Cris Cyborg é ‘favoritaça’ contra Yana Kunitskaya no main event do UFC 222, segundo site de aposta

Neste sábado (3), acontece o UFC 222, em Las Vegas (EUA). A luta principal vai marcar a segunda defesa de cinturão da brasileira Cris Cyborg, campeã divisão dos penas, contra a russa Yana Kunitskaya. A desafiante é estreante na organização e ex-campeã do Invicta FC. Segundo o site de aposta Betboo, a curitibana é ampla favorita para o manter o título.

Deixe os seus palpites no UFC 222, aqui

Com a lesão de Max Holloway, atual campeão dos penas, Cyborg aceitou “salvar” o card do UFC 222. A brasileira vem de vitória sobre Holly Holm, no UFC 219, no último mês de dezembro. Invicta há quase 13 anos, Cris vai em busca da quinta vitória no Ultimate. Quem apostar 10 reais na campeã, vai receber, caso se confirme o favoritismo, apenas 10,30 reais.

Kunitskaya tem uma estreia de fogo no Ultimate e a chance de mostrar o seu valor contra Cyborg. Em agosto de 2017, contra Raquel Pa’aluhi, “Foxy” conquistou o cinturão dos galos do Invicta FC. Para este confronto, a russa é vista como “zebra” e quem casar 10 reais em Yana, receberá, em caso de triunfo, 90 reais.

CARD COMPLETO

UFC 222
Las Vegas, Estados Unidos
Sábado, 3 de março de 2018

Card principal
Cris Cyborg x Yana Kunitskaya
Frankie Edgar x Brian Ortega
Sean O’Malley x Andre Soukhamthath
Stefan Struve x Andrei Arlovski
Cat Zingano x Ketlen Vieira

Card preliminar
Ashley Yoder x Mackenzie Dern
Beneil Dariush x Alexander Hernandez
John Dodson x Pedro Munhoz
CB Dollaway x Hector Lombard
Mike Pyle x Zak Ottow
Bryan Caraway x Cody Stamann
Jordan Johnson x Adam Milstead

Source: Tatame

Infográfico traz aquecimento para Cris Cyborg x Yana Kunitskaya no UFC 222

Infográfico traz aquecimento para Cyborg x Kunitskaya. Foto: Reprodução

O cinturão dos penas (até 65,8 kg.) estará em jogo no UFC 222. O evento, que acontece no próximo sábado (03), em Las Vegas (EUA), coloca frente a frente a brasileira Cris Cyborg defendendo seu reinado na divisão contra a russa Yana Kunitskaya.

Veja Também

Vídeo: Cris Cyborg finaliza BJ Penn em treino aberto do UFC 222

Rival de Cyborg reclama de machismo na Rússia: ‘Eles acham que mulheres têm que ficar em casa’

Inicialmente, a luta principal do evento seria entre Max Holloway e norte-americano Frankie Edgar, pelo cinturão peso pena masculino, mas o havaiano se lesionou e Cyborg foi convocada para defender seu título na atração principal do show.

Como prévia do duelo, confira o infográfico com informações sobre o combate, que promete ser eletrizante. Confira:

Infográfico: Cris Cyborg x Yana Kunitskaya

Source: Portal da Luta

Diante do atual campeão Caldwell, Higo tem chance pelo cinturão no Bellator 195

A cidade de Thackerville, em Oklahoma, nos Estados Unidos, será palco do Bellator 195, marcado para acontecer nesta sexta-feira (2). Na luta principal, uma disputa de cinturão que promete grandes emoções. Atual campeão peso-galo, o americano Darrion Caldwell fará a sua primeira defesa de título em duelo contra o brasileiro Leandro Higo. No co-main event, também pela divisão dos galos, o ex-campeão Joe Warren terá pela frente a fera Joe Taimanglo, único lutador a ter derrotado o atual detentor do cinturão.

Em nova chance pelo título, Higo encara Caldwell

Com um bom cartel de 11 vitórias e apenas uma derrota no MMA profissional, Darrion Caldwell conquistou o cinturão dos galos em outubro do ano passado, quando derrotou o brasileiro Dudu Dantas na decisão unânime dos jurados. Lutando pelo Bellator desde 2014, o americano já contabilizou oito triunfos pela organização e seu único revés na carreira também aconteceu na franquia, quando foi finalizado por Joe Taimanglo no Bellator 159, em 2016.

Atleta da Pitbull Brothers, Leandro Higo se credenciou a disputar novamente o título da categoria dos galos ao derrotar Joe Taimanglo por decisão unânime, em duelo realizado no Bellator 184, em outubro do ano passado. Com um cartel de 18 triunfos e apenas três reveses, o brasileiro fez sua estreia na organização logo disputando o título da divisão, em confronto diante do então campeão Dudu Dantas, mas foi derrotado pelo compatriota na unanimidade dos árbitros.

