Nate Diaz marca retorno e é desafiado por Lee e Alvarez

N. Diaz quer voltar ao UFC (Foto: Reprodução Instagram natediaz209)

Desde agosto de 2016 fora do octógono, Nate Diaz parece ter cansado de esperar a trilogia com Conor McGregor. O peso leve declarou, à sua maneira, com muitos xingamentos, que está pronto para voltar ao UFC e marcou maio ou junho como possíveis datas para seu retorno às atividades no MMA. Logo depois do anúncio, o norte-americano foi desafiado por outros nomes da categoria, como Kevin Lee e Eddie Alvarez.

Veja Também

Werdum volta a desafiar Miocic e garante: ‘Serei campeão de novo’

Cyborg diz ter aceitado superluta contra Amanda Nunes no UFC 226, em julho

Dana White revela que campeão Whittaker tem doença grave

Usando suas redes sociais, Diaz admitiu que estava cansado de não lutar e queria voltar em maio ou junho e aproveitou para reclamar do atual estado da divisão do peso leve, que não estava “animada”, segundo ele.

“Estou cansado de ficar sentado esperando vocês, seus m…, fazerem alguma m…Não há nenhuma animação nessas lutas. Aumentem o nível e eu os verei em maio ou junho. Sinceramente, o verdadeiro campeão”, provocou Diaz.

Também usando redes sociais, Kevin Lee e Eddie Alvarez imediatamente desafiaram o único algoz de McGregor no UFC. O ex-campeão Alvarez diz que gostaria de enfrentar Diaz em um duelo entre as costas oeste e leste dos Estados Unidos e declarou que maio ou junho era “perfeito” para ele, que lutou pela última vez em dezembro.

Já Lee, que disputou o cinturão interino e perdeu para Tony Ferguson em outubro do ano passado, declarou que Diaz deveria fechar logo uma luta ou “calar a p… da boca” e voltar a “dar voltas de bicicleta no parque”, fazendo uma alusão à paixão do rival por triatlo.

 

Source: Portal da Luta

Werdum volta a desafiar Miocic e garante: ‘Serei campeão de novo’

F. Werdum de olho no título (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Vindo de duas vitórias seguidas e no camarote para assistir ao UFC 220 do último sábado (20), Fabricio Werdum voltou a desafiar Stipe Miocic, que bateu o recorde de defesas de cinturão (3) com vitória sobre Francis Ngannou na luta principal do evento. O brasileiro acredita que merece uma chance de se vingar da derrota sofrida para o croata-americano no UFC 198 de maio do ano retrasado.

Veja Também

Após UFC 220, Miocic diz que é o melhor pesado da história do Ultimate

Cyborg diz ter aceitado superluta contra Amanda Nunes no UFC 226, em julho

Dana White revela que campeão Whittaker tem doença grave

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie nos bastidores do UFC 220, Werdum falou sobre sua longevidade no esporte e disse merecer outra chance pelo título por conta de sua história no MMA.

“O UFC ainda não me disse nada, mas eu mereço isso. Eu mereço outra chance. Não só por conta das minhas últimas lutas. Venho lutando há muito tempo. Luto há 20 anos, é muito tempo. Acho que mereço isso. Meu objetivo é colocar mais um cinturão na minha parede. Já tenho dois, quero adicionar o terceiro”, comentou o brasileiro, mostrando confiança em vitória em uma eventual revanche com Miocic, em entrevista ao canal TSN.

“100% serei campeão de novo neste ano. Eu conheço Stipe Miocic. Eu o respeito. Gosto dele. Ele não fala coisas ruins, é um cara do bem, com certeza. Mas 100% na primeira luta eu perdi para mim mesmo. Por conta de várias coisas. Mas, desta vez, 100% de certeza que eu o vencerei. Eu vi hoje isso. Sinto isso”, garantiu.

 

Source: Portal da Luta

ACB JJ promove Open de Jiu-Jitsu em São Paulo

O Absolute Championship Berkut chegou ao Brasil para ficar e revolucionar o cenário das artes marciais no país. Com card galáctico para seu show de número 10, nesta sexta-feira, dia 26 de janeiro, a organização russa promove também seu primeiro Open de jiu-jitsu no Brasil. O evento acontece nos dias 3 e 4 de fevereiro no ginásio do clube Hebraica, no bairro Pinheiros, zona oeste de São Paulo, a partir das 8h.

