus seis últimos ganhei cinco – sem contar o no-contest”, explicou.

Durante a luta, Whittaker quebrou a mão, assim seu retorno pode ser atrasado. Atualmente, Gastelum é o sétimo no ranking dos médios e quer ter sua chance ao título. Mesmo com problemas de corte de peso, um novo confronto entre o campeão e Yoel Romero não está fora de cogitação.