Visando novo title shot, Warren enfrenta Taimanglo

Único lutador na história do Bellator a ter conquistado cinturões em duas categorias, Joe Warren vem de um retrospecto irregular nas últimas lutas, mas recebeu uma boa chance de disputar o título novamente, caso vença Joe Taimanglo nesta sexta-feira. Com um cartel de 15 vitórias e seis derrotas, o veterano, de 41 anos, vem de três triunfos e três reveses em suas seis últimas apresentações (vitórias contra L.C. Davis, Sirwan Kakai e Steve Garcia, e derrotas para Marcos Loro Galvão, Darrion Caldwell e Dudu Dantas).

Adversário de Warren, Taimanglo também não vive boa fase no Bellator. O lutador, que já chegou a emplacar quatro triunfos consecutivos na franquia, vem de duas derrotas seguidas, para Darrion Caldwell e Leandro Higo, respectivamente. Com um extenso cartel de 23 resultados positivos, oito derrotas e um No Contest, Joe precisa voltar a vencer para ter a esperada oportunidade de disputar o título dos galos.

Joe Warren e Joe Taimanglo fazem duelo que pode definir o próximo desafiante ao título dos galos (Foto: Bellator)
Joe Warren e Joe Taimanglo fazem duelo que pode definir o próximo desafiante ao título dos galos (Foto: Bellator)

CARD COMPLETO:

Bellator 195
Sexta-feira, 02 de março de 2018
Oklahoma, nos Estados Unidos

Card principal

Darrion Caldwell x Leandro Higo
Joe Warren x Joe Taimanglo
Kristina Williams x Emily Ducote
Juan Archuleta x William Joplin

Card preliminar

Fernando Gonzalez x Armando Servin
Cris Williams x Daniel Carey
Romero Cotton x Justin Reeser
Ky Bennett x Morgan Solis
Teagan Dooley x Kevin Holland
Thomas Lopez x Aaron Webb
Brian Grinnell x Justin Patterson

Source: Tatame

Vídeo: BJ Penn faz aparição surpresa em treino aberto de Cyborg no UFC 222

Ex-campeão e Hall da Fama do Ultimate, BJ Penn fez uma aparição surpresa no treino aberto de Cris Cyborg, dona do cinturão dos penas, que vai colocar o título em jogo no UFC 222, neste sábado (3), contra Yana Kunitskaya. O lutador apareceu mascarado e foi para um rola com a brasileira. Ao ter a identidade revelada, o havaiano foi ovacionado pelo público presente no cassino do MGM Grand, em Las Vegas, na quinta-feira (1).

Confira abaixo:

//www.instagram.com/embed.js

Source: Tatame

Vídeo: Cris Cyborg finaliza BJ Penn em treino aberto do UFC 222

Cyborg finaliza Penn em treino para o UFC 222. Foto: Reprodução / YouTube

Cris Cyborg revelou que poderia finalizar Floyd Mayweather em sua estreia no MMA, e a lutadora brasileira mostrou que é capaz de forçar um homem a dar os famosos ‘três tapinhas’. No treino aberto do UFC 222, a paranaense fazia sua apresentação para os fãs quando um mascarado invadiu o palco e a “atacou”. A campeã dos penas mostrou sua habilidade e finalizou o homem rapidamente . Quando a máscara foi retirada, o “invasor” era ninguém menos que BJ Penn, um dos três lutadores a conquistar o cinturão do UFC em duas categorias diferentes e membro do Hall da Fama da organização (assista o vídeo abaixo).

Veja Também

Cris Cyborg garante que finalizaria Floyd Mayweather nas regras do MMA

Rival de Cyborg reclama de machismo na Rússia: ‘Eles acham que mulheres têm que ficar em casa’

“Ela sabe que é a número um neste momento. Tem todas as habilidades e sabe que é a melhor do mundo. Essa é a melhor parte. Nós temos um trabalho juntos no Facebook e treinamos com o mesmo técnico. Eu estava na cidade e, como ela me chamou, eu vim. Adoro essa energia”, disse Penn, no palco após ser finalizado.

Cris Cyborg encara a russa Yana Kunitskaya na luta principal do UFC 222, evento que acontece no próximo sábado (03), em Las Vegas (EUA). A brasileira irá colcoar o cinturão peso pena (até 65,8 kg.) em jogo na atração. Já BJ largou a aposentadoria em 2017 e acumulou duas derrota contra Yair Rodriguez e Dennis Siver.