Com premiação em dólar, totalizando mais de US$ 50 mil distribuídos entre os três melhores de cada divisão de faixa e categoria (teen, juvenil e adulto), além dos torneios absolutos, o Open tem inscrições abertas. Os atletas podem garantir lugar no evento através do site soucompetidor.com.br até o dia 30 deste mês. Não é necessário ser filiado à nenhuma entidade para competir.

Além dos melhores lutadores, o Open ACB JJ também premiará financeiramente a melhor equipe na classificação geral. A entrada do público nos dias de competição é gratuita.

Antes do Open, o ACB prepara uma noite histórica para esta sexta-feira. O ACB JJ 10 reúne uma verdadeira constelação de estrelas do jiu-jitsu mundial em seu card com 17 lutas, sendo duas disputas de cinturão, e atletas que, juntos, somam 37 títulos mundiais de jiu-jitsu. Marcus Buchecha, Leandro Lo, Romulo Barral, Braulio Estima, Augusto Tanquinho, Paulo Miyao, João Gabriel Rocha, Luiz Panza, Lucas Lepri, entre outros gigantes, estão no show.

Ingressos à venda

Os fãs podem garantir os últimos lugares no evento para a incrível noite de lutas que o ACB JJ 10 prepara. Os ingressos estão disponíveis através do site https://acbjj10.eventbrite.com. Os ingressos custam a partir de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais).

Serviço – ACB JJ 10

Data: 26 de janeiro

Horário: a partir das 18h (horário de Brasília)

Local: Clube Hebraica

Endereço: Rua Hungria, 1.000 – Pinheiros – São Paulo / SP

Ingressos: https://acbjj10.eventbrite.com

Card Oficial

Luiz Panza vs João Gabriel Rocha

Disputa pelo título da categoria pesado (acima de 95 kg)

Augusto Tanquinho vs Paulo Miyao

Disputa pelo título da categoria leve (até 65 kg)

Marcus Buchecha vs Mahamed Aly

Leandro Lo vs Otavio Sousa

Marcio André vs Lucas Lepri

Erberth Santos vs Adam Wardzinski

Claudio Calasans vs Patrick Gaudio

Romulo Barral vs Arnaldo Maidana

Yuri Simões vs Abdurakhman Bilarov

Braulio Estima vs Rudson Mateus

Mikey Musumeci vs Rafael Barata

Gabriel Lucas vs Ricardo Evangelista

Marcelo Mafra vs Luan Carvalho

Rodrigo Cavaca vs Igor Silva

Thiago Sá vs Josh Hinger

Osvaldo Moizinho vs Nicollas Welker

Lucas Rocha vs Rodrigo Caporal

O post ACB JJ promove Open de Jiu-Jitsu em São Paulo apareceu primeiro em Portal do Vale Tudo.

Source: Portal

Livre de pressões, Ju Thai fala em lutar por amor e se divertir no UFC Charlotte

Além da pessoa do outro lado do octógono, um grande adversário para um lutador pode estar dentro de sua própria cabeça.
Foi essa conclusão a que chegou Juliana Lima, a peso-palha brasileira, que foi derrotada por Tecia Torres em sua única luta em 2017, e que volta à ação neste sábado (27), para enfrentar Randa Markos no UFC Charlotte.
“Eu costumava pensar muito em ranking, fazer mais lutas, e ficava até muito nervosa quando pensava nisso”, contou Ju Thai em conversa com a reportagem do UFC Brasi … Read the Full Article Here
Source: UFC

Pepey promete surpreender no UFC Charlotte: "Não pisquem"

Após viver um ano relativamente apagado no octógono, Godofredo Pepey, que foi derrotado em sua única luta em 2017, está se preparando para grandes feitos em 2018.
O peso-pena brasileiro, que entra em ação neste sábado (27) para encarar Mirsad Bektic no UFC Charlotte, fez mudanças significativas em sua preparação, e acredita que agora está pronto para mostrar todo seu potencial.
“Estou muito motivado. Eu realmente me entreguei a ser 100% atleta”, contou Pepey em entrevista à reportagem do UFC Bra … Read the Full Article Here
Source: UFC

Netto BJJ promete atrair os holofotes em 2018: "Quero mostrar meu potencial"

Se te falassem que existe um lutador de 28 anos dono de 10 vitórias no cartel, três delas no UFC, sendo que sua única derrota profissional aconteceu em uma semifinal do The Ultimate Fighter, você logo imaginaria que o atleta é uma grande promessa que atrai a atenção de todos os fãs, ávidos para ver seu sucesso, certo? Pois não é exatamente o caso de Joaquim Silva, o Netto BJJ. UFC Belém: Cadastre-se e saiba tudo sobre o eventoRealmente, o goiano é um jovem cheio de talento e potencial, mas em u … Read the Full Article Here
Source: UFC

Jon Jones afirma: “Meu melhor ainda está por vir”

Foto: Getty Images

Desafeto declarado do norte americano Daniel Cormier, atual campeão dos pesos meio-pesados, o também americano e ex-campeão da categoria, Jon ‘Bones’ Jones, foi o único homem a vencer o detentor do cinturão na história do MMA, por duas vezes, uma na decisão e a outra, por nocaute (essa 2ª transformada em No Contes), e, por reincidência em exame antidopagem da USADA, desde julho de 2017, está suspenso e teve o título retirado e devolvido para o ‘inimigo’.

Jones foi pego no exame da USADA após a segunda vitória sobre Cormier, e, ainda aguarda julgamento, que deverá ser realizado até o fim de fevereiro, e despistando algum tipo de aposentadoria do MMA, como muita gente cogitou, o homem que é considerado o maior lutador de todos os tempos, usou o seu twitter, para afirmar que seu melhor ainda está por vir.

“Obrigado irmão, meu melhor ainda está por vir”, escreveu Jon Jones em resposta a um fã chamado de Husnija.

Por Dario Ferrari

The post Jon Jones afirma: “Meu melhor ainda está por vir” appeared first on MMA Space.

Source: Space

Ronaldo Jacaré dispara: “Vou acabar com a raça dele”

Foto: Getty Images

O brasileiro ex-campeão peso médio do extinto Strikeforce Ronaldo Jacaré, nocauteou o norte americano Derek Brunson, em agosto do ano de 2012 com exatos quarenta e um segundos de luta, e, o lutador que recentemente mudou do Brasil para Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos, e consequentemente, também trocou a XGym.

Treinando na nova academia, Fusion X-Cel, o peso-médio se prepara para fazer a luta principal do UFC On FOX 27, diante do mesmo Derek Brunson que venceu em 2012, e, que, em entrevistas ao redor do mundo, vem dizendo que irá nocautear o brasileiro na grande revanche que acontecerá no próximo sábado (27), no Spectrum Center em Charlotte, Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

Em entrevista ao Combate.com, Jacaré falou da nova equipe e que teve oportunidade de ir treinar na American Top Team, mas escolheu a Fusion por conta da facilidade para deslocar-se.

“Treinei lá uma vez e gostei muito da equipe, da galera. Eu fico feliz de ter oportunidade de ter a porta aberta na ATT (American Top Team), mas fica longe da minha casa. É inviável pegar três horas para ir. Optei por treinar aqui, fico feliz, porque a galera é gente boa, a equipe é forte. Estou melhorando bastante. Um amigo meu me indicou, trouxe uma galera boa para me ajudar, canhotos, treino bastante wrestling. Agora estou aqui morto no sofá (risos)”, comentou.

Sobre a primeira luta e as declarações de Brunson, Jacaré disse que o americano fala demais, e que as falácias apenas o motivam para ter uma performance ainda melhor no octógono.

“A realidade é que não dá para tirar nada (da luta no Strikeforce). Ele (Brunson) continua falando as mesmas besteiras, dizendo que vai fazer e acontecer, que vai me nocautear. É para tomar cuidado, porque quando fala muito, entro para arrebentar, isso me motiva 100%. Ele fala o que acredita, mas fala muito. Essa luta acaba antes do tempo final, o plano é esse, vou finalizar ou nocautear. Vou acabar com a raça dele. Ele só tem uma arma, a mão dele. Eu tenho várias armas”, finalizou.

Confira abaixo o card (até o momento – sujeito a alterações) do UFC On FOX 27: Jacaré vs. Brunson:

Card Principal:

Peso-médio: Ronaldo Jacaré vs. Derek Brunson;
Peso-pena: Dennis Bermudez vs. Andre Fili;
Peso-leve: Jordan Rinaldi vs. Gregor Gillespie;
Peso-meio-médio: Drew Dober vs. Frank Camacho.

Card Preliminar:

Peso-leve: Eric Koch vs. Bobby Green;
Peso-pena: Mirsad Bektic vs. Godofredo Pepey;
Peso-mosca: Katlyn Chookagian vs. Mara Romero Borella;
Peso-palha: Randa Markos vs. Juliana Lima;
Peso-palha: Justine Kish vs. Ji Yeon Kim;
Peso-leve: Vinc Pichel vs. Netto BJJ;
Peso-meio-médio: Niko Price vs. George Sullivan.

Por Dario Ferrari

The post Ronaldo Jacaré dispara: “Vou acabar com a raça dele” appeared first on MMA Space.

Source: Space

Shooto Brasil 80 abre o ano com ex-campeão dos galos na luta principal e outros bons combates; veja

Depois de um 2017 recheado de emoções, novos campeões coroados e estreia da nova casa, o Shooto Brasil abre a temporada de 2018 no próximo domingo (28), prometendo um ano ainda mais empolgante. A Upper Arena, berço do Shooto Brasil no Rio de Janeiro, recebe o primeiro card da temporada com a promessa de grandes lutas. No duelo principal da noite, o ex-campeão dos galos Luciano Benício encara Glyan Alves, enquanto no co-main event, o experiente Andrius Tigrão mede forças com Roger Berger, pela divisão dos super-leves. O card conta ainda com outras oito lutas e tem início a partir das 20h.

“Estamos com uma expectativa muito boa em relação a esse ano que se inicia no Shooto. 2017 foi um marco para a gente em vários aspectos, mas principalmente por agora termos a nossa casa, uma estrutura de alto nível que condiz com a grandeza do Shooto. Para 2018 o objetivo é realizar entre dez a 12 eventos, quase que um por mês, e dar a chance para novas promessas do MMA surgirem para os olhos do mundo, assim como têm sido nos últimos anos. Apesar de todas as dificuldades de se realizar um evento desse porte no Brasil seguimos firmes e fortes”, afirmou Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Luciano Benício retorna após perda de cinturão

O primeiro evento de 2018 é visto também como um recomeço para o baiano Luciano Benício. Natural de Vitória da Conquista, terra dos lendários irmãos Minotauro e Minotouro, o lutador sofreu um baque em 2017. Campeão dos galos desde novembro de 2015, Benício viu seu reinado cair ao ser derrotado pelo mineiro Geraldo de Freitas na edição 74, em agosto. Apesar do revés e da consequente perda do título, o baiano não desanimou e voltou a treinar forte. O desafio da vez é diante de Glyan Alves na luta principal do Shooto Brasil 80 e Luciano pretende retomar o caminho das vitórias até o cinturão.

No caminho de Benício, Glyan pisará pela primeira vez no cage do Shooto. Natural de Juiz de Fora, em Minas Gerais, o lutador chega para o duelo com um retrospecto favorável. Foram dez lutas na carreira, com oito vitórias e apenas dois reveses. Especialista na trocação, ele conquistou a maioria das suas vitórias por nocaute. Profissional de MMA há seis anos, Alves pretende embalar a segunda vitória seguida já que vem de vitória.

Outra atração do Shooto Brasil 80 é o retorno do experiente Andrius Tigrão. Sem lutar desde 2013, tempo em que se dedicou em dar aulas de Jiu-Jitsu na equipe Nova União e para os policiais do BOPE (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio de Janeiro), Tigrão é especialista na arte suave e possui um cartel de dez vitórias e oito derrotas. E nesse retorno, ele encara um nome conhecido do Shooto: Roger Berger. O atleta de Niterói, no Rio de Janeiro, faz seu quarto duelo no evento embalado por uma grande vitória sobre Zezão Trator na edição 78, em novembro. Com sete vitórias e seis derrotas, Berger busca emplacar seu quarto triunfo consecutivo na carreira.

 

CARD COMPLETO:

Shooto Brasil 80
Arena Upper, no Flamengo (RJ)
Domingo, 28 de janeiro de 2018

Glyan Alves (MFT) x Luciano Benício (Nova União)
Roger Berger (DTM Team) x Andrius Tigrão (Nova União)
Henrique Souza (Team New Corpore) x Cleverson Carrilho (MPBJJ Nova União)
Danver dos Santos (Team New Corpore) x Rafael Macapá (Nova União)
Patrique Tavares (Team New Corpore) x Carlos Eduardo Carlim (Nova União Ceará)
Bruno Assis (BH Rhinos) x Malhadinho (LG System)
Werick Dinamite (BPT) x Elves Oliveira (Nova União)
Leo Speed (BPT) x Davi Pigmeu (Nova União)
Dyllan Nascimento (BPT) x Leonardo Navi (Nova União)
Marcão Farmácia (BPT) x Alexandre Silva (Nova União)

Source: Tatame