Vídeo: Assista o momento em que Cris Cyborg finaliza BJ Penn no treino aberto do UFC 222

Source: Portal da Luta

Ex-UFC e WSOF, Jon Fitch assina com Bellator

Ex-UFC e WSOF, Jon Fitch assina com Bellator

Jon Fitch é o mais novo contratado do Bellator, o atleta com passagens pelo UFC e WSOF assinou com a organização presidida por Scott Coker, mas ainda não tem data marcada para a estreia.

O americano teve passagem pelo UFC entre 2005 e 2013 onde fez 18 lutas com 14 vitórias, um empate e três derrotas. Jon Fitch começou bem na organização e após uma sequência de oito triunfos consecutivos teve a chance de disputar o cinturão dos meio-médios (até 77kg) contra Georges St. Pierre, mas foi superado pelo canadense por decisão unânime.

Após sair do UFC, Jon Fitch foi para o WSOF onde se sagrou campeão dos meio-médios ao vencer João Zeferino e defendeu o cinturão com sucesso ao vencer Jake Shields. Em sua última luta, o americano finalizou Brian Foster no PFL, evento substituto do WSOF.

Jon Fitch está invicto desde 2014 quando foi superado por Rousimar Toquinho no WSOF. De lá para cá, o americano emplacou uma sequência de quatro vitórias consecutivas.

Aos 40 anos, Jon Fitch é profissional de MMA desde 2002 e soma 30 vitórias, sete derrotas, um empate e uma luta sem resultado em seu cartel.

The post Ex-UFC e WSOF, Jon Fitch assina com Bellator appeared first on MMA Space.

Source: Space

Cris Cyborg e o segredo de sua autoconfiança: ‘Eu não tenho medo de perder’

Considerada por muitos, inclusive por sua próxima adversaria, a maior lutadora de MMA de todos os tempos, Cris Cyborg não sabe o que é perder desde a sua estreia, no longínquo ano de 2005. De lá para cá, foram 19 vitórias e uma luta sem resultado. Sempre segura em suas apresentações dentro do cage, a brasileira, que defende o cinturão peso-pena neste sábado, em Las Vegas, contra Yana Kunitskaya, revelou o segredo de sua autoconfiança.

“Uma coisa que eu não tenho medo é de perder. Eu não tenho medo de perder. Eu gosto de lutar. Eu entro no octógono, eu sempre deixo nas mãos de Deus e eu sempre faço o meu melhor todos os dias. Eu nasci para lutar e eu fico feliz dentro do octógono. Eu acho que esse é o segredo, é isso que eu faço”, disse em bate-papo produzido pelo UFC. “Uma coisa que eu nunca penso é que eu sou uma lutadora dominante. Eu sempre treino muito e aprendo, e eu nunca acho que sou a melhor. Eu acho que eu sempre tenho que aprender”.

De todas suas vitórias, 84%, ou 16, foram por nocaute. Porém, na última, contra Holly Holm, há três meses, Cyborg mostrou uma verão mais estratégica, triunfando através da decisão unânime dos jurados. Contra Kunitskaya o objetivo é encerrar na primeira oportunidade.

“Nocaute. Eu vou tentar nocautear a minha adversaria. Vou tentar encerrar a luta assim que eu puder, mas eu tenho cinco rounds, como eu sempre digo: talvez essa possa ser rápida, eu não sei”.

UFC 222

Las Vegas-EUA

Sábado, 03 de março de 2018

CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-pena: Cris Cyborg x Yana Kunitskaya
Peso-pena: Frankie Edgar x Brian Ortega
Peso-galo: Sean O’Malley x Andre Soukhamthath
Peso-pesado: Stefan Struve x Andrei Arlovski
Peso-galo: Cat Zingano x Ketlen Vieira

CARD PRELIMINAR (20h30, horário de Brasília):
Peso-palha: Ashley Yoder x Mackenzie Dern
Peso-galo: John Dodson x Pedro Munhoz
Peso-médio: CB Dollaway x Hector Lombard
Peso-meio-médio: Mike Pyle x Zak Ottow
Peso-galo: Bryan Caraway x Cody Stamann
Peso-meio-pesado: Jordan Johnson x Adam Milstead
Peso-leve: Beneil Dariush x Alexander Hernandez

O post Cris Cyborg e o segredo de sua autoconfiança: ‘Eu não tenho medo de perder’ apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Em busca da ‘tríplice coroa’, Pitbull Brothers pode conquistar segundo cinturão do Bellator nesta sexta, com Leandro Higo

Caldwell e Higo disputam o cinturão peso-galo do Bellator – Foto: Divulgação/Bellator

O Brasil pode conquistar um importante cinturão nesta sexta-feira, em Oklahoma-EUA. Na verdade, reconquistar. Diante do norte-americano Darrion Caldwell, atual campeão peso-galo do Bellator, o potiguar Leandro Higo tentará trazer de volta o título que já pertenceu a Dudu Dantas e Marcos Loro.

Em caso de vitória brasileira, será o segundo cinturão da equipe Pitbull Brothers no Bellator, que já tem Patrício Pitbull como campeão peso-pena. Se tudo ocorrer como o planejado, o time potiguar ainda pode terminar o ano de 2018 com três títulos da organização, já que Patricky Pitbull deve disputar a cinta dos leves no segundo semestre.

“Estamos só começando. Ao final do ano estaremos todos com os cinturões e com defesas. Isso é fruto da nossa dedicação e de muito trabalho duro. Fiquem de olho, porque tem outros futuros grandes nomes sendo preparados na nossa equipe e que também vão trazer muita alegria para os brasileiros”, acredita Leandro Higo.

Ex-participante do TUF Brasil, Leandro Higo coleciona títulos de eventos norte-americanos. Ex-campeão do extinto RFA e do LFA, ele vai para sua terceira luta no Bellator, a segunda valendo cinturão. O prestígio, segundo ele, é devido ao que já mostrou na Terra do Tio Sam.

“Graças a Deus, a muito trabalho, dedicação e minha equipe, eu conquistei ótimos resultados antes do Bellator. Fui campeão do RFA e do LFA e isso me fez ser reconhecido. E no Bellator, peguei uma luta em cima da hora contra o Dudu Dantas, que, qualquer pessoa imparcial, marcaria vitória para mim, pois veria que eu busquei a luta. Depois venci o Joe Taimanglo, que é um top da categoria aqui também. Enfim, mostrei que mereço, que não estou aqui à toa”.

Aos 29 anos de idade, o brasileiro possui bastante experiência no MMA, tendo vencido 18 das 21 lutas que disputou. Com base no Boxe e no Jiu-Jitsu, conquistou a maioria de seus triunfos através de finalizações – 10 no total. A eficiência no solo lhe dá confiança para não temer o jogo do atual campeão.

“Ele tem um jogo completo, mas é muito dependente do wrestling. Embora tenha evoluído nos outros aspectos, ele não se sente muito à vontade e, ao primeiro sinal de desconforto, com certeza vai tentar me colocar para baixo. Com certeza ele deve vir pensando em usar tudo, mas vai sair frustrado”, analisou Higo. “O jogo a ser feito é o meu jogo, impor minha vontade e fazer ele agir de acordo com ela”.

 Bellator 195

Oklahoma-EUA

Sexta-feira, 02 de março de 2018

CARD PRINCIPAL:
Peso-galo: Darrion Caldwell x Leandro Higo

Peso-galo: Joe Warren x Joe Taimanglo

Peso-mosca: Kristina Williams x Emily Ducote

Peso-pena: Juan Archuleta x William Joplin

CARD PRELIMINAR
Peso-meio-médio: Fernando Gonzalez x Armando Servin

Peso-pena: Cris Williams x Daniel Carey

Peso-médio: Romero Cotton x Justin Reeser

Peso-mosca: Ky Bennett x Morgan Solis

Peso-médio: Teagan Dooley x Kevin Holland

Peso-pena: Thomas Lopez x Aaron Webb

Peso-meio-médio: Brian Grinnell x Justin Patterson

O post Em busca da ‘tríplice coroa’, Pitbull Brothers pode conquistar segundo cinturão do Bellator nesta sexta, com Leandro Higo apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Thales Leites enfrenta Jack Hermansson no UFC 224

Thales Leites enfrenta Jack Hermansson no UFC 224

Thales Leites já tem data e adversário para seu próximo desafio. O atleta da Nova União volta a entrar em ação em casa e terá pela frente Jack Hermansson no UFC 224, que será realizado dia 12 de maio, no Rio de Janeiro.

O niteroiense entra em ação em busca de recuperação já que vive uma fase irregular no UFC, onde vem se alternando entre resultados positivos e negativos em seus últimos compromissos. Em sua última luta, Thales Leites foi superado por Brad Tavares por decisão unânime. Aos 36 anos, o atleta da Nova União soma 27 triunfos e oito reveses em seu cartel.

Thales Leites terá pela frente Jack Hermansson fará sua quinta luta no UFC, sendo a terceira no Brasil, mas o sueco não tem boas recordações contra brasileiros já que foi finalizado por Cezar Mutante e nocauteado por Thiago Marreta, ambas em São Paulo. Aos 29 anos, o “The Joker” soma 16 vitórias e quatro derrotas em seu cartel.

The post Thales Leites enfrenta Jack Hermansson no UFC 224 appeared first on MMA Space.

Source: